Gibraltar, a desejada...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Qua Jan 26, 2011 1:41 pm

A Grã-Bretanha havia desguarnecido Gibraltar... Estava apenas entregue a um punhado de homens da British Home Guard que faziam defesa, já que estava decretado estado de guerra na Brittania. A British Home Guard está em números tão reduzidos, que a sua presença é mais simbólica do que efectiva. O acordo com o Reino era a defesa de Gibraltar. Em Espanha, os sectores mais assanhados observam com atenção a oportunidade. Nas Cortes ainda há uma grande presença da Falange, ou de indivíduos afectos ao Falangismo, assim como Franquistas...

No decorrer da normalidade, El Rei D. Afonso VIII ordena que o Regimento Navas, um regimento de infantaria, faça guarnição de Gibraltar. Erro crasso do experiente rei, que desconhece, ou não tem noção das rivalidades entre espanhóis e gibraltinos... O Coronel Augustin Santander, um asturiano franquista, nem se importa, imediatamente acede á ordem e marcha para Gibraltar. Santander apesar de conivente com o regime Carlista, não gosta da passividade dos Carlistas face a Gibraltar, com o seu "Estado Maior" regimental, lá vão surgindo umas bocas pelo caminho para ocupar aquilo. Até lá tudo piadas nada de ofensivo...

Chegados a Gibraltar num Sábado de manhã, deparam-se com a British Home Guard, cujo comandante faz uma cara de frete medonho, pensava que o Rei lhe enviaria portugueses e não espanhóis! Havia que gramar com os lobos no seu reduto... Acantonados os Espanhois dentro do Rochedo, no complexo militar, e com uma situação de calmaria, e sendo Santander um homem "sem paciência", imediatamente começa a lançar licenças aos seus soldados, deixando a guarnição em níveis mínimos...

Ora Gibraltar uma zona turística, tem a baixa repleta de Pubs, ora nada que a soldadesca espanhola desgoste... Isto convidou aos excessos naturalmente. Os donos não gostavam de espanhóis, nem muito menos os clientes britânicos! Com o "seu território" "tomado de assalto" bem que isto gerou uma azia nos ingleses, ainda por cima no tradicional "Saturday Night" britânico, que era ponto de honra sair para o Pub! Era uma bomba relógio que Santander havia lançado. O Regimento Navas tinha um passado glorioso, de feitos heroicos na Guerra do Rif em Marrocos, actualmente a sua reputação é baixa, conhecidos como gente insubordinada, e sendo o Regimento por várias vezes alvo de tentativas de dissolução. Contudo, D. Afonso VIII desconhecia tal, e o governo Carlista prevaricou em enviar o seu pior regimento para Gibraltar...

Durante a noite, com clima de cortar á faca, lá ia havendo incidentes atrás de incidentes... Motivados ora pelas bebedeiras, ora por mulheres. O local que menos problemas dava era o bordel local, que os espanhóis até faziam fila para entrar.

Nos Pubs o clima era multifacetado, enquanto uns soldados espanhois "batiam corinhos" a turistas inglesas que pareciam achar piada ao inglês macarrónico e seduzidas pela farda, outros espanhois bebados metiam-se com os britânicos, e vice versa, sobre questões de soberania de Gibraltar.

A noite termina com um clima de pancadaria sem precedentes, com requintes de "hooliganismo", parecendo um "derby clássico" de alto risco nas ruas, enquanto nas discotecas espanhóis bêbados fazem a festa total animando turistas e gibraltinos...

Contudo o que está dentro de quatro pareces pouco interessa ao contexto político, nas ruas Santander que também gostava de estar até altas horas no tasco nem se aprecebera das vergonhas que seus homens faziam... Ao sair para a rua vê as cenas de pancadaria, ele próprio também já bebido... Começa a confusão!

Como governador militar exige imediatamente a ordem, e quase insulta os policias britânicos que mal conseguem manter a ordem, pois sempre que tentam deter um soldado espanhol, este responde com violência...

Vendo a anarquia, Santander pega nos seus guardas, é vaiado e insultado pelos britânicos... Sente-se irritado. Vai a sede do Governador de Gibraltar, detém-no, e no alto do rochedo ao qual chega num jipe a alta velocidade baixa a "Union Jack" e desfralda a "Rojigualda"...

Em Lisboa nada se sabe, em Madrid muito menos... Santander dá instruções á Guardia Civil para ninguém sair ou entrar em Gibraltar.



A guardia civil está em alerta sobre uma "Rebelião de insurrectos ingleses" portanto, controla tudo.

Vidal, que está no Brasil, literalmente numas férias ao saber da notícia...



Generalissimo Vidal: Voçê diz-me que está a haver uma rebelião inglesa? Que fontes dizem isso?

Capitão Moncho: General... O Coronel Santander...

Generalissimo Vidal: Santander... Esse nome não é estranho...

Capitão Moncho: Comandante do Regimento Navas...

Generalissimo Vidal: HUIIIII... Que cambada... Onde está essa gentalha?

Capitão Moncho: Em Gibraltar...

Generalissimo Vidal: Não me diga mais nada!

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Britannia em Qua Jan 26, 2011 2:31 pm

"Os Portugueses traem-nos sempre no fim" Resmunga o Primeiro-Ministro quando é informado que se perdeu contacto com Gibraltar "Não temos nada na área?"

O HMS Doncaster está na região, mas é apenas uma pequena corveta de patrulha contra pirataria, o máximo que pode fazer é bombardear o sitio com o canhão de 80mm.


E tem fuzileiros a bordo?

Não, só 60 marinheiros, não chega para derrotar um regimento.....e duvido que o Hamilton deixe que mais um soldado do seu precioso New British Army sair da ilha


"Um bando de bêbados com uniforme" resmunga o PM "Acabei de nomear o Alexander como ministro da defesa, o gajo que defendeu a desguarnição, sempre em desafio dos nacionalistas, que só o aceitaram porque era militar, agora acontece isto, ministro da defesa e ministro dos negócios estrangeiros a falhar redondamente.......o parlamento vai-me comer vivo!....não, esquece o parlamento, o partido vai-me comer vivo!"

O assistente achava curioso como em tempo de crise os políticos só se preocupavam com a sua continuidade: "Talvez o partido se una em defesa dos interesses Britânicos"

Aqueles sacanas sem alma? Nem eu votaria neles! Bando de velhos corruptos a brincar aos políticos, peço uma eleição geral e vão ver o que é bom, tudo a entregar o lugar aos liberais.

Entretanto o que é que fazemos com Gibraltar?

Sei lá, o Picard está na zona, ele que chateie, o embaixador em Portugal que vá falar com o rei, o ministro dos negócios estrangeiros que telefone aos Portugueses, arranjem uma solução, e rápida.....eu vou-me reunir com o Chief Whip para ver se consigo reunir apoio para manter o governo.


Gibraltar

Gibraltar acorda para uma manhã de ressaca, há lixo por todos os cantos, janelas partidas, e uma bandeira espanhola no topo, a maioria dos civis mais velhos achavam aquilo uma vergonha, um nojo, e amaldiçoavam os espanhóis. Os mais novos iam acordando pela ilha fora, uns nos quartos de alguma miúda, outros onde caíram de bêbados....

....outros levaram porrada dos Espanhóis, e outros orgulham-se de terem mandado uma bordoada num Espanhol (excluindo da história a parte onde fugiram que nem umas meninas aos restantes).....alguns não sabem bem como é que acordaram em alguma parte da montanha.....só sabem que os macacos os acordaram, curiosos com a cena. Os policias pensam seriamente em mudar de profissão depois daquela noite, alguns só se arrependiam de não estarem armados a fim de darem uns tiros nos sacanas dos Espanhóis.


"Os Portugueses traem-nos sempre no fim" pensa o comandante da home guard enquanto os Espanhóis lhe confiscam a arma "mandam estes palhaços mesmo para destabilizar isto, bando de selvagens, quando nos reunirmos com os Scream_offianos vão ver como o mundo é mau, e os Britânicos ainda são piores"

"Os Portugueses traem-nos sempre no fim" berra o governador que está pior que porco: "olhe cá meu caro! Eu não sei que raio de coisas fazem na vossa terra, mas isto é território de sua majestade, e eu sou o seu representante! Agora se tem algum respeito pela decência eu EXIJO que se retire imediatamente de Gibraltar com o seu bando de rufias!" só a meio do discurso é que se lembrou que nada impedia neste momento o Espanhol de lhe enfiar um tiro.......
avatar
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 29
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/greenaldia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Qui Jan 27, 2011 1:01 pm

Santander tinha-se ido deitar... A ressaca era puxada, apesar de não dar asas a mostrar seu estado. O Exército Espanhol já tinha a fama internacional de "soldados de discoteca", já em Spkmy foi o mesmo filme... Por onde passassem ou eram odiados ou amados, era isto o exército do Rei!Madrid não parecia importada com isso, desde que em caso de guerra respondessem como soldados. Ao que parece, apesar dos laxismos espanhois, facto era que os soldados em guerra combatiam mesmo e eram empenhados. Ja do Regimento Navas, a coisa não era bem assim, aquilo parecia uma corporação de rufias.

No dia seguinte quando vai ter com o Comandante da Home Guard, é que se dá a discussão...


Coronel Santander: Os seus conterrâneos é que começaram os insultos ás autoridades espanholas... Sois uma vergonha, e sois indignos de possuir esta terra, sendo que por isso coloquei a Rojigualda no topo do rochedo, para que vocês compreendam quem manda aqui na ilha enquanto não houverem soldados vossos.

Os soldados que andaram envolvidos em brigas, sabendo que seu comandante era permissivo em muitas coisas, só para não serem alvos de sanções disciplinares, ao amanhecer arrastam os bêbados, e vão a correr para o Rochedo para pegarem nas armas e tomarem posições defensivas como se nada se tivesse passado. O aspecto sujo, e a cara de ressaca era evidente... Mas a desculpa era do costume...



Coronel Santander: Vive-se bem nestas bandas...

Soldado Ortiz: Comandante... Isto está uma vergonha, os ingleses são muito desorganizados, estivemos toda a noite a organizar o espaço para uma defesa efectiva!


Santander olha e atrás do soldado, amarrados a uma árvore, 4 artilheiros britânicos...

Coronel Santander: Já reparei... Deduzo que os artilheiros não estavam no sítio correcto?

Soldado Ortiz: Hum...

Cabo Sanchez: Tiveram um comportamento desajustado! Estavam alcoolizados... E podiam disparar alguma peça e atingir um navio e provocar um acidente internacional!

Coronel Santander: Incidente quer você dizer... Já vi o vosso tipo de trabalho...


Enquanto passava, Santander via os seus homens todos prestáveis com ele, a fazer-lhe continência, e a fazerem um esforço para parecerem normais... Os que estavam em muito mau estado e nem levantar conseguiam, bem esses estavam escondidos em caixas vazias de munição...

Santander: Tenente Coronel?

Tenente Coronel Bivar: Comandante!

Santander: Parece que Gibraltar é nossa...

Bívar: *cara de embarassado* Talvez pelo andar das coisas...

Santander: A vergonha maior é que foi preciso um punhado de bêbados para fazerem o serviço para Espanha... Eu nem contava com semelhante, mas sempre esperei por este dia...

Bívar: E Madrid? E Lisboa?

Santander: Madrid são todos uns idiotas, engolem o que Lisboa lhes diz... Agora Lisboa, depende, o rei é um puto pode ter medo, como até pode ter medo dos ingleses, a ver vamos... Não se preocupe ninguém vai ter sanções, o troque com os Bragança é chorar-lhes compulsivamente a frente e implorar...


Em Ceuta a alvorada vinha cedo para a guarnição portuguesa da praça de guerra. O Regimento de Infantaria de Ceuta, que fazia as lides de defesa... Observa de forma atónita o sucedido...



Tenente Luís Costa: Porra... Uma bandeira espanhola em Gibraltar? Já não via isto á anos mesmo...

Cabo Fonseca: Tem a certeza meu Tenente?

Tenente Luís Costa: Sim senhor... Bem Deve de haver alguma explicação...

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Scream_off em Sex Jan 28, 2011 7:13 am

Em Gibraltar, a Agência de Segurança Nacional gere uma pequena estação de informações, com menos de 10 membros. A sua função é a recolha de informações sobre a população, mas sobretudo, um controlo sobre a passagem de navios no estreito. Os agentes, quase nem dormem com a barulheira e degredo provocado por mais uma noite de devassa, desta feita, apoiada por militares portugueses.

Os agentes, não sabem de qualquer usurpação do poder, mas comunicam ao Circulo o pouco que sabem.



No Circulo, Sede do Departamento da Guerra e da Defesa, não é dada muita atenção à situação, mas uma data de analistas reúnem informação vinda de Gibraltar, mas também
de imagens satélite. Tony Soprano, o Secretário, é informado e decide nem informar o Presidente durante a noite, só o informando a meio da manha.

O Departamento da Diplomacia freta um avião da Scream_off Airways para que os cerca de 38 scream_offenses no território, possam sair.
avatar
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 29
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Brasil em Sex Jan 28, 2011 10:34 am

O Consulado paulista em Madrid informou à Piratiningastrasse que está havendo a procura em massa de turistas e estudantes paulistas na Espanha sobre informações da "puta festa" que está acontecendo em Gibraltar. O Cônsul apenas disse que não sabia e procurou se informar com Piratiningastrasse que também não está sabendo de nada.
A Cada hora mais e mais paulistas rumam a Gibraltar para esta "festança" que está acontecendo, já está na boca dos baladeiros d'europa que está tendo uma "festa" no rochedo cobiçado.
avatar
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 23
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Sex Jan 28, 2011 4:05 pm

De momento para o outro Gibraltar transformou-se numa "atração turística"... Santander não compreende porque é que tanta juventude passa para Gibraltar, nomeadamente jovens paulistas de todos os cantos. Os soldados espanhois, mesmo depois do pagode infeliz, continuam a sair a noite, mas desta vez os que se "portaram bem", ou seja, no conceito de Santander os que apareceram acordados e aptos para o dia seguinte.

A noite o pagode continua, festa e mais festa... pelo menos os donos dos pubs estão a enriquecer imenso...


Última edição por Portugal em Sex Jan 28, 2011 4:35 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Scream_off em Sex Jan 28, 2011 4:23 pm

ooc: Wtf? de onde raio tiraste a ideia que me podias apanhar do nada 10 agentes? se quiseres apanhar agentes, diz e fazemos esse rp, mas não é assim pah. Se não, ninguem tinha espiões.

Repara que espiõs numa estação pequena, funcionam como os operativos da mossad... não andam exactamente em espionagem, mas sim, através de subornos, enganos, ex torções e afins, conseguem informações importantes através de pessoas, que às vezes nem sabem para quem estão a dar informações

O que é isso de Santander recebe denuncia de agencia da FUS? de onde veio? e como raio apanhas todos os espiões da mesma estação num curto espaço de tempo, num local onde tu tambem não deverás ter uma grande actividade de contra-inteligência pois nem é teu território, e estás a ocupar com soldados completamente bebados, que comem homens em vez de mulheres? Laughing
avatar
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 29
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Sex Jan 28, 2011 4:35 pm

OOC: Haaa é uma cena "clandestina"... Eu pensava que era tipo, uma agência de observadores ou algo similar! Caso resolvido, já retiro Smile

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Britannia em Sex Jan 28, 2011 4:54 pm

Huzzah for the mighty British Raid!

O HMS Doncaster, uma velha corveta do tempo ainda da republica aproxima-se de noite de Gibraltar, o seu comandante era tão leal ao Império.....como era completamente doido, e agora era hora de um velho raid ao estilo clássico Britânico. O capitão reúne 30 homens, todos eles novatos em treino, e dá-lhes tudo o que encontra a bordo que sirva de arma, paus de vassoura com um prego espetado, uns revolveres, umas espingardas Lee-Enfield de treino ao alvo, umas espingardas de assalto, umas STEN, até umas panelas da cozinha servem, eram uma poderosa força de assalto, pelo menos na cabeça do capitão.....estava para se ver se contra uns bêbados iriam safar-se.

Na verdade os jovens marinheiros tremiam que nem varas verdes, não faziam ideia que os Espanhóis estavam meio caídos por todo o lado podres de bêbados, e achavam aquilo tudo uma loucura. A maioria estava em treino, visto que essa era a missão do HMS Doncaster, não fazer raids nocturnos.....e mesmo que fosse não estavam a ver como 30 gatos pingados iam enfrentar 4000 ou 5000 Espanhóis furiosos, mesmo com a ideia do comandante de recrutar policias e civis para expulsar os estrangeiros......mas pronto, lá iam eles, a meio da noite, nos seus barquinhos, era uma gloriosa missão suicida da Royal Navy, Huzzah!

avatar
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 29
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/greenaldia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Sex Jan 28, 2011 5:27 pm

Santander... O mítico comandante permissivo, que tudo acontece no seu regimento, e nada sabe, ou então suspeita... Com a agravante de todos os seus soldados serem para ele santos! Passeia pelas docas e vê um navio de guerra ancorado...

Coronel Santander: Até que enfim, se dignam a mandar dos deles para esta terra...

Enquanto Santander ao ver um navio britânico, os espanhois, esses sabendo que já fizeram merda da grossa, estão todos aquartelados dentro do Rochedo... Como soldados de infantaria não entendem nada de marinha, dizem que o navio traz um regimento de "Royal Marines" para os massacrar! Com medo de abandonar os postos pois serão acusados de deserção, e sabendo que os britânicos querem ajustar contas com o regimento, estão todos amedrontados.

Aproveitando um carregamento de granadas portuguesas (de tipo alemão) que estava depositado na ilha, dividem-se em bandos, pela ilha carregados de granadas. Ia ser uma defesa "á base da explosão"... Uma defesa, diga-se de seus rabos...



_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Britannia em Sex Jan 28, 2011 6:17 pm

Os Britânicos chegam ao quebra mar e prendem os barcos, pegam nas armas e saem para o ataque. Gibraltar parecia uma terra de doidos, havia lixo pelo chão, bêbados por todos os lados, mas Espanhóis nem os ver.

-Onde está o inimigo meu capitão.....

-Se não o vemos é porque já vencemos, HUZZAH PARA O IMPÉRIO BRITÂ.....


Voa uma granada por cima da cabeça do capitão, um marinheiro dá um grito igual a uma menina, mas a granada falha e cai na agua.

-Assumam posições defensivas!

Ninguem sabia o que isso queria dizer, eram marinheiros e não soldados, desatam a disparar para onde calha, um deles enfia-se dentro de um caixote do lixo, sempre gloriosamente a disparar para onde calhasse......outros desatam a correr para dentro de um pub, outros começam a correr pelo pontão fora a disparar ao acaso, enquanto que os velhos se relembram dos bons velhos tempos a dar uns tiros mal dados. O capitão dá uns valentes tiros ele próprio e chama o barco:

-Preparem a artilharia para o bombardeamento.....

-Mas esse sitio está cheio de pessoas!

-Então mandem uns tiros no rochedo, a ver se assustamos os Espanhóis.


O HMS Doncaster começa a mandar tiros de 70mm contra o Rochedo, de noite, e com os sistemas de tiro todos janados, a olhómetro. Dos marinheiros em terra, somente os veteranos parecem estar a apreciar o momento, e lançam uma carga contra os Espanhóis, alimentada pelos copos de Whisky que beberam antes:



occ: O navio não está ancorado, está em movimento (senão era um alvo ainda mais fácil Laughing ). Se quiseres assumir que nem uma unica bala acertou em lado nenhum (sem ser nas paredes) podes assumir porque isto é mesmo o pânico total What a Face
avatar
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 29
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/greenaldia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Sab Jan 29, 2011 6:55 am

Os espanhois ao verem o cenário, pois esperavam "Royal Marines"... Tornou-se fácil... Descem dos entricheiramentos para a cidade, e começam a intimidar as forças inglesas a renderem-se. Os que se rendem, vão directos para o Rochedo para junto dos artilheiros.

Os veteranos esses estava mais dificil lidar... Tiveram de ser detidos á base de corunhadas, mas bastou uma corunhada no peito ou biqueiro que rapidamente tombaram.

Santander que não entendia, nem fazia um esforço por entender...


Santander: Estão a ver!? Os ingleses querem conquistar Espanha! Eu bem dizia ao governo... Eu sempre suspeitei, que usavam Gibraltar para esse fim!

O caso está a mudar de figura, o "Estado Maior" do regimento está cada vez mais politizado... E na Andaluzia proliferam falangistas... Santander, apesar de ser um snob meio aluado, era o ideal para os franquistas corporizarem uma revolta...
Por toda a Andaluzia, chegam elementos da Falange, reorganizam-se os falangistas, nomeadamente a antiga Falange de Sevilha que responde em massa! A juntar-se ao Regimento Navas, vem a Falange de Sevilha.

O caso aí muda de figura... Há um pronunciamento em Gibraltar, prelúdio de rebelião política na Espanha...


[...]não se pode compactuar com a actual vergonha que se vive de se ver Espanha cortada ao retalho, uma Espanha a regressar á Idade das Trevas pelo capricho de uns cabeças vermelhas(alusão ás boinas carlistas), espanhóis este dia será Histórico!Assim era Espanha e assim ela será! Unida, Grande e Livre! Viva Espanha![...]

Azar das obras a noticia já chegou a Madrid e a Lisboa, sobre "um Estado rebelde que se forma em Gibraltar"...

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Britannia em Sab Fev 05, 2011 8:05 pm

Era agora óbvio que a Espanha estava à beira da guerra civil, e de possivelmente se separar de Portugal, algo que era impensável para os Britânicos, Gibraltar tinha de ser reconquistada. No entanto a máquina de guerra Imperial estava quase toda concentrada por esta hora no pacifico, e as forças nas ilhas Britânicas eram largamente para autodefesa, com exclusão de umas poucas unidades para invadir a Irlanda caso a URS e os seus fantoches atacassem o Império.

Mas Hamilton acordou finalmente para o seu dever enquanto defensor do Império, no entanto exigiu a troco da sua intervenção a imediata transferência dos assuntos relativos a Gibraltar do governo baseado na Australásia para o seu governo. O Ministro-Chefe da Grã-Bretanha começa a organizar o contra-ataque, mesmo não possuindo os vastos recursos Imperiais, ele sabe que o seu adversário não é propriamente bem organizado, ou mesmo numeroso. A honra está em jogo, e ele próprio iria liderar o 3º Real Regimento Escocês na reconquista do território perdido. Um regimento de infantaria mecanizada, não era de longe a melhor nem mais bem equipada força do New British Army, mas todos os Batalhões tinham artilharia móvel, tanques ligeiros (se bem que algo antiquados) e APC´s. O soldado típico do New British Army não era muito mais bem treinado que o Espanhol, mas a autoridade central era muito maior, e eram mais disciplinados (ou pelo menos os Britânicos esperavam). A vontade de vingança dos Escoceses depois de muitos anos sobre ocupação Espanhola também era tida em conta.
A força parte da Escócia na Task Force Gibraltar, uma unidade composta por 3 fragatas e 5 corvetas, mas navios de transporte. Hamilton era um homem do exército, e não percebia muito de marinha, mas os seus subordinados deram-lhe a certeza que navios equipados com misseis eram melhores para bombardeamento do que navios ao estilo antigo (e Português) carregados de canhões.

A estratégia estava já desenhada, o ataque não seria dirigido a Gibraltar em si, mas si a La Linea de la Concepcion, Hamilton receava atacar directamente um ponto defensivo tão forte com os parcos recursos que tinha, iria cercar os invasores em Gibraltar, rezar para que não houvessem mais rebeldes na região, e essencialmente forçar ou a sua rendição, ou iria atacar de uma posição muito mais forte a partir de terra. Também havia esperanças que os Espanhóis com o seu orgulho latino se lançassem a atacar os Britânicos entrincheirados.

A Task Force lança-se assim à máxima velocidade que pode para Espanha, em busca de glória......
avatar
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 29
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/greenaldia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Dom Fev 06, 2011 2:08 pm

Santander vê no seu pronunciamento franquista um fiasco total... Nenhum regimento, dos que ele pensava que iriam alinhar-se a ele a prestar-lhe auxilio tirando a Falange. As diversas falanges eram forças para-militares desbaratadas, desmanteladas pelo regime... Apenas tinham um uniforme, nem armas tinham sequer. Santander em desespero, dá-lhes armas apreendidas aos britânicos. Era como o último grito do franquismo, e do seu regimento mais famigerado da actualidade, em que os soldados desmoralizados politicamente, e desiludidos pelo Carlismos, apenas se mantinham como soldados pelos ordenados chorudos.

Santander, já estava referenciado como "Refratário", ele e seu Regimento... Isso era prelúdio de desgraça no Reino, passível de terríveis castigos. A aliar a isto, recentemente o rei D. Afonso VIII declarou-o "traidor" á Coroa, e teria de enfrentar além de todas as acusações, o crime de "Lesa-Majestade".

Numa manhã, mal o sol raia, tem uma frota poderosa da Armada Real. Não era uma frota qualquer, era uma frota de bombardeamento costeiro, com Super Couraçados, Cruzadores de Guerra e Cruzadores Pesados combinados com fragatas. Posicionam-se no Atlântico frente a Gibraltar, afinal das suas docas de Lisboa a Gibraltar era um saltinho e os custos de movimentação minimalistas. Por seu turno o rochedo de Perejil, e Ceuta, estão em alerta, e com a artilharia costeira apontada para Gibraltar. Os regimentos da Andaluzia, movem-se para as imediações de Gibraltar, são regimento espanhóis, afectos ao regime Carlista.

Santander não tem hipótese de sobreviver, seus homens estão aterrorizados. Há um factor que conta a seu favor, as forças governamentais não iriam bombardear gratuitamente instalações britânicas, mesmo com ordens expressas de Camelot, pois no final teriam de as pagar... Começam as negociações. A frente delas está o General Iturbide, um velho militar carlista, temido pelos franquistas e também perseguido no tempo de Franco...

Com um Regimento prestes para o assalto, caso não seja acedida a suas demandas, Santander cede ao fim de umas horas de conversações. Resistindo a ínicio, desistindo por fim e vendo o fiasco do seu levantamento militar.

Nessa altura Gibraltar é invadida por um regimento favorável aos Carlistas, o Governador e militares ingleses são imediatamente libertados, e a soberania é entregue aos britânicos na hora, com o hastear da bandeira britânica a ser realizado por espanhóis!

Seguido a este episódio, atrasado, mas redigido um pedido de desculpas formal da Coroa e do Governo Carlista, em especial do último que afirma a sua amizade aos britânicos, e pede a sua compreensão para o processo de transição em curso que não é do agrado das facções mais conservadoras da sociedade Espanhola.

O Regimento Navas, sai todo preso, desde o cozinheiro a Santander, irão para Toledo, e aí serão aprisionados num campo improvisado, para aguardar julgamento... Os falangistas seguem o mesmo passo, mas irão para Burgos. Para seu azar os britânicos serão convocados como testemunhas no processo, e estão livres de instaurar processos aos militares sublevados.

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Britannia em Seg Fev 07, 2011 7:59 pm

Hamilton e o seu regimento chegam a uma Gibraltar já novamente Britânica, para seu enorme espanto "mas esta gente é toda louca?" comenta o Ministro-Chefe. O regimento assume posições no enclave, e o governador assume politicas para retomar a ordem depois do caos Espanhol. A fronteira é fechada por alguns dias enquanto que todos os bêbados e arruaceiros dos dias anteriores são expulsos, ou no caso dos que eram Britânicos, enviados para as regiões de origem, todos sem falta receberam um convite para não regressarem tão cedo.

Gibraltar em si perde o estatuto de Home Rule e passa a ser mais um território gerido pelo Reino Unido da Grã-Bretanha, mesmo mantendo grandes níveis de autonomia devido à distancia entre os dois territórios. O Regimento assume posições defensivas no enclave, prontos para defender o território de qualquer incursão, e são determinados como o regimento permanente do território, o Real Regimento de Gibraltar.

Em poucos dias volta tudo à normalidade, a fronteira abre novamente, as ruas estão novamente limpas e o recolher obrigatório é abolido, mas os Britanicos agora iriam pedir responsabilidades pelo acontecido nos julgamentos.
avatar
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 29
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

Ver perfil do usuário http://www.nationstates.net/greenaldia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Portugal em Qui Fev 10, 2011 3:47 pm

Enquanto Gibraltar virou uma "prisão" durante uns dias para restabelecimento da ordem, jovens falangistas revoltados com a situação, vandalizaram os muros de separação, e pintaram estradas e tudo nas redondezas, que fizesse vista aos britânicos.

Inglaterra ladra! Gibraltar é nossa!

Meredith, Rainha de Inglaterra e Portugal, mas não de Espanha! Dá-nos o que é nosso, e leva o Afonso contigo!

Sentes-te revoltado com a bandeira inglesa ali? Junta-te á Falange e nós pomos uma espanhola!

Eram as frases que juntamente, com as setas e os jugo, adornavam em tons de preto e vermelho ou então azul tudo que a falange pintava...

_________________
avatar
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Gibraltar, a desejada...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum