Sugestão para role-play económico

Página 5 de 15 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Kalmar em Ter Fev 09, 2010 12:55 pm

Yap, mais uma excelente ideia. Concordo. Já agora, manda PM aos que ainda não disseram nada para cá virem dar a opinião deles.
avatar
Kalmar
OCDE

Número de Mensagens : 5823
Capital : Estocolmo
Regime Politico : Presidencialismo
Chefe de Estado : Afonso de Albuquerque
Data de inscrição : 23/08/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/miratejo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Iguita em Ter Fev 09, 2010 1:02 pm

URS escreveu:
1º As regras são meias maradas e dificeis de entender.. Ah e tal, se o jogador não vier, ah e tal, se o jogador estiver a fazer de proposito.. Bem, e decide quem, tu URS? Já estás a ver o filme, que terás em mãos? Acho que as coisas não podem ser medidas no que administrador ou moderador acha, sobe pena de mais à frente, te virem criticar a dobrar por isto.

Não digo que seja obrigatório que sejam medidas por mim, mas têm que existir formas objectivas de medir as coisas, porque boa vontade e bom senso são muito giros, mas quando as bombas tiverem a cair isso vai tudo pela janela.

Pode pensar-se em organizar um Conselho de "fundadores" do sistema económico, ou seja, os países que entram no sistema desde o início teriam que tomar esse tipo de decisão por maioria...
avatar
Iguita

Número de Mensagens : 167
Capital : Capitalia
Regime Politico : Democrático
Chefe de Estado : Chanceler Kaalm Apah
Data de inscrição : 14/05/2009

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=iguita

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Scream_off em Ter Fev 09, 2010 2:08 pm

URS escreveu:Para isto não parar, mais uma ideia pensada em cima do joelho, só para ver se se surge alguma coisa nova:

Manter tudo como está, mas a economia influenciar o ritmo de recuperação depois de uma guerra.

Por exemplo: guerra URS/FUS, tiros, bombas, mortos, destruição e tal. Acordo de paz e cada país perdia 40% do orçamento.

Depois só recuperávamos 1% por cada x pontos "perdidos" pela economia (ou seja, todas as empresas simultaneamente).

Imaginemos que o x = 10.

Assim quem tem economias grandes recuperaria mais rapidamente o orçamento e quem tem economias pequenas recuperaria mais devagar. Por exemplo, se eu quisesse recuperar os 40% de um dia para o outro, tinha que sacrificar 400 pontos em cada empresa. Isto na prática significava que toda a minha economia se dedicou aquela recuperação. Para isto não ser matematicamente possível o x seria mensalmente ajustado ao crescimento da economia mundial

Um país que perdesse 30% do orçamento e a empresa menos poderosa tivesse 200 pontos, nem sacrificando a economia inteira chegaria para repor o orçamento.

Isto também beneficia os países com economia activa. Como? Imaginem que a URS tinha uma economia isolada, dependia apenas de mim para recuperar. Se Kalmar tivesse investimentos na FUS podia "doar" pontos dele para acelerar a recuperação, comprando percentagens pequenas por valores inflacionados.

E como definias a percentagem que agora puseste 40%?
avatar
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 29
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 8:08 am

Scream_off escreveu:
E como definias a percentagem que agora puseste 40%?

A percentagem seria definida como até agora, como fizemos com Triestin e Trondheim.

Mas para tornar a economia mais importante podíamos começar a cobrar em grandes operações militares (FUS em Trondheim, IS em Alavaerdi, URS a mexer grandes quantidades de tropas para Madagáscar, Portugal a fazer o mesmo em Moçambique, guerras civis internas - ICC e Papua -, Triestin no Brasil e por aí fora) para reflectir o facto de que estas coisas custam muito dinheiro.

Uma coisa simples, tipo:

Grandes movimentações militares dentro do continente: 0.5%
Grandes movimentações militares noutro continente: 1%

Guerras civis e operações no estrangeiro dependia do tempo/destruição causada, mas sempre com um castigo de 1% a 5% no mínimo.

Assim o pessoal pensava duas vezes antes de andar a mostrar que tem muitos soldados pelo mundo fora, a fazer revoluções todos os meses a la Peter ou a meter-se com um país mais fraco.

Claro que as coisas a decorrer actualmente não estariam sujeitas a estas penalizações.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 8:14 am

Kalmar escreveu:Yap, mais uma excelente ideia. Concordo. Já agora, manda PM aos que ainda não disseram nada para cá virem dar a opinião deles.

Mandei um mail a todos.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  SpMky em Qua Fev 10, 2010 9:49 am

URS escreveu:
Scream_off escreveu:
E como definias a percentagem que agora puseste 40%?

A percentagem seria definida como até agora, como fizemos com Triestin e Trondheim.

Mas para tornar a economia mais importante podíamos começar a cobrar em grandes operações militares (FUS em Trondheim, IS em Alavaerdi, URS a mexer grandes quantidades de tropas para Madagáscar, Portugal a fazer o mesmo em Moçambique, guerras civis internas - ICC e Papua -, Triestin no Brasil e por aí fora) para reflectir o facto de que estas coisas custam muito dinheiro.

Uma coisa simples, tipo:

Grandes movimentações militares dentro do continente: 0.5%
Grandes movimentações militares noutro continente: 1%

Guerras civis e operações no estrangeiro dependia do tempo/destruição causada, mas sempre com um castigo de 1% a 5% no mínimo.

Assim o pessoal pensava duas vezes antes de andar a mostrar que tem muitos soldados pelo mundo fora, a fazer revoluções todos os meses a la Peter ou a meter-se com um país mais fraco.

Claro que as coisas a decorrer actualmente não estariam sujeitas a estas penalizações.

Parece-me uma óptima ideia. Faz uma proposta com tudo isto que foi discutidoe vamos a votação.

_________________
avatar
SpMky

Número de Mensagens : 1152
Idade : 30
Capital : Woody Valley
Regime Politico : Liberal Progressista
Chefe de Estado : Fábio Ribeiro
Data de inscrição : 30/09/2009

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=spmky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Athaulphia em Qua Fev 10, 2010 9:53 am

URS escreveu:Assim o pessoal pensava duas vezes antes de andar a mostrar que tem muitos soldados pelo mundo fora, a fazer revoluções todos os meses a la Peter ou a meter-se com um país mais fraco.
Twisted Evil
avatar
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/athaulphia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 10:42 am

SpMky escreveu:
Parece-me uma óptima ideia. Faz uma proposta com tudo isto que foi discutidoe vamos a votação.

Eu preferia que não houvesse votação e que isto fosse acordado com consenso geral. Gostava que jogadores antigos como o Nuno, o Rolo e o ICC se manifestassem sobre isto.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Scream_off em Qua Fev 10, 2010 12:38 pm

URS escreveu:
Scream_off escreveu:
E como definias a percentagem que agora puseste 40%?

A percentagem seria definida como até agora, como fizemos com Triestin e Trondheim.

Mas para tornar a economia mais importante podíamos começar a cobrar em grandes operações militares (FUS em Trondheim, IS em Alavaerdi, URS a mexer grandes quantidades de tropas para Madagáscar, Portugal a fazer o mesmo em Moçambique, guerras civis internas - ICC e Papua -, Triestin no Brasil e por aí fora) para reflectir o facto de que estas coisas custam muito dinheiro.

Uma coisa simples, tipo:

Grandes movimentações militares dentro do continente: 0.5%
Grandes movimentações militares noutro continente: 1%

Guerras civis e operações no estrangeiro dependia do tempo/destruição causada, mas sempre com um castigo de 1% a 5% no mínimo.

Assim o pessoal pensava duas vezes antes de andar a mostrar que tem muitos soldados pelo mundo fora, a fazer revoluções todos os meses a la Peter ou a meter-se com um país mais fraco.

Claro que as coisas a decorrer actualmente não estariam sujeitas a estas penalizações.

Mais vais ja definir os valores, ou não?
avatar
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 29
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 3:21 pm

Scream_off escreveu:
Mais vais ja definir os valores, ou não?

Só para coisas standard, para uma guerra a sério é impossível definir a priori.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Trondheim em Qua Fev 10, 2010 4:10 pm

URS escreveu:
SpMky escreveu:
Parece-me uma óptima ideia. Faz uma proposta com tudo isto que foi discutidoe vamos a votação.

Eu preferia que não houvesse votação e que isto fosse acordado com consenso geral. Gostava que jogadores antigos como o Nuno, o Rolo e o ICC se manifestassem sobre isto.

Consenso geral deve ser difícil. O melhor é definir uma votação em que para aprovar a ideia sejam precisos 3/4 dos jogadores votarem a favor.
avatar
Trondheim

Número de Mensagens : 609
Capital : Georgeville
Regime Politico : Democracia Liberal
Chefe de Estado : Walter Spinoza
Data de inscrição : 02/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  União Soviética em Qua Fev 10, 2010 6:14 pm

Tenho acompanhado isto nos últimos dias, mas sem tempo para postar. Não tenho nada a acrescentar, vou apenas compilar o que acho que disseram de bom e formular o que seria a minha proposta, caso fosse eu o responsável por isto:

Regras do Role-Play Económico

1 - Início da participação

Cada país começa com 5 empresas, valendo cada empresa x pontos, ou seja, a primeira coisa a fazer seria cada país postar a seguinte informação:

x - Empresa A (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa B (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa C (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa E (área de actuaçao da empresa - país)

O x é igual ao vosso GDP em biliões. Seguindo o exemplo, para um país com GDP de $489,594,646,476,485, o x=489. Países com x<100, ficariam automaticamente com x=100.


2 - Valorização e desvalorização de empresas

Mensalmente, cada país ganha x pontos, sendo este x=número de biliões de habitantes que a vossa nação tem no nationstates.net menos uma penalização se não tiverem a economia em Frightning.

País A com população de 9.914 biliões de habitantes com economia em Frightning receberia mensalmente 9 pontos, a ser distribuidos livremente pelas suas empresas. Se a economia estiver no nível abaixo (all-consuming), receberia apenas 8, e assim sucessivamente por cada nível abaixo de Frightning.

Exemplo:

A URS tem economia em frightning e 12 biliões de habitantes, por isso em cada mês ganhava 12 pontos para distribuir da maneira que quiser entre as suas empresas. Se a economia estivesse em all-consuming, só receberia 11 pontos, etc.

A URS poderia distribuir o seus 12 pontos da seguinte forma:

x+5 - Empresa A (área de actuaçao da empresa - país)
x+5 - Empresa B (área de actuaçao da empresa - país)
x+1 - Empresa C (área de actuaçao da empresa - país)
x+1 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país)
x+0 - Empresa E (área de actuaçao da empresa - país)


3 - Compra e venda de acções

Aqui precisamos de ter 2 jogadores para exemplificar, por isso vamos considerar os seguintes países e respectivas empresas:

URS
100 - Construtora Popular Nacional (construção civil - URS)
100 - WestGaz (energia - URS)
100 - INADM (armamento - URS)
100 - StarSat (telecomunicações - URS)
100 - Companhia das Minas Gerais (metais e minérios - URS)

Athaulphia
100 - Pescanova (pesca - ATH)
100 - Xeconsa (construção civil - ATH)
100 - ENE (energia - ATH)
100 - BASF (químicos - ATH)
100 - INDITEX (têxteis - ATH)

Imaginem que a WestGaz oferecia 10 pontos por 10% da ENE e o Athaulphia aceitava e decidia investir esses 10 pontos na Xeconsa. As estatísticas das empresas mudavam para o seguinte:

90 - WestGaz (energia - URS)
100 - ENE (energia - ATH) 10% WestGaz (URS)
110 - Xeconsa (construção civil - ATH)

A WestGaz enfraqueceu devido ao dinheiro que gastou, mas ficou com um bem (10% da ENE) que pode vender a outra empresa a qualquer altura por qualquer preço.

Athaulphia por sua vez viu uma empresa sua perder 10% para estrangeiros, mas ganhou 10 pontos que permitiram à Xeconsa tornar-se mais poderosa.

É desta forma que os países mais fracos podem sacar pontos. Por exemplo levar 10% de uma empresa a leilão e ver que potência dá mais. Neste caso se o Athaulphia fosse teimoso tentava negociar, e imaginamos que conseguia vender os 10% por 30 pontos. A WestGaz precisava de mais tempo para recuperar e Athaulphia tinha mais pontos para distribuir pelas empresas dele.


4 - Empresas que mudam de jogador

Imaginem o seguinte cenário:

1000 - WestGaz (energia - URS)
300 - ENE (energia - ATH) 10% WestGaz (URS)
150 - Xeconsa (construção civil - ATH)

A WestGaz é um gigante mundial e quer comprar de vez a ENE, ou seja, pelo menos 51%. Faz uma oferta de 800 pontos e Athaulphia aceita. Neste caso, a ENE deixa de ser uma empresa de Athaulphia e passa a entrar no portfolio da URS. Athaulphia decidiu investir tudo na Xeconsa, de forma a torná-la numa das maiores empresas do mundo (esta distribuição podia ser feita da maneira que ele entender, claro...), ficaria assim:

200 - WestGaz (energia - URS)
300 - ENE (energia - URS) 49% (ATH)
950 - Xeconsa (construção civil - ATH)

A ENE passou a ser uma empresa da URS com 49% de capital de Athaulphia, ou seja, se a URS conseguisse vender a ENE à FUS por 1000 pontos, Athaulphia receberia 490.

O Athaulphia poderia vender os seus 49% a um inimigo da URS, o que o faria pensar duas vezes em atribuir mais pontos no mês seguinte a essa empresa, porque efectivamente estaria a fazer crescer a economia do inimigo da URS ao mesmo tempo.


5 - Nascimento de Novas Empresas

Quando uma empresa atingir os 1000 pontos de valor, o jogador dono dessa empresa pode "sacrificar" 500 pontos e criar uma nova empresa que começará com 100 pontos.

O jogador perdeu 400 pontos. É esse o preço a pagar para ter mais uma empresa com que brincar.

Exemplo:

1245 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país Y)

O país Y decide criar uma nova empresa, originando o seguinte:

745 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país Y)
100 - Empresa F (área de actuaçao da empresa - país Y)


6 - Falência de empresas

Nenhuma empresa pode descer aos 0 pontos, ou será considerada falida. Se um jogador deixar uma empresa 3 meses seguidos abaixo dos 50 pontos, isso significa insustentabilidade, e essa empresa falirá. O jogador que deixar uma empresa falir, leva uma multa de 100 pontos, a ser distribuídos por outras empresas suas que não tenham investimento estrangeiro. Se tiver investimento estrangeiro esse jogador ganhará a sua percentagem de pontos.

Exemplo, onde o 3m a seguir ao 20 significa 3 meses:

20 (3m) - WestGaz (energia - URS) 40% ENE (ATH)

Se até ao fim desse mês o URS não arranjar maneira de dar 30 pontos à empresa, ou seja, arranjar investidores, seja de que maneira for, ela falirá. Mas o Athaulphia não podia sair prejudicado disto, por isso ganharia 40 pontos equivalente aos 40% que tinha, e usaria esses 40 pontos nas outras empresas suas.


7 - Proibição de negócios entre empresas do mesmo país

Não pode haver troca de pontos entre empresas do mesmo país. Seguindo um exemplo anterior, a WestGaz não podia comprar outra empresas da URS e ficar com os pontos delas. Uma empresa da URS só pode comprar empresas estrangeiras ou no caso que referi anteriormente:

300 - ENE (energia - URS) 49% (ATH)

Comprar os 49% ao Athaulphia. A empresa já era da URS, mas ele estava a comprar participação estrangeira.


8 - Influência da economia no orçamento militar

Imaginemos o seguinte exemplo: guerra URS/FUS, tiros, bombas, mortos, destruição e tal. Acordo de paz e cada país perdia 40% do orçamento.

Depois só recuperavam 1% por cada 10 pontos "perdidos" pela economia (ou seja, todas as empresas simultaneamente).

Quem tem economias grandes recuperaria mais rapidamente o orçamento e quem tem economias pequenas recuperaria mais devagar. Por exemplo, se um dos países quisesse recuperar os 40% de um mês (1 ano em tempo de RP) para o outro, tinha que sacrificar 400 pontos em cada empresa. Isto na prática significava que toda a economia se dedicou aquela recuperação durante esse período de tempo.

Um país que perdesse 30% do orçamento e a empresa menos poderosa tivesse 200 pontos, nem sacrificando a economia inteira chegaria para repor o orçamento.

Isto também beneficia os países com economia activa. Como? Imaginem que o URS tinha uma economia isolada, dependia apenas dele próprio para recuperar. Se Kalmar tivesse investimentos na FUS podia "doar" pontos dele para acelerar a recuperação, comprando percentagens pequenas por valores inflacionados.


9 - Penalizações por actividades militares

As seguintes penalizações são em % do orçamento militar, que para serem recuperadas têm que seguir o processo explicado no ponto 8:

Grandes movimentações militares dentro do continente (definições reais): 0.5%
Grandes movimentações militares noutro continente (definições reais): 1%
Revolução interna pacífica: 2%
Guerra civil: a definir conforme o relatado em IC, mas nunca inferior a 5%
Intervenção rápida no estrangeiro (bombardeamento aéreo ou naval, pequena incursão militar): 5%
Intervenção prolongada no estrangeiro (invasão de facto): a definir conforme o relatado em IC, mas nunca inferior a 5%
Guerra aberta com dano nos dois países envolvidos: a definir conforme o relatado em IC, mas nunca inferior a 10%
avatar
União Soviética

Número de Mensagens : 363
Capital : Istaan
Regime Politico : anarco-comunismo
Chefe de Estado : Mihail Samsa
Data de inscrição : 19/03/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 6:15 pm

O US mandou-me isto por pm e eu pedi-lhe para postar. Parece-me uma proposta bem consistente e até serviria de tutorial para pôr em sticky na economia.

O que opinam?
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Scream_off em Qua Fev 10, 2010 6:44 pm

hum..

3 coisas

1º os pontos das empresas será proporcional, e muita gente foi contra.. agora ja aceitam?
2º se os pontos iniciais são proporcionais, entao nao faz sentido o crescimento ser tambem proporcional ao tamanho, pois aí sim, os maiores serão cada x maiores
3º nao faz sentido os países mais pequenos terem uma recuperação mais lenta do que os grandes, em termos militares. devem crescer por igual. A questão é quando se tira os pontos durante e no pos guerra, é que o que se tira, terá que ser diferente para países de tamanhos diferentes.
avatar
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 29
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Rokolev em Qua Fev 10, 2010 6:47 pm

Intervenção rápida no estrangeiro (bombardeamento aéreo ou naval, pequena incursão militar): 5%


Não faz sentido, os recursos mobilizados para isto são mínimos em termos comparativos com o total.
avatar
Rokolev

Número de Mensagens : 2255
Idade : 30
Data de inscrição : 16/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 7:50 pm

Scream_off escreveu:hum..

3 coisas

1º os pontos das empresas será proporcional, e muita gente foi contra.. agora ja aceitam?
2º se os pontos iniciais são proporcionais, entao nao faz sentido o crescimento ser tambem proporcional ao tamanho, pois aí sim, os maiores serão cada x maiores
3º nao faz sentido os países mais pequenos terem uma recuperação mais lenta do que os grandes, em termos militares. devem crescer por igual. A questão é quando se tira os pontos durante e no pos guerra, é que o que se tira, terá que ser diferente para países de tamanhos diferentes.

1º Eu aceito. Continuo a preferir os 100 para todos, mas aceito que seja proporcional. Não foste o único a manifestar-te a favor da proporcionalidade.

2º Mas isso aconteceria mesmo que começassem todos iguais... seria só uma questão de demorar mais ou menos tempo...

3º Eu acho que faz sentido que países economicamente fracos cresçam mais devagar... Quanto aos pontos tirados, repara que tens uma série de "a definir conforme o relatado em IC". Os valores ali apontados seriam o mínimo (também para efeito dissuasor) mas depois quem apanhasse mais na boca durante a guerra logicamente perderia uma percentagem maior.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qua Fev 10, 2010 7:52 pm

Rokolev escreveu:
Intervenção rápida no estrangeiro (bombardeamento aéreo ou naval, pequena incursão militar): 5%


Não faz sentido, os recursos mobilizados para isto são mínimos em termos comparativos com o total.

Sim, pode-se reduzir esse valor. Ou manter assim para servir de dissuasor... mas baixar talvez seja o mais lógico.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Iguita em Qui Fev 11, 2010 4:06 am

União Soviética escreveu:Cada país começa com 5 empresas, valendo cada empresa x pontos, ou seja, a primeira coisa a fazer seria cada país postar a seguinte informação:

x - Empresa A (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa B (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa C (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país)
x - Empresa E (área de actuaçao da empresa - país)

O x é igual ao vosso GDP em biliões. Seguindo o exemplo, para um país com GDP de $489,594,646,476,485, o x=489. Países com x<100, ficariam automaticamente com x=100.

E se o GDP aumenta ou diminui, afecta o total de pontos já existente e reflecte-se nas empresas?
avatar
Iguita

Número de Mensagens : 167
Capital : Capitalia
Regime Politico : Democrático
Chefe de Estado : Chanceler Kaalm Apah
Data de inscrição : 14/05/2009

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=iguita

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Iguita em Qui Fev 11, 2010 4:14 am

União Soviética escreveu:7 - Proibição de negócios entre empresas do mesmo país

Não pode haver troca de pontos entre empresas do mesmo país. Seguindo um exemplo anterior, a WestGaz não podia comprar outra empresas da URS e ficar com os pontos delas. Uma empresa da URS só pode comprar empresas estrangeiras ou no caso que referi anteriormente:

300 - ENE (energia - URS) 49% (ATH)

Comprar os 49% ao Athaulphia. A empresa já era da URS, mas ele estava a comprar participação estrangeira.

Então fica também proibida a fusão de empresas do mesmo país... acho que só vai gerar negociatas do tipo eu vendo ao PAÍS Y (após acordo com vantagens mutuas) a EMPRESA A (PAÍS X) para depois a EMPRESA B (PAÍS X) comprar a EMPRESA A (que agora é do PAÍS Y) e voltar a ser do PAÍS X tendo uma participação da EMPRESA B.

Apenas não me parece que mude grande coisa.
avatar
Iguita

Número de Mensagens : 167
Capital : Capitalia
Regime Politico : Democrático
Chefe de Estado : Chanceler Kaalm Apah
Data de inscrição : 14/05/2009

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=iguita

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Iguita em Qui Fev 11, 2010 4:17 am

União Soviética escreveu:5 - Nascimento de Novas Empresas

Quando uma empresa atingir os 1000 pontos de valor, o jogador dono dessa empresa pode "sacrificar" 500 pontos e criar uma nova empresa que começará com 100 pontos.

O jogador perdeu 400 pontos. É esse o preço a pagar para ter mais uma empresa com que brincar.

Exemplo:

1245 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país Y)

O país Y decide criar uma nova empresa, originando o seguinte:

745 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país Y)
100 - Empresa F (área de actuaçao da empresa - país Y)

Sou só eu ou isto parece dupla tributação???...
Perdes 500 pontos na empresa e 400 pontos no total das tuas empresas...
avatar
Iguita

Número de Mensagens : 167
Capital : Capitalia
Regime Politico : Democrático
Chefe de Estado : Chanceler Kaalm Apah
Data de inscrição : 14/05/2009

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=iguita

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Kalmar em Qui Fev 11, 2010 6:21 am

Pode ser por mim.
avatar
Kalmar
OCDE

Número de Mensagens : 5823
Capital : Estocolmo
Regime Politico : Presidencialismo
Chefe de Estado : Afonso de Albuquerque
Data de inscrição : 23/08/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/miratejo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  SpMky em Qui Fev 11, 2010 7:14 am

Em termos gerais concordo. Quanto aos pormenores, podem ser ajustados quando nos depararmos com os problemas.

_________________
avatar
SpMky

Número de Mensagens : 1152
Idade : 30
Capital : Woody Valley
Regime Politico : Liberal Progressista
Chefe de Estado : Fábio Ribeiro
Data de inscrição : 30/09/2009

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=spmky

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qui Fev 11, 2010 8:59 am

Iguita escreveu:
E se o GDP aumenta ou diminui, afecta o total de pontos já existente e reflecte-se nas empresas?

Não, o GDP serviria apenas para calcular o valor inicial. O GDP aumenta naturalmente com a população, a não ser que alguém estrague o país de propósito o GDP nunca diminui.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  URS em Qui Fev 11, 2010 9:00 am

Iguita escreveu:
União Soviética escreveu:5 - Nascimento de Novas Empresas

Quando uma empresa atingir os 1000 pontos de valor, o jogador dono dessa empresa pode "sacrificar" 500 pontos e criar uma nova empresa que começará com 100 pontos.

O jogador perdeu 400 pontos. É esse o preço a pagar para ter mais uma empresa com que brincar.

Exemplo:

1245 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país Y)

O país Y decide criar uma nova empresa, originando o seguinte:

745 - Empresa D (área de actuaçao da empresa - país Y)
100 - Empresa F (área de actuaçao da empresa - país Y)

Sou só eu ou isto parece dupla tributação???...
Perdes 500 pontos na empresa e 400 pontos no total das tuas empresas...

Não sei se percebi bem...

Uma empresa perde 500 pontos, as outras não mexem.
avatar
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Kalmar em Qui Fev 11, 2010 11:38 am

SpMky escreveu:Em termos gerais concordo. Quanto aos pormenores, podem ser ajustados quando nos depararmos com os problemas.
Convinha que fosse tu esclarecido para não haver confusões no futuro. Diz já o que achas que deve ser reparado que a gente discute isso.
avatar
Kalmar
OCDE

Número de Mensagens : 5823
Capital : Estocolmo
Regime Politico : Presidencialismo
Chefe de Estado : Afonso de Albuquerque
Data de inscrição : 23/08/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/miratejo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sugestão para role-play económico

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 15 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 10 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum