Comunidade NationStates Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

+6
Britannia
Portugal
Scream_off
Roma
URS
Athaulphia
10 participantes

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Fim da missão em Escócia - Athaulphia ganha a Copa América

Mensagem  Athaulphia Sex Nov 20, 2009 6:41 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

A Missão Athaúlphica de Pacificação em Escócia volve à casa

Depois de cumplir sua missão com um completo sucesso, o contingente militar athaúlphico deslocado em Escócia começa seu regresso. Os soldados celebram o bom fim do operativo, pois poderão passar o Natal com as famílias.

O Conselheiro de Defesa Álvaro Caride, acompanhado pelo Chefe do M.A.P.E., General Artur Martínez, declarou esta manhã aos meios que “o sucesso desta operação foi absoluto, não houve que lamentar nenhum incidente e a normalidade democrática terminou por impor-se”. O General Martínez detalhou os pormenores da retirada athaúlphica, confirmando que esta se realizará sem nenhum atraso: “as forças australasianas que vão substituir-nos estão-se despregando a bom ritmo e de maneira bem organizada, assim que o relevo não vai dar dificuldades. Os homens estarão de volta em suas casas muito cedo: não falamos já em semanas, mas em poucos dias”. O General agradeceu ademais o apoio das forças lusitias que também tomaram parte nesta missão: “foi um prazer trabalhar com bons profissionais, e estou encantado de tê-los conhecido”, disse.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 C_4_maincontent_2439341_mediumimage
O Conselheiro de Defesa Álvaro Caride e o General Artur Martínez, depois da conferência de imprensa

Após o exitoso processo eleitoral celebrado em Escócia sob supervisão internacional, a posição da Sociedade das Nações ficou reforçada: o Secretário Geral da SdN, Domingos Vila, não ocultou sua satisfação: “O processo de Escócia demonstra a utilidade da SdN, tão questionada nos últimos tempos. A resolução pacífica de conflitos, a arbitragem, a diplomacia e o respeito às decisões dos povos triunfaram frente ao recurso à violência e a imposição, num país tantas vezes castigado pela guerra como Escócia. Até agora cada guerra em Escócia só tinha servido para matar, destruir e plantar a semente de uma nova guerra ao pouco tempo. Agora, com a livre expressão da vontade do povo escocês e a cavalheirosa aceitação dessa decisão pelas potências, pôs-se fim a tantos anos de horrores e se puseram os alicerces de uma sociedade estável e próspera”.

O Governo de Athaulphia também celebra o acontecido: “a política de neutralidade, paz e diplomacia que practica e promove o Governo de Athaulphia deu seus melhores frutos no palco mais conflitivo do mundo”, declarou o Chanceler Miranda, “e isto deve ser uma licção que o mundo deve aprender para o futuro”. O Chanceler felicitou “ao povo escocês, ao governo australasiano e também ao da URS pelo exemplo que deram”. Também dedicou palavras de felicitação para a SdN e o governo de Lusitia, “com o que esperamos estabelecer laços mais próximos de amizade, depois de ter trabalhado juntos nesta importante tarefa”.

O Governo reconheceu já de maneira oficial o novo status de Escócia, e manifestou seu desejo de que a tranqüilidade se assente definitivamente naquele país. Quanto aos soldados athaúlphicos, serão recebidos pelo governo, encabeçado pelo Presidente da República, que lhes renderá homenagem em Athaulphópolis num acto público. Espera-se que os últimos soldados estejam em Athaulphia a próxima quarta-feira.


Athaulphia conquista sua segunda Copa América

A seleção athaúlphica de futebol conquistou sua segunda Copa América, com a que se converte na seleção mais laureada do continente.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Home
A seleção de Athaulphia confirma seu grande momento de jogo

Esta terceira edição, celebrada no Reino de Sarvoya, arrancou com a surpresa da rápida eliminação do campeão vigente: Burgolavia caiu no jogo inaugural ante a potente equipe kalmarense. Quanto a Athaulphia, o combinado nacional venceu ao de Scream_off por um ajustado 2-3. Na média final contra Kalmar também foi necessário superar um jogo muito equilibrado, até que um gol de Colominas cerca do final inclinou a balança para a “Vermelha”, 1-2.

A final disputada em San Andreas foi contra a revelação do campeonato, a seleção de Havaí, que tinha superado à anfitriã Sarvoya e A Cruz de Cristo. Neste jogo a seleção athaúlphica demonstrou sua superioridade com um contundente 5-1, conquistando o troféu continental por segunda vez: a copa americana regressa ao Norte.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Article-0-0672703C000005DC-279_468x347
Os jogadores athaúlphicos recolhem o troféu

O novo triunfo de nossa seleção foi seguido em massa em Athaulphia por um público expectante, que se lançou à rua para celebrar a vitória, numa festa que durou toda a noite. Espera-se que esta tarde a seleção aterrize em Athaulphópolis, onde a espera um caloroso recebimento.


Revista de imprensa

Hoxe:
• Missão cumprida: as forças athaúlphicas iniciam o regresso depois do referendum de Escócia.
• BICAMPEÕES!: Athaulphia recupera a Copa América.
• EDITORIAL: Athaulphia em seus melhores momentos: podemos aspirar a mais?

O Correio:
• Sucesso da Missão em Escócia: tudo pronto para o regresso.
• Poderá descansar ao fim Escócia? As claves do novo status.
• EDITORIAL: Um triunfo da diplomacia e a democracia.

O Nacional:
• Miranda tenta sacar proveito do referendum de Escócia e do regresso das tropas.
• VICTORIA! A Seleção Nacional vence em Sarvoya: O Nacional esteve ali.
• EDITORIAL: Contou o governo toda a verdade sobre o M.A.P.E.?
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Visita de Estado Presidente Zé - Começa o Natal

Mensagem  Athaulphia Ter Dez 22, 2009 4:42 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Visita de Estado do Presidente da FUS

O Presidente Zé da Federação Unida de Scream_off realizou uma visita de Estado a Athaulphópolis, com a intenção de agradecer a nossa nação sua contribuição à paz mundial, nomeadamente na recente missão em Escócia. O mandatário screamoffense foi recebido com as máximas honras pelas mais altas autoridades de Athaulphia, com um programa de actos e homenagens que serviram para afiançar ainda mais os fortes laços de amizade entre as duas nações. O Presidente Zé conclui com esta visita seu longo e frutífero mandato à frente da FUS, e quis fazê-lo com um gesto de deferência para Athaulphia, por seu papel na estabilidade internacional.

Depois de chegar ontem pela manhã ao aeroporto Plus Ultra de Athaulphópolis, o Presidente Zé foi recebido na Citánia pelo Presidente da República de Athaulphia Xosé AntonioVázquez Valcárcel. A sua chegada o Presidente Zé teve palavras de louvor para Athaulphia:

O Presidente Zé da FUS escreveu:Estou extremamente satisfeito visitar a Republica de Athaulphia. Esta é efectivamente aquilo a que se chama uma visita, na medida em que não venho para obter qualquer tipo de acordo, ou qualquer beneficio para a Federação Unida de Scream_off. Venho para parabenizar este excepcional país pelo seu trabalho feito na Comunidade Internacional, relevando o seu papel na OCDE, mas também na Sociedade das Nações. Os cidadãos desta Republica precisam de saber de que outros países acreditam e têm orgulho no papel de Athaulphia no mundo, e todos deverão ter.
O Presidente Vázquez agradeceu ao Presidente Zé seu reconhecimento e lhe expressou sua admiração:

O Presidente Vázquez de Athaulphia escreveu:Estou certamente orgulhoso de poder receber a um homem de Estado da categoria do Presidente Zé, um nome que já ficou gravado nos livros de História por seu decisivo papel na política mundial nos últimos anos. É para mim e para meu país uma verdadeira honra que tenha escolhido nossa pequena nação para sua última visita de Estado e que tenha vindo com uma mensagem tão amável e que tanto nos emociona. O Presidente Zé foi e é um referente de liderança democrática, e sob seu mandato não só assentou firmemente a democracia e a liberdade em Scream_off, mas contribuiu através da OCDE e a ATE a estender o modelo da democracia liberal e a afiançar uma sólida amizade entre as nações norte-americanas.
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Saudovalcarcelze2
O Presidente Vázquez saúda ao Presidente Zé na entrada do Palácio da Citánia

Ainda que a chuva obrigou a suspender o desfile previsto, ambos Presidentes vistoriaram às tropas da Guarda Nacional, e o Presidente Zé teve oportunidade de charlar pessoalmente com vários dos soldados e oficiais que participaram na Missão Athaúlphica de Pacificação de Escócia. Zé felicitou efusivamente a um grupo de soldados que se recuperam de algumas feridas no Hospital Militar “General Martínez” da capital. O Presidente da FUS alabou a decisão de Athaulphia de implicar-se na pacificação de Escócia e animou ao país a implicar-se mais na construção da paz:

O Presidente Zé da FUS escreveu:A Republica de Athaulphia demonstra neste local que está disposta a pagar pela paz e justiça no mundo. É sem duvida uma quebra de tradição de não se envolver em disputas internacionais, e os opositores da decisão do Chanceler poderão apresentar estes jovens como o maior exemplo de quão errado está. Se me permitem, não poderão estar mais enganados. Esta é a demonstração que a Republica de Athaulphia está disposta a sair do seu retiro de segurança, para proteger os indefesos, e que o poderá fazer, sem por em causa a sua independência e soberania. A Escócia, vive em paz, e milhões foram salvos. Ademais, uma possivel guerra entre a URS e o RUA foi evitada. Se Athaulphia tivesse virado costas à Escócia, estaria mais segura? Não, porque o mundo entraria em guerra.

A imparcialidade e neutralidade de Athaulphia é algo de extremamente valioso, mas não deve ser confundido com inacção. Os meus parabéns ao Chanceler por ter ajudado o Mundo.
Pela noite, depois de um jantar de gala na Citánia, ambos Presidentes assistiram a uma representação no Teatro Nacional, onde a Orquestra Sinfônica Nacional de Athaulphia ofereceu um concerto de temática natalina em honra do Presidente Zé.

Esta manhã teve lugar o ato mais institucional da visita: o Presidente da FUS foi convidado a pronunciar um discurso ante a Xunta de Athaulphia. Em seu discurso, pronunciado ante uma sessão plenária de nosso parlamento, o Presidente Zé falou dos laços que unem a ambas nações e exortou aos athaúlphicos a seguir por esse caminho que tão bons resultados deu:

O Presidente Zé da FUS escreveu:A Federação Unida de Scream_off e a República de Athaulphia são duas nações irmãs. A criação da OCDE veio-nos juntar como nunca antes e os resultados são extraordinários. A economia de ambos nunca esteve melhor, e as relações institucionais nunca foram tão próximas. No entanto, continuam a haver criticas. Criticas que se centram naquilo que nos separa, o que é triste. Porque o que nos separa, apenas nos faz mais fortes.
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 3933890480_1a4eac5885_o
Os deputados, postos em pé, saúdam a chegada do Presidente da FUS à Xunta

Depois de uma longa ovação, o Presidente Zé pôde departir com o Chanceler, os Conselheiros e os líderes dos grupos parlamentares, recebendo numerosas mostras de respeito e admiração. O Chanceler Miranda valorizou a visita ante a imprensa como “absolutamente positiva”, e teve umas palavras de agradecimento:

O Chanceler Miranda de Athaulphia escreveu:Senhor Presidente, enche-nos de orgulho e satisfação que tenha decidido fazer-nos esta visita e que são sua presença e suas palavras nos anime e nos apóie. Durante anos foi você nosso referente com seu firme aposta pela democracia e as liberdades, e ademais com você a FUS foi uma fiel colega de Athaulphia nos esforços pela prosperidade comum e o ordem mundial justo. Saiba que em Athaulphia sempre terá um povo amigo e que seu exemplo seguirá guiando-nos.
A visita do Presidente da FUS, próximo de ceder o comando a seu sucessor depois das recentes eleições, foi vista como um respaldo às políticas do governo athaúlphico, tanto em aspectos econômicos como em política internacional. Neste sentido, o Chanceler Miranda, recuperado nas sondagens depois do sucesso da missão em Escócia, poderia propor de novo a entrada definitiva de Athaulphia na ATE, depois das mudanças evidentes na situação internacional que aconteceram depois do referendum.


Começam as festas natalinas em Athaulphia

Com frio, neve e chuva começaram os festejos de Natal em Athaulphia. Apesar do mau tempo se espera que este ano, graças à boa situação econômica, os athaúlphicos desfrutem de umas festas por tudo o alto. A Conselheria de Fomento despregou todos os meios disponíveis para assegurar as comunicações e os transportes no meio do temporal, que tem traido uns “natais brancos” ao país. A poucas horas da Noite de Natal, a primeira grande celebração, milhões de athaúlphicos fazem seus compras de última hora e preparam o tradicional jantar familiar.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 El+tradicional+arbol+de+la+Puerta+del+Sol
Árvore de Natal na Praça Maior de Fontao


Revista de imprensa

Hoxe:
• O Presidente Zé despede seu mandato em Athaulphia.
• “Venho para parabenizar este excepcional país pelo seu trabalho feito na Comunidade Internacional”.
• Normalidade nas carreteiras apesar das fortes nevascas.

O Correio:
• O Presidente da FUS felicita a Athaulphia por seu papel em Escócia.
• Recepção de gala e grande ovação na Xunta para escutar ao Presidente Zé.
• O temporal de frio poderia bloquear carreteiras e transportes ferroviários.

O Nacional:
• A neve colapsa o país ante a incompetência do governo.
• Investigação “O Nacional”: subvenções suspeitas a membros do PDS.
• O Presidente da FUS visita Athaulphópolis.
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Mensagem de Natal do Presidente da República

Mensagem  Athaulphia Qui Dez 24, 2009 12:31 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Escudo10
MENSAGEM À NAÇÃO DO PRESIDENTE DA
REPÚBLICA DE ATHAULPHIA, O HONORÁVEL
DOM XOSÉ ANTONIO VÁZQUEZ VALCÁRCEL


SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Mensaxenadal2009b
Caros cidadãos:

Mais um ano, cumprindo com a tradição destas datas, dirijo-me a vocês para desejar-vos umas felizes festas e compartilhar convosco umas reflexões sobre o acontecido neste ano que está a ponto de terminar, e sobre o que nos espera no que vai começar.

Para começar, devemos felicitar-nos porque estão entre nós, nesta noite tão especial, os soldados athaúlphicos que participaram na pacificação de Escócia. Através da Sociedade das Nações, outras vezes tão denostada, foi possível pôr fim a uma guerra e dar solução a um conflito já demasiado longo e cruel. Escócia conta por fim com um governo livremente escolhido pelos escoceses e reconhecido por toda a comunidade internacional.

Tudo isso foi possível graças à mediação no seio da Sociedade das Nações, a iniciativa de seu Secretário Geral e a participação desinteressada de nações neutrais, comprometidas em construir a paz. É assim como Athaulphia, ajudada por Lusitia, e com a boa disposição das nações implicadas pôde encabeçar os esforços de paz.

Enviamos nossas afetuosas saudações a todas as nações que participaram neste processo, dando ao mundo uma grande lição de maturidade e prudência: Australásia, Portugal, a URS, nossos colegas de missão de Lusitia e especialmente Escócia. Com esta missão de paz demonstramos ao mundo que existe outro caminho para resolver os conflitos entre nações: o caminho da negociação, a diplomacia, o direito e o respeito à vontade democrática dos povos. Confiamos em que a experiência escocesa sirva como exemplo para futuras crises.

E também nos demonstramos, a nós próprios, que Athaulphia pode participar mais activamente na política mundial, realizando uma contribuição muito positiva e sem pôr em causa sua própria segurança e independência. Embora este ano o povo athaúlphico preferisse não se implicar em alianças estratégicas, é oportuno reflexionar sobre o papel de Athaulphia entre as nações: as novas circunstâncias, muito diferentes das de faz uns meses, levam-nos a reformular-nos nosso papel internacional no futuro.

Neste ano que termina Athaulphia experimentou também um crescimento econômico sem comparação nas últimas décadas. Desde faz um ano até hoje, nosso produto interior se multiplicou por mais de 4, enquanto o desemprego se reduziu a menos de uma terceira parte. Este crescimento e melhora da economia nacional não tivesse sido possível sem a melhor ferramenta para a prosperidade e o desenvolvimento que nunca tivemos: a OCDE. A entrada de Athaulphia nesse organismo resultou ser a melhor decisão que podíamos adotar em política exterior e econômica. A abertura de fronteiras e mercados entre as nações de América do Norte permitiu o intercâmbio de mercadorias, conhecimentos e tecnologia para assim poder trabalhar juntos, em equipe, pela prosperidade de todos.

Por isso quero aproveitar esta mensagem para transmitir nosso agradecimento às nações irmanas de Kalmar e Scream_off. Dentro da OCDE, e especialmente através do plano CANADA, a ajuda e a confiança de nossos vizinhos foi a clave de nossos sucessos econômicos. Seu assessoramento econômico, seu respaldo financeiro e os planos comuns de infra-estruturas ajudaram a Athaulphia a sair da crise na que se encontrava faz um ano e atingir níveis nunca antes vistos. Por isso, nestas datas assinaladas, enviamos nossas felicitações e bons desejos a nossos queridos vizinhos e amigos de Scream_off e Kalmar.

Não posso esquecer que estes avanços requereram de grandes sacrifícios por parte de todos, e que em numerosas ocasiões algumas decisões geraram controvérsia e oposição. No entanto, creio que os esforços valeram e que graças ao esforço e o entendimento de todos atingimos excelentes resultados, que deverão repercutir no bem comum. Em Athaulphia estamos firmemente convencidos de que o crescimento econômico deve ir indissoluvelmente unido à justiça social, e segundo essa convicção actuamos e actuaremos. Embora se afirme desde um lado que a justiça social freia o crescimento, e desde outro que o crescimento rompe a justiça social, Athaulphia está demonstrando que unir e obter ambos objetivos não somente é desejável, senão que é possível. Este equilíbrio é nosso maior lucro e nosso maior orgulho.

Athaulphia é assim um referente mundial em estado do bem-estar e qualidade de vida: estamos à cabeça do mundo em investimento educativo, e destinamos o 68% de nossos orçamentos, mais de duas terceiras partes, a investimento educativo, sanitário e social: com isso, Athaulphia é a primeira nação do mundo em políticas sociais, sanitárias e educativas. Unido isto à espetacular melhora de nossa economia, a República destina mais de 600.000 patacos por habitante a gastos sociais e educativos, face aos 130.000 de faz um ano. Não quero aborrecer-vos com números, mas é um facto que no último ano o investimento por habitante em gastos sociais cresceu em mais de quatro vezes e meia: temos mais e melhores escolas, mais e melhores hospitais, mais e melhores ajudas aos que as precisam... o estado do bem-estar athaúlphico é um exemplo a seguir e um motivo pelo qual devemos estar orgulhosos de nosso país.

Apesar de tudo o conseguido, são muitos os reptos que nos esperam em 2010. O primeiro e primordial é assegurar-nos de que a grande riqueza gerada em nossa nação siga crescendo e não seja “flor de um dia”, e que ao mesmo tempo beneficie a toda a sociedade, para conseguir uma nação mais justa, mais igualitária e mais moderna. Outro aspecto que talvez tenhamos descuidado e no que é necessário fazer questão é nosso médio ambiente: devemos proteger a rica natureza de nosso país, como nosso primeiro patrimônio. O desenvolvimento sustentável deve ser a filosofia que sigamos no futuro, para assegurar que a abundância de hoje não chegue a ser a fome do amanhã.

Este novo ano de 2010 vai ter lugar um acontecimento transcendente na nossa história: nossa capital foi escolhida para albergar os Jogos Olímpicos. Todas as miradas do mundo vão dirigir-se a Athaulphia e é nesta ocasião assinalada na que devemos mostrar ao mundo o melhor de nós, nossos lucros desportivos, econômicos, culturais e sociais. Confiamos em que a organização destes jogos não somente seja a melhor vitrine de nossa nação, senão que nos traga novos frutos: o impulso a nosso sector turístico, novas infra-estruturas, projeção internacional de nossas empresas… e por suposto novos sucessos para nossos desportistas, que se unam aos atingidos este ano, que são outro motivo mais para sentir-se orgulhosos: a nova Copa América de futebol, o título mundial de boxe ou os troféus de nossos tenistas.

Com o desejo de um próximo ano 2010 ainda mais próspero e exitoso do que este 2009 que nos deixa, despeço-me de todos vocês. Desejo-vos um feliz Natal na companhia dos vossos e no calor do lar. Envio uma especial mensagem de afeto para todos os athaúlphicos que por qualquer motivo hoje se encontram longe dos seus, àqueles que esta noite velam pela paz e a segurança de todos nós e aos estrangeiros de todo origem que encontraram cá seu lar. E transmito nosso abraço fraterno e desejos de paz e amizade a todos os povos do mundo.

Tenham todos umas felizes festas e um bom ano. Boa noite.
OOC: bom Natal para todos!
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Revista de Imprensa 14-I-2010

Mensagem  Athaulphia Qua Jan 13, 2010 6:21 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Revista de imprensa

Hoxe:
• Estoura a guerra em Sibéria: Triestin ataca ao Brasil do Norte.
• O pontapé do imperador ao diplomata: a causa mais absurda para a guerra mais justificável.
• O Governo declara sua neutralidade e se mostra disposto a dar ajuda humanitária e acolher refugiados.
Pelo totalitarismo para Deus: teocracia, inquisição, execuções públicas… assim é o Brasil do Norte.
• Confuso golpe palaciano em Moscovo: grupo de militares derrocam a Putin.
• Um golpe no momento mais delicado que pode desestabilizar toda Ásia.
• As empresas navais athaúlphicas preocupadas pela subida de taxas de Suez.

O Correio:
• Crônica de um conflito anunciado: Triestin-Brasil do Norte, a batalha dos extremismos.
• Brasil do Norte: demasiada provocação e muito pouca força.
• Triestin: os militares derrocam a Putin no meio da guerra.
• Dúvidas sobre que farão as tropas triestinas em Alaverdi e Brasil do Norte.
• Brasil do Norte irrita ao mundo usando civis como reféns.
• A ATE em alerta: o Chapim poderia ver-se afectado.
• Gira internacional do presidente eleito Logan da FUS.

O Nacional:
• Nova agressão imperialista da besta moribunda: Triestin invade enquanto seus militares se revoltam.
• Maus contra maus: poderiam perder os dois?
• Indiferença internacional: a maioria das nações ignora a guerra.
• Brasil do Norte: o regime que faz que os comunas pareçam “bonzinhos”.
• O Governo desampara às empresas navais athaúlphicas ante as taxas do canal de Suez: o que faz Miranda?
• Exclusiva “O Nacional”: quantos dirigentes do PDS são gays?
• Máxima expectação: a UD Fontao e o FC Castelo se jogam os quartos na Taça da República.


A Igreja Evangélica de Athaulphia condena ao regime de Brasil do Norte e nega qualquer relação

A Conferência Evangélica de Athaulphia, órgão reitor da Igreja Evangélica no país, convocou aos mídia para marcar sua postura ante a situação do Brasil do Norte. Esta convocação se produziu depois de terem aparecido graffitis insultantes e ameaçantes em vários locais desta igreja. Mensagens como “ASSASSINOS, FORA DE ATHAULPHIA!” apareceram nas sedes evangélicas depois de ter-se difundido por TV e internet o estremecedor espectáculo de execuções públicas de dissidentes organizado e presidido pelo imperador de Brasil do Norte.

A Igreja Evangélica conta com escassa implantação em Athaulphia e é pouco conhecida pela opinião pública, de maneira que é fácil que tenha sido confundida com a igreja que governa no Brasil do Norte. No entanto, não existe qualquer vinculação, quer orgânica, quer doutrinal, entre esta igreja e a igreja nor-brasileira. “Os evangélicos não somos uma organização unificada, nem temos um Papa, como a Igreja Católica”, explicou hoje o presidente da Conferência Evangélica, Matías Berdeal. “Portanto, nós nem dependemos, nem obedecemos, nem seguimos a esses extremistas de Brasil do Norte”, adicionou; “nem sequer temos doutrinas parecidas: o de lá é uma degeneração fundamentalista e totalitária de tipo fascistoide que nos escandaliza e repugna profundamente”. Berdeal pediu aos meios de comunicação e aos cidadãos que não lhes confundam: “Nós, como tudo ser humano decente, condenamos sem reservas ao regime nor-brasileiro e suas atrocidades, totalmente contrárias à mensagem evangélica de amor ao próximo que nós difundimos”.

Opinião: artigo do jornalista Ernesto Carracedo, no jornal “Hoxe”.
Ernesto Carracedo escreveu:Quando o “amor a Deus” traz o inferno
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Elrotobrasilnorte

Contam altos funcionários da Conselheria de Estado, em voz baixinha, que desde meses atrás o governo tinha estado adiando a possível troca de embaixadas com o Brasil do Norte: não gostavam das notícias que chegavam de lá (nós também não), e Brasil do Norte era visto como um pais “potencialmente conflictivo”, segundo os relatórios internos da Conselheria. Mas os últimos acontecimentos precipitaram uma solução ao assunto da nova embaixada: não haverá tal. Além disso, a Conselheria de Estado, em sua web (onde informa aos cidadãos das condições para viajar a outros países e dá recomendações de segurança, leis que há que respeitar, vacinas, atenção médica...), acava de clasificar ao Brasil do Norte como “lugar para NÃO IR”, sem matices. Podem comprovar, vão a www.estado.goberno.at.

Se calhar a decisão foi adotada pelo costume do governo nor-brasileiro de tomar represálias sobre civís inocentes e inofensivos quando tem um problema com um governo estrangeiro. Também a brutal represão interna da dissidéncia, junto com o particular “estilo de governo” do Brasil do Norte” (qualificado como “extravagante” nos relatórios), levaram a que o governo de Athaulphia decidisse não estabelecer relações diplomáticas com eles e desaconselhar aos cidadãos terem qualquer contacto. Segundo dizem na Citánia, a decisão de não enviar um embaixador não se deve realmente a falta de vontade de ter contactos (a doutrina diplomática athaúlphica é a de manter abertos canais com todo o mundo), mas sim ao temor de que o pessoal da embaixada pudesse ser objectivo de represálias caso houver qualquer fricção entre os governos (coisa que se estimava provável, perante o escasso apreço athaúlphico pelo fundamentalismo religioso). Se for necessário qualquer contacto diplomático, o encarregado será o embaixador athaúlphico no Chapim, o país com legação diplomática athaúlphica mais próximo ao Brasil do Norte (e que não está em guerra com ele).

A última vez que se adoptou uma decisão semelhante foi respeito à Escócia do régime nazi de McMillan. O episódio recente dos jornalistas triestinos resultou especialmente repugnante aos olhos do governo athaúlphico e da opinião pública em geral: um governo pode deter a suspeitos espiões, mas... usa-los como reféns para uma chantagem, ameaçando com assassina-los se não se cumprem as exigéncias? Isso é una violação de todas as convenções de guerra e um ato mais próprio de organizações terroristas do que de um governo numa nação supostamente civilizada. Finalmente, as imagens emitidas por TV do próprio imperador do Brasil do Norte participando pessoalmente na execução do líder dos comunistas causaram comoção em toda Athaulphia e foram condenadas unánimemente, pelo nosso governo, por todos os partidos, igrejas e organizações sociais, e por todos os cidadãos com uma mínima humanidade. A opinião maioritária em Athaulphia sobre o Brasil do Norte é que se trata de uma perigosa banda de fanáticos enlouquecidos, liderada por um demente sanguinário que disfruta assassinando dissidentes.

Afortunadamente, Athaulphia não tem interesses no Brasil do Norte e os poucos athaúlphicos que lá pusseram os pés pronto fugiram horripilados daquele gulag integrista. Mas devemos perguntar-nos até quando ha durar esta demência e até onde pode chegar a toleráncia das nações livres. Afinal, é possível que, embora com motivações duvidosas, seja um quase-empestado internacional como Triestin quem ponha fim a esta loucura. Seria uma grande ironía que nos deve fazer reflexionar.
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Athaulphia Sex Mar 19, 2010 4:50 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Revista de imprensa

Hoxe:
• Continua a intolerável agressão luso-britânica contra Trondheim.
• Saudades colonialistas: Portugal ataca por... dois velhos castelos.
• O qué fazem lá os britânicos? O novo imperialismo que ameaça a estabilidade mundial.
• Primeiras eleições realmente plurais em Triestin.
• Fim da “Era dos 90%”: Triestin entra no verdadeiro parlamentarismo com um governo de coligação.
• Democrácia estabelecida, Stalin capturado e guerras terminadas: um novo Triestin?

O Correio:
• A democrácia chega a Triestin: primeiras eleições sem partidos banidos nem resultados esmagadores para o poder.
• De Stalin a Putin: o qué foi o que mudou, e o que não?
• O novo governo triestino anúncia grandes mudanças em política externa.
• Os islâmicos unem-se ao Trondheim Democrático: fim do régime do Imã.
• Britânicos e portugueses ignoram a anexação e continuam seus ataques.
• Condenas e protestos contra a os ataques a Trondheim: anunciadas manifestações em Athaulphópolis.

O Nacional:
• Nova comédia eleitoral em Triestin: saem os comunas, entram... os comunas.
• Borisov repete as promesas de “apertura” de Putin: acabará fazendo o mesmo?
• Britânicos e portugueses respondem aos selvagens islâmicos.
• Os direitos históricos de Portugal em África: “... dos Algarves de Aquém e Além Mar...”
• As atrocidades de Trondheim que nosso governo não quer ver.
• Pavilhão de Athaulphia na Expo de Constantinopla: possível corrupção do governo?


O Papa, desaparecido

Inquietude mundial pelo desaparecimento do Papa Tozé III. O líder supremo da Igreja Católica está ilocalizável há vários dias, depois da sua visita ao Rei de Portugal. Não se tem qualquer notícia do Santo Padre nem de seus acompanhantes desde esta reunião, que teve lugar no Palácio de Sintra, próximo a Lisboa.

Este desaparecimento do Papa, junto com seus secretários e asistentes e sua escolta, não foi esclarecido pelas autoridades portuguesas, que ainda não deram nenhuma explicação. As especulações falam de um possível accidente do avião na viagem de regresso a Roma, mas ainda não há nenhuma prova de que o voo chegasse sequer a descolar.

Esta situação encheu de preocupação à comunidade católica mundial. Em Athaulphia, a Conferência Episcopal (órgão rector da Igreja Católica Athaúlphica) está reunida em “comitê de crise”. Seu presidente, o Cardeal Cañas Escolá, emitiu um comunicado expresando a preocupação da Igreja com o que está a acontecer e pediu ao Governo de Athaulphia que faça as gestões necessárias para esclarecer esta situação. Na Xunta foi aprovada uma moção no mesmo sentido apresentada por APP e a UDC, que contou com o apoio dos socialistas e a abstenção de “Alternativa”. Também se pede ao governo português toda a informação disponível para dar solução ao caso.

Em outros países se têm tomado iniciativas semelhantes para localizar ao Papa. O Governo de Athaulphia, atendendo às petições, iniciará contactos com Portugal e iniciará uma investigação através da Polícia e o SIS. No entanto, a Conferência Episcopal convocou uma “Vigília pelo Santo Padre”, com missas e orações pela sua recuperação por todas as igrejas do país.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 PortadaSecInt
O Bispo de Auria preside uma vigília pelo Papa

Sucesso do “Día de Athaulphia” na Expo de Constantinopla

O Presidente da República presidiu o “Día de Athaulphia” na Expo de Constantinopla. Neste día os actos da Expo centraram-se no pavilhão athaúlphico, uma grande estructura de pedra e madeira complementado com os cais para as reproducções de naus dos séculos XV e XVI. O pavilhão oferece ao mundo um percorrido pela nossa História e cultura com contidos mostra aos visitantes uma exposição multimídia, além de expor ao público alguns dos nossos maiores tesouros históricos, como o Códice Nercellas ou o Astrolábio de D'Arraia, cedidos pelas principais instituições athaúlphicas.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Pabellonathaulphia
O Pavilhão de Athaulphia na Expo de Constantinopla

O grande número de visitantes e louvores recebidos certifica o sucesso da mostra e a qualidade de nossa representação, complementada com actuações musicais e outros espetáculos, junto com palestras e abundante informação para estudiosos. Ademais, o Dia de Athaulphia marcou o início da conta atrás para os Jogos Olímpicos de Athaulphópolis, com a apresentação mundial de sua mascote, Cobi.

CLIQUE PARA MAIS INFORMAÇÃO
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty ESPECIAL FESTA NACIONAL DO PRIMEIRO DE ABRIL

Mensagem  Athaulphia Sab Abr 03, 2010 8:25 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

ESPECIAL INFORMATIVO:

Festa Nacional do Primeiro de Abril

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Escudo10
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Bandei10 SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Bandei10

Remataram hoje as celebrações do Primeiro de Abril, Festa Nacional de Athaulphia, comemorando os 532 anos da Fundação de Athaulphia.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Text1_DZTBild_1617_1600_Luther
Estátua do Fundador de Athaulphia Adolfo D’Arraia

Este ano a data coincidiu (como acontece muitas vezes) com a Quinta-feira Santa, o que fez que fosse declarada feriada também a quarta-feira 31 de Março. A Semana Santa foi aproveitada por milheiros de athaúlphicos para fazer uma viagem de férias, apessar das chuvas na maior parte do país. Na ilha tropical de Pruthea [Bermuda] a ocupação dos hotéis foi de práticamente o 100%. Também a ocupação em vóos ao estrangeiro foi excepcionalmente elevada.

Quanto às celebrações patrióticas do Primeiro de Abril, apessar das férias, e especialmente das chuvas intermitentes coas que começou esta primavera, foi seguido o programa habitual de festejos, actos institucionais, eventos culturais e todo tipo de celebrações públicas. Assim e tudo, com motivo das férias de Semana Santa, muitas instituções (nomeadamente as escolas) adiantaram uma semana os actos do Primeiro de Abril.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Lutero
Uma miúda prepara uma pequena estátua de D’Arraia para as celebrações de um Instituto de Secundária de Bande, a semana passada

O acto oficial central foi o desfile das Forças de Segurança da República, pela Gran Vía do Primeiro de Abril da capital, Athaulphópolis. Membros das Forças Armadas, da Polícia e de outros corpos de proteção desfilaram ante a tribuna de honra, onde estavam o Presidente da República Xosé Antonio Vázquez Valcárcel. O Presidente esteve acompanhado por membros do Governo, da Xunta, autoridades autárquicas e de outras instituções.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 1abril2010a
Um paraquedista da Força Aérea abre o desfile trazendo a bandeira nacional que o presidirá

O Presidente ofereceu o seu discurso oficial para este Primeiro de Abril depois do desfile e a oferenda de homenagem aos Fundadores e aos caidos por Athaulphia.

Cidadãos de Athaulphia:

Mais um ano, cá estamos celebrando a façanha dos Fundadores, aqueles homens que em 1478 deram começo a isto que hoje somos. Esta comemoração histórica, com todo o seu significado, é uma ocasião, como pode ser qualquer outra, para juntar-nos e celebrar nossa satisfação e mostrar nosso orgulho por sermos parte desta comunidade, desta nação que hoje faz anos.

[…]

Os athaúlphicos podemos estar orgulhosos de nossas instituições democráticas, de nossos níveis de liberdades e direitos, de nossa prosperidade material e do nosso alto nível de cultura e bem-estar social. Mas isso tudo não são presentes para nós, mas a retribuição que recevemos de nosso trabalho, do trabalho colectivo de todos os athaúlphicos e athaúlphicas. Pois é com trabalho, com esforço, muitas vezes com sacrifício, que podemos ter esta nação da que hoje desfrutamos, criada com o trabalho de nossos pais e mantida com o nosso, para que a desfrutem nossos filhos.

[…]

Hoje Athaulphia é um modelo para o mundo e, sobre tudo, para nós. Hoje é dia de celebrações e parabéns: parabéns para a nação, que são parabéns para cada um de vocês, os homens e mulheres, os idosos e as crianças, que compõem este país e que aportam sua parte à comúm prosperidade. Neste ano em que os olhos do mundo vão estar focados em nós, depois deste ano no que demos exemplo ao mundo, podemos e devemos proclamar com orgulho e satisfação nossa fidelidade à nossa Terra, ao nosso Povo, à nossa República. Ao pé do monumento aos Fundadores que sonharam com isto que nos vivimos, e olhando para nossa fermosa e limpa Bandeira, cidadãos, digamos todos juntos …

¡VIVA ATHAULPHIA!
A agenda oficial continuou no Palácio da Citánia, onde teve lugar a entrega anual das medalhas nacionais a aqueles que se distinguiram em serviços à nação. Em destaque, as medalhas para vários membros da Misão Athaúlphica de Pacificação em Escócia. A seguir teve lugar o tradicional almoço de gala ao que foram convidados os representantes diplomáticos estrangeiros acreditados no país.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 26655560bh1
O Presidente da República num momento da recepção oficial na Citánia

O Presidente também presidiu o concerto benéfico anual que cada Primeiro de Abril oferece a Orquestra Sinfônica Nacional, transmitido por rádio e televisão para todo o país. Este ano a representação incluiu peças de Gershwin e Brahms, muito aplaudidas pelos assistentes, além da tradicional Sinfonia do Novo Mundo de Dvorak destes concertos e a interpretação final do Himno Nacional.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Orch
Os membros da Sinfônica Nacional de Athaulphia comprimentam ao público

Seguindo a tradição desta festa, por toda Athaulphia se fizeram representações da fundação do país, com festas e mercados medievais e actuações folclóricas tradicionais, alem de multidão de actos cívicos e desportivos. Este ano, contra o acontecido nos dois anos anteriores, a equipa de Políticos venceu à de Jornalistas, com destaque do golo do Conselheiro de Fomento ao director de “O Correio”, e cujo vídeo já é o mais visto do Youtube em Athaulphia. Na meia-noite, os fogos de artifício marcaram o feche das celebrações da Festa Nacional deste ano.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 16024_Festa%20da%20Arribada%20da%20Carabela%20Pinta_1-49Q9JD
”Festa do Desembarco” celebrada em Castelo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 603049
Danças tradicionais em Maus de Salas

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 220292772_cb25710028
Fogos de artifício para celebrar o Primeiro de Abril, perto do Paço da Xunta

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Scream_off Sab Abr 03, 2010 9:13 pm

ooc: eu depois apago isto mas tinha que dizer: soberbo!
Scream_off
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 33
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Canção oficial Athaulphópolis 2010 - Opinião sobre Espanha

Mensagem  Athaulphia Sex Abr 23, 2010 6:54 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Apressentação mundial da canção promocional dos Jogos Olímpicos de Athaulphópolis 2010

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logoathaulphpolis2010

O tema, “Athaulphópolis”, é interpretado em inglês e galego pelo cantante Freddie Mercury e a soprano Montserrat Caballé. Foi apressentado a passada noite num concerto celebrado no incomparável marco dos jardins do Museu Athaúlphico (que aparece no fondo), um dos maiores símbolos da nossa nação e nossa cultura. O concerto foi o primeiro e principal acto de uma ampla agenda de acontecimentos culturais paralelos aos jogos que se vão desenvolver este ano por todo o país.



(OOC: já sei que eles dizem “Barcelona”, mas façam um pequeno esforço de imaginação Wink )


Opinião: artigo de Carlos Arnau, diretor do jornal “Hoxe”.
Carlos Arnau escreveu:Nova era começa em Espanha

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 19394

Depois de vários dias de confusos movimentos, os carlistas acavaram de fazer-se com o controlo do governo espanhol. Juan de Borbón-Parma vem de ser nomeado novo Vice-rei das Espanhas pelo rei Guilherme de Portugal. Com isto, da-se por fechada a era do fascismo em Espanha, depois de mais de 70 anos de dominação falangista com Franco e com Tejero.

Isto são as conseqüências finais de anos de tensões subterráneas nos corredores do poder em Madrid. Os acontecimento se precipitaram com a morte de Tejero: tudo fazia pensar que seria substituido pelo seu sucessor “natural”, o Marqués de Calatrava, homem forte da Falange... mas ao contrário, o pronunciamento militar que seguiu à morte do ditador derrubou o falangismo num rápido e estudado movimento, que apenas teve oposição em Andalucía, por parte das milícias falangistas e de setores próximos da Guardia Civil. Os militares, com o apoio dos requetés carlistas (insurgentes até ontem) conseguiram ocupar o país e desmantelar a estrutura do poder da Falange: Calatrava foi preso e o antigo partido único desfeito.

É difícil saber se o acontecido foi um “golpe de estado” ou um “auto-golpe de estado”, pois os rebeldes contaram desde cedo com o apoio do monarca Guilherme I e da poderosa Igreja espanhola. O descontentamento dos militares espanhois e da Coroa com o régime falangista não deixara de medrar nos últimos anos e a impopularidade de Tejero Molina e Calatrava, além dos círculos falangistas, era muito notória. As aventuras militares no estrangeiro do governo falangista já trouzeram sérios problemas diplomáticos à coroa portuguesa, nomeadamente com a intervenção en Trondheim e as actuações criminosas das forças falangistas.

Apessar de ser os factos apressentados sob o nome de “revolução”, estamos mais bem perante um “golpe palaciano” contra a Falange, cujo maior beneficiado é o Rei Guilherme, que ganha maior poder e acava com o velho contra-poder do partido único fascista espanhol. Mas o facto mais destacável na nova correlação de forças em Espanha é o ascenso dos carlistas: antigos aliados de Franco, depois marginalizados por ele, convertidos em força rebelde e insurgente com Tejero Molina, hoje emergem como o novo partido do poder em Espanha. Há sérias suspeitas de que o Rei Guilherme tenha estado negociando com os carlistas (seus teóricos inimigos) para criar uma aliança contra Falange, mas com conspirações ou sem elas, o resultado é que hoje os carlistas gobernam Espanha em aliança com a Igreja e com a beição do monarca, e que o seu chefe e velho aspirante ao trono espanhol, Juan de Borbón-Parma, é o novo homem de confiança de Guilherme I, com um título de Vice-rei com amplos poderes.

Quém é Juan de Borbón-Parma? Quase podiamos dizer que é “um de nós”: o discreto líder carlista e pretendente à Coroa Espanhola viveu desde criança no exílio em Athaulphia, estudou cá, fala um galego impecável e desde os anos 80 tem dirigido o carlismo espanhol desde Athaulphia com muita habilidade, e discrição, sem qualquer problema com nossas autoridades. Hoje recolhe os frutos de uma inteligente aposta estratégica, ao decidir que seu inimigo era a Falange, e não Guilherme I, teórico adversário pelo direito à coroa. Os ataques dos requetés e a propaganda carlista foram dirigidos nos últimos anos exclusivamente contra o régime falangista, respeitando escrupulosamente aos portugueses, o que fez deles uns aliados valiosos e úteis para o rei português quando este decidiu que a Falange era um problema.

Mas, qual é o futuro de Espanha? O carlismo dominante semelha disposto a levar adiante seu programa da “Espanha dos Povos”, oposto ao ferrenho centralismo dum estado imperial dos falangistas, e Guilherme I semelha disposto a dar-lhes seu apoio, desde que seu poder e posição não sejam postos em causa. Isto pode significar uma leve “liberalização” para aproximar Espanha ao modelo de estado conservador de Portugal, e inclusive podia ser posível sua transformação numa federação de reinos, com o reconhecimento nacional da Galiza, Catalunha e Euskal Herria como tais. Guilherme I não havia rejeitar a possibilidade de levar mais coroas. Mas não devemos criar falsas expectativas: o carlismo é muito, muito conservador, e sua moral e doutrina social estão inscritas no integralismo católico mais tridentino. E o crescente poder da reaccionária Igreja espanhola não pode ser ignorado.

No entanto, estamos ante uma grande oportunidade de melhorar nossa relação com o vizinho do Velho Mundo: os laços culturais e históricos, a queda do fascismo e, especialmente, a figura de Juan de Borbón-Parma, um alto aristócrata espanhol com tão fortes ligações com Athaulphia, são pontes de comunicação que não podemos desaproveitar. Com prudência e boa vontade, podemos criar acordos de boa vizinhança que levem, da mão de Athaulphia, a uma maior implicação portuguesa na comunidade internacional, abandonando o isolacionismo agressivo dos falangistas. Estamos perante uma nova era na monarquía ibérica que pode ser muito boa para Espanha, para Portugal, para Athaulphia e para o mundo.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Tensão no Mar Vermelho - Ténis - Fórmula 1

Mensagem  Athaulphia Sex Maio 14, 2010 6:42 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Tensão no Mar Vermelho

A nova situação de tensão internacional no canal de Suez está sendo acompanhada com grande inquietude em Athaulphia. Os interesses athaúlphicos na região estão ameaçados e os ambientes econômicos e políticos do país não falam de outra coisa.

Em Janeiro foi assinado um importante acordo econômico com Lapália, que incluia a entrada nos mercados lapalianos de empresas athaúlphicas dos setores da contrução, o transporte e o turismo para importantes projectos de obras públicas e complexos hoteleiros. Aliás, com esse acordo ficou constituída a SPACS (Sociedade de Participações Athaúlpicas no Canal de Suez), uma empresa mixta público-privada athaúlphica que adquiriu um 20% da SuezExplor (companhia lapaliana que explora o canal). A través da SPACS, Athaulphia contribui ao mantemento, ampliação e melhora do canal, obtendo como retribuição a isenção de taxas. Com este acordo nosso país impulsou as suas relações com Lapália, país considerado “muito interessante” pelos nossos investidores e governantes. Além disso, o governo athaúlphico mantinha avançadas negociações com a União Soviética para estabelecer um acordo comercial, que complementar-se-ia com o acordo com Lapália, para fortalecer o comércio e os investimentos athaúlphicos no exterior.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Recibimiento
Imagem do encontro do Presidente de Athaulphia com o Rei de Lapália, na recente Expo de Constantinopla, depois da assinatura do tratado athaúlphico-lapaliano

OOC: Lapália, peço desculpa, mas esqueci por completo que tinhamos pendente uma visita de Estado por este assunto. Quando isto acavar, espero poder faze-la.

No entanto, esta nova situação tensa entre os dois países do Oriente Médio ameaça sériamente estes planos: embora os bloqueios de Bab el Mandeb e Suez não afectar aos navios athaúlphicos, a possível corrida de ameaças e represálias pode fazer piorar a situação. Os distúrbios internos em Lapália também não contribuem à tranquilidade: multidões furiosas têm estado atacando injustamente a grupos políticos esquerdistas lapalianos como represália pelo bloqueio de Bab el Mandeb, enquanto os ataques verbáis entre os mídia lapalianos e da IS seguem medrando e a União Soviética ameaçou com um bloquieo geral, a todas as nações.

É lamentável que estes dois países se vejam arrastados pelas lutas absurdas entre a IS e a Entente, quando como vizinhos deveriam buscar o melhor entendimento entre eles, sem deixar-se influenciar por potências alheias”, lamenta o analista Armando Guerra: “a URS e os britânicos têm outros interesses e estão utilizando os soviéticos e lapalianos apenas como peões”, acrescenta. O Governo de Athaulphia vai tentar buscar uma mediação diplomática para solucionar este problema, contactando com os governos. A disputa pelas taxas do Canal de Suez não é nova e já houve estas situações o ano passado: “Athaulphia sempre reconheceu o dereito de Lapália a cobrar taxas, pois o canal custa dinheiro, é simples lógica. A diferença é que nós soubemos gerir melhor nosso uso do canal, mas também estamos pagando, com trabalho”, dizem na Conselheria de Economia.

Não se sabe ainda qué possibilidades há de obter uma solução, mas na Conselheria de Estado apontam à questão militar: “A URS alega que sua frota comercial não utiliça a rota de Suez e o Mediterráneo, e os portugueses prefirem contornar África em benefício de suas colônias, assim que a navegação comercial não é o problema. A questão é que a IS não quer navios militares da Entente passando pelo Mar Vermelho para ir ao Índico; a Entente não quer navios militares da IS passando pelo Mar Vermelho para ir ao Mediterráneo... é simples: desmilitarização do Mar Vermelho e que nenhum navio de guerra possa entrar nele”. A atenção da diplomacia e do mundo da economia de Athaulphia vai estar colocada neste assunto nos próximos días.


Ferreiro ganha o Open Nova Coruña

A Taça do Open Nova Coruña de Ténis ficou na casa, depois da vitória do athaúlphico Xoán Carlos Ferreiro na final contra o triestino Davydenko. Ferreiro confirmou seu grande momento com uma condundente vitória 3-0, conseguindo sua segunda taça do ano (a primeira foi a do Open de Praga) e a terceira para o ténis athaúlphico (junto com o Open de Pratzen ganhado por Carlos Moyá). Os tenistas de Athaulphia lideram assim o circuíto mundial, e esperam fazer um grande papel nos Jogos Olímpicos.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Roger-federer-australian-open-2007
Ferreiro celebra sua vitória em Nova Coruña


A Fórmula 1 chega a Athaulphia

E depois da fim do Open de ténis em Nova Coruña, começa um novo evento desportivo no país, em Barbis. Começa o Grande Prémio de Montemelón, a prova athaúlphica do Campeonato Mundial de Fórmula 1. Esta é a primeira competição internacional do motor que se celebra no nosso país. O circuito de Montemelón já está pronto para receber aos corredores e espectadores.

As expectativas da equipa athaúlphica Red Bull têm melhorado considerávelmente após as últimas corridas. Apessar de ter um começo discreto no mundial, os pilotos da Red Bull subiram posições e Xaime Arguelsuari conseguiu o segundo posto na última corrida, em Torino (URS), o que significou o primeiro pódium para um piloto athaúlphico. O outro piloto da equipe, o australiano Mark Webber, conseguiu uma destacável 4ª posição nos treino s livres de hoje. Os seguidores athaúlphicos esperam que a Red Bull faça uma boa actuação e consiga no minimo repetir pódium.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 4montmelo190208_g
Mark Webber hoje nos treinos em Montemelón


Revista de imprensa

Hoxe:
• Os soviéticos alinham plenamente com a IS e tensam a corda com a Entente.
• Perseguição à esquerda em Lapália: virada autoritária?
• Nova desestabilização em Trondheim Norte: perigo de invasão britânica pro-fascista.

O Correio:
• A US ameaça com o bloqueio total de Bab el Mandeb caso Lapália manter as taxas.
• A posição da US e a URS no Mar Vermelho põe esquerda lapaliana em sérios problemas.
• SpMky abandona a Entente com duras acusações contra britânicos e portugueses.

O Nacional:
• Os comunistas ameaçam ao mundo: fecharão o Mar Vermelho.
• Silêncio e covardia do governo Miranda ante a agressão soviética.
• É o momento de uma aliança ATE-Entente contra o perigo vermelho universal?

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Lapália Seg Maio 17, 2010 5:49 pm

Athaulphia escreveu:OOC: Lapália, peço desculpa, mas esqueci por completo que tinhamos pendente uma visita de Estado por este assunto. Quando isto acavar, espero poder faze-la.
ooc: Quando quiseres, estás à vontade.
Lapália
Lapália

Número de Mensagens : 1043
Data de inscrição : 23/10/2009

http://www.nationstates.net/nation=estados_cruzados

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty JOGOS OLÍMPICOS: acendido da tocha

Mensagem  Athaulphia Ter Jun 29, 2010 11:25 am

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

ESPECIAL JOGOS OLÍMPICOS
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logoathaulphpolis2010

O fogo olímpico já está aceso!

Já estamos no final da conta para atrás dos Jogos Olímpicos: a tocha olímpica já começou o seu percurso até Athaulphópolis, a onde chegará o dia da inauguração.

O fogo olímpico foi aceso numa cerimônia especial no antigo templo de Olimpia. A responsável do acendido foi a atleta athaúlphica Rosa Meire, que fora campiã mundial de maratona. Rosa, caracterizada como sacerdotisa grega, relembrando os antigos mitos gregos que deram origem aos jogos, achegou a primeira tocha a um espelho côncavo, onde foram os raios do sol os que prenderam o lume. A seguir entregou a tocha ao primeiro relevista, que começou a corrida de miles de quilómetros até a sé dos Jogos, Athaulphópolis.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Torch1992_6
O primeiro relevista recebe o fogo olímpico na cerimônia celebrada em Olimpia

A viagem da tocha

A chama dos jogos viajará em prácticamente todos os sistemas de transporte existentes. O principal vai ser em relevos entre atletas, corrida que vai ser feita por miles de voluntários de todo o mundo. Para salvar grandes distâncias por montanhas, mares e regiões impracticáveis, que não poderiam ser percorridas correndo, as tochas viajarão de carro, bicicleta, motocicleta, canoa, comboio, avião, helicóptero, barco e até de submarino, sempre portadas pelos atletas. As tochas olímpicas estão feitas de alumínio, pesam 1,2 quilos, midem 64 centímetros e levam um pequeno depósito de gás para manter aceso o lume, e os portadores poderão ficar com elas como lembrança.

Antes de chegar a Athaulphia a tocha atravesará vários dos países participantes, visitando as principais cidades para invitar aos participantes a segui-la até o Estadio Olímpico do Primeiro de Abril de Athaulphópolis. Está previsto que tras desse percorrido internacional a tocha chegue a Athaulphia a bordo de uma caravela, lembrando o descubrimento de Athaulphia. Uma vez desembarque em Athaulphópolis, fará um percurso por todo o país, visitando todas as capitais comarcais, para chegar finalmente ao estádio na noite da inauguração. Para aquela altura está prevista uma espectacular cerimônia que será transmitida para todo o mundo.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Cobi_barcelona92_dibujo
Cobi, a mascota dos jogos, levando a tocha numa imagem promocional

São miles os corredores que já estão trazendo a tocha para Athaulphia, onde tudo está pronto para receber os Jogos.

OOC: O PERCURSO DA TOCHA: seguindo a sugestão do URS, qualquer um de vocês que quiera que a tocha passe pelo seu país não tem mais do que postar no topic que criei para elo. Sei que o percurso que resulte pode ser muito absurdo (imaginem: de SpMky passa para a URS, a seguir vai a Lapália, depóis a Burgolávia, passa por Triestin, vai à FUS, depóis a Portugal, depóis a Kalmar, depóis à União Soviética e finalmente a Athaulphia), mas isso não se importa (neste RP o espaço e o tempo sempre foram muito relativos). Terão tempo para postar, até que os Jogos estejam para começar, altura na que postarei a chegada a Athaulphia.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Revista de imprensa - artigos de opinião

Mensagem  Athaulphia Seg Jul 12, 2010 1:50 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Revista de imprensa

Hoxe:
• Já restam poucos días para os Jogos Olímpicos: últimos preparativos.
• Misteriosa explosão em navio kalmarense: accidente? terrorismo? ataque militar?
• Condolências do Governo a Kalmar.
• O ditador lapaliano Carmona disfarza-se de “demócrata”.
• O Governo de Athaulphia poderia retirar o embaixador em Constantinopla em breve.
• Os britânicos, sem saida em Trondheim: desde Triestin à FUS, condenação mundial contra a agressão imperialista e fascista.

O Correio:
• Febre olímpica: os Jogos estão... quase.
• A explosão de um barco kalmarense na Guiana compromete gravemente a posição de Lapália.
• Kalmar abre uma investigação sobre a explosão.
• Fuga de Lapália: as empresas athaúlphicas recolhem, vendem e fogem da ditadura.
• Nova farsa eleitoral de Carmona
• A intervenção da FUS e Triestin provoca a retirada britânica de Nord Trondheim: dias contados para os nacionalistas.

O Nacional:
• O qué faz Scream_off? Inexplicável operação em Trondheim resulta em ajuda aos invasores comunas de Triestin.
• DOSSIER O NACIONAL: todo sobre os Jogos Olímpicos... e os socialistas do governo que se vão enriquecer com eles.
• Pressões comunistas contra Lapália: a IS prepara uma invassão ante a indiferença occidental.
• O governo de Miranda arruina as empresas athaúlphicas em Lapália pela sua política sectária pro-comunista.
• A torpe política internacional de Miranda poderia arruinar os Jogos Olímpicos.
• Escuro incidente com barco kalmarense: conspiração comunista para provocar uma guerra? Todas as claves numa investigação EXCLUSIVA de O Nacional.


Seleição de artigos de opinião na imprensa athaúlphica

Paródia de democracia – Carlos Arnau, no diário “Hoxe”
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Elecciones+golpistas

Com umas vergonhentas eleições desenhadas desde o poder, e um referendum que visa someter a votação o que são direitos e liberdades fundamentais de todo ser humano, a nova ditadura lapaliana de Óscar Carmona busca amanhã uma legitimação pseudo-democrática. O régime de Carmona semelha estar muito preocupado por oferecer uma imagem de aparente democracia para o exterior, mas seus esforços são totalmente inúteis. Como diz o provérbio, “ainda que a macaca vista de seda, fica sendo macaca”.

Ninguém no mundo duvida que amanhã perto do 90% dos lapalianos terão “votado”, e que com certeza perto de 80% deles “votarão” Carmona. Também sabemos que o pseudo-referendo dará uma esmagadora maioria a favor de ilegalizar os partidos da esquerda. Mas também ninguém no mundo vai acreditar nesses resultados.

Depois de ilegalizar partidos, perseguir opositores, suprimir a liberdade de expresão e de pensamento, ejercer violência contra os que pensam de outro jeito... Lapália quer aparentar “normalidade”, mas a “normalidade” apenas virá quando Carmona seja expulso do poder e julgado pelas suas acções. Sua tentativa de legitima-las pelas urnas demonstra que Carmona não é apenas tirânico e mentiroso: ele é também covarde, pois quer que seja o povo o que suporte responsabilidades que são exclusivas dele. Até qué ponto as outras autoridades do reino, nomeadamente o Rei João, compartilham essas responsabilidades, é uma coisa que não sabemos, mas a sua conformidade até hoje faz pensar que eles também deverão responder por isto.

O régime lapaliano adotou medidas, sob o pretexto do “votado pelo povo”, que lembram ao acontecido no Brasil do Norte: uma operação de autêntica depuração ideológica da população dirigida desde o poder, baseado em mentiras e nas fronteiras do crime de estado. E os disfarces que eles inventem não funcionam: Lapália já receveu condena da URS, duríssimas críticas de Centric e a retirada do embaixador scream_offense. O Governo Athaúlphico adiou sua condena até o límite do aceitável, para evitar problemas às empresas athaúlphicas, que fizeram uma forte aposta por Lapália.

Mas o ponto ao que se chegou já não permite mais hesitações: as empresas athaúlphicas têm abandonado o pais às pressas nos últimos meses e o Governo esgotou as possibilidades diplomáticas. É tempo de sanções e condenação internacional. Os lapalianos apostaram faz pouco tempo por uma apertura democrática liberal, que trouxe sucessos como a Expo e os acordos com Athaulphia. Mas agora, se os seus dirigentes, com o Rei João à cabeça, querem seguir o caminho do fascismo e virar em empestados mundiais, é com eles.
Meredith I, Cartright II – Armando Bulla, na revista “Crítica”
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Alicia-en-el-pais-de-las-maravillas-1
Cortem-lhe a cabeça!

Anos atrás, a coletiva paranóia enfermiça e obsesiva dos britânicos com o “inimigo comunista” (algúm deles viu alguma vez um comunista?) levou uma presidenta australiana (quando aquilo era uma república) à loucura total. Seu nome era Marie Cartright e ela estabeleceu uma ditadura policial, suprimiu liberdades, fez desaparecer cidadãos... até que a condenação internacional e o golpe de uns militares fartos acabou com aquela demência. Todos lembramos de aquilo.

Os sabios disseram que o homem é o único animal que tropeça duas vezes na mesma pedra. Mas eles não conheciam os australasianos (ou britânicos, ou peterandeses, sei lá): estes tropeçam vinte vezes na mesma pedra. Depois da extravagante e absurda restauração monárquica, eles volvem ter uma louca no topo do estado... com a diferença de que esta louca é inviolável, não tem responsabilidades exigíveis e seu poder é vitalício. Bom negócio eles fizeram!

Meredith era uma rica herdeira que vivia entre festas “posh” e tendas de moda cara, até que un dia um fato de incompetentes e inúteis políticos lhe ofereceu a coroa, como parte de um fantasioso plano de restauração imperial. Australásia estava apodrecida por dentro e eles decidiram... pinta-la de ouro por fóra. A coroa apertou-lhe os miolos e ela acavou acreditando realmente nos contos de fadas imperiais que os políticos cortesãos lhe venderam. Agora levou seu papel tão a sério que deu um golpe de estado...

Bem, isto não é exacto: seria um golpe de estado em qualquer pais civilizado e democrático, mas no Império Britânico, os miopes políticos que fizeram rainha à Meredith permitiram estas coisas na constituição. Assim, esta mulher, votada e elegida por apenas ela mesma, tem agora nas maõs, legalmente, todos os poderes do estado britânico. Viva a democrácia britânica!

Esta antiga “menina rica” liderou uma invasão atroz em Trondheim Norte: apoiou à escumalha fascista que queria “limpar” o pais de supostos comunas (esses que aparecem nos pesadelos da rainha), com a maior movilização militar britânica em muitas décadas. E com isto conseguiu o impossível: unir contra ela a Triestin e Scream_off... uma coligação que, caso ter seguido a Meredith adiante com o seu delírio imperial, teria levado o Império à maior derrota de todos os tempos, comparável à de Ulrich. Afinal, com a retirada, ela conseguiu a maior humiliação aos britânicos desde... desde que temos memória. Agora veremos se os brits recobram o senso comúm ou se querem seguir por este caminho a ningures pelo que os leva sua “rainha de corações”.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Ratificação do Tratado de Valtland - Tudo pronto para os JJOO

Mensagem  Athaulphia Qui Jul 15, 2010 1:13 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

A Xunta ratifica a refundação da Sociedade das Nações

A câmara parlamentar nacional vem de aprovar o Tratado de Valtland, que supõe uma profunda reforma da Sociedade das Nações.

O tratado foi assinado por Kalmar, SpMky, Chapim, a União Soviética, Lapália, Scream_off, Athaulphia, Burgolavia e a URS, e cria um Conselho de Segurança que deliberará sobre a tomada de acções para intervir em defesa da paz em caso de conflito. Este Conselho estará formado por cinco membros, três deles permanentes e dois rotativos. Os membros permanentes são as maiores potências militares assinantes: a URS, a FUS e Kalmar. Os primeiros membros rotativos serão Athaulphia e Burgolavia.

Com esta reforma busca-se dotar à SdN de verdadeira capacidade de intervenção ante os conflitos internacionais. Todos os grupos parlamentares apoiaram a reforma, embora houve críticas da esquerda e da dereita ao facto de estabelecer de facto duas categorías de países, com a existência de membros permanentes. Apessar disso, todos apoiaram o tratado, pois os críticos consideraram que, embora melhorável, o estabelecido é melhor do que havia. Por este consenso geral, não se prevé que a ratificação seja levada a referendo popular, com aconteceu com a ratificação do Tratado de Estocolmo.

Com a reforma da SdN, ficam no ar dúvidas sobre o papel do Secretário Geral. O actual secretário, o athaúlphico Domingos Vila, tem insinuado, sem concretizar ainda, que poderia deixar o posto a um novo secretário.


Tudo pronto para os Jogos Olímpicos em Athaulphópolis

Os últimos operários aínda estão dando pintura, mas já se pode dizer que a capital de Athaulphia está disposta para os Jogos.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Obras-estadio-30-6

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 3-11-alem

O Parque Olímpico de Athaulphópolis já tem as suas construcções prontas, e apenas restam os últimos trabalhos de preparação dos jardins e urbanização dos arredores. Neste Parque Olímpico estão o estádio principal, o Estádio Nacional do Primeiro de Abril (rebaptizado como Estádio Olímpico Primeiro de Abril), o Palácio dos Cinco Aneis (pavilhão para gimnástica e outros desportos indoor) e o Complexo dos Descubrimentos, com piscinas e instalações para desportos aquáticos.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 800px-BCN-EstadiOlimpic-4860
Vista aérea do Parque Olímpico

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Anella_olimpica_barcelona_GRAN
Os jardins do Parque Olímpico, com a nova torre de comunicações que emitirá as competições para o mundo

As restantes obras relacionadas com os jogos também estão já concluidas ou para concluir. Athaulphópolis já tem totalmente operativa a Estação Central Intermodal, que une os tránsitos de metro, comboios, eléctricos, autocarros, TGVs e o comboio especial de ligação com o aeroporto. As instalações desportivas existentes implicadas nos jogos (o Palácio Paco Paz, o Clube Náutico e o Campo Municipal de Tiro, emtre outras) foram renovados para o acontecimento. Infra-estructuras que afectam a todo o país, como o Aeroporto Internacional Plus Ultra e a rede de Alta Velocidade Ferroviária, beneficiaram-se do plano MIT (Melhora de Infra-estructuras Terrestres) e já estão operando ao 100%.

Em destaque, uma das grandes tranformações da cidade foi o nascimento do novo bairro da Vila Olímpica. Este novo complexo residencial foi criado para alojar aos milheiros de desportistas que vão participar nos jogos, além de pessoal asistente, directivos e jornalistas. A Vila Olímpica foi construida sobre umas antigas docas industriais abandonadas que foram recuperadas, constituindo uma das maiores obras de renovação urbana das últimas décadas. Depois dos jogos, o bairro pasará a ter uso residencial e disporá de um novo porto desportivo e muitos locais de ócio.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 OA_ES_090112009

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Olimpic
A Vila Olímpica

As restantes instalações nas sub-sés estão também prontas ou ao 99%, o que permitirá uma óptima inauguração, quando dentro de umas semanas chegue a tocha olímpica e comecem os Jogos.

Quanto aos cidadãos, todos os athaulphopolitanos estão absolutamente entusiásticos e as cores, os anéis olímpicos e o Cobi estão presentes em ruas, lojas, carros, escritórios, oficinas, aulas... o merchandising e a promoção dos Jogos invadiu o pais todo desde faz meses. Miles de athaúlphicos vão trabalhar como voluntários fazendo diversos trabalhos durante os Jogos (informação aos visitantes, tradução, ajuda em situações de emergência...)

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 8835907
Merchandising olímpico

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 5017803_l
O Estádio Olímpico Primeiro de Abril está quase...

OOC: exceto problemas de última hora, postarei a inauguração dos Jogos Olímpicos na Segunda (no máximo, na Terça, mas acho que poderei na Segunda). Tem sido um grande trabalho, e acho que esta cerimônia de inauguração vai ser a minha "obra mestra" do RP. Aliás, acho que depois dela não chegarei outra vez a esse nível de "esforço no RP". Depois da cerimônia o URS poderá começar a postar resultados das probas. Eu estarei de férias e acho que não estarei disponível para fazer a clausura até mediado Agosto, mas calculo que com todas as probas que há que fazer terei tempo.

Revista de imprensa

Hoxe:
• Athaulphópolis, pronta para os Jogos.
• Nasce a nova Sociedade das Nações, mais forte e resolutiva.
• Carmona escena sua nova comédia pseudo-eleitoral, enquanto Lapália fica isolada.

O Correio:
• A Xunta ratifica o Tratado de Valtland. Vila não confirma sua continuidade na SdN.
• Athaulphia retira o embaizador em Lapália: a ditadura de Carmona, sem volta atrás.
• Conta atrás para a inauguração dos Jogos Olímpicos.

O Nacional:
• Terá utilidade a SdN? A Xunta ratifica um tratado sem a assinatura de Portugal nem a Britânia.
• A incompetência do governo pode retrasar o comezo dos Jogos Olímpicos.
• O comunismo ilegalizado em Lapália por voto popular: quando a democracia SIM funciona.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Véspera dos JJOO - Carmona persegue muçulmanos

Mensagem  Athaulphia Dom Jul 18, 2010 2:49 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

A tocha olímpica já está em Athaulphia!

Já restam apenas horas para o começo dos Jogos Olímpicos e o fogo olímpico já está em Athaulphia. Depois do seu percorrido mundial, esta carreira de relevos vai fazer um percorrido por toda Athaulphia para terminar na cerimónia de inauguração, no Estádio Olímpico Primeiro de Abril de Athaulphópolis.

A tocha chegou a Athaulphópolis para começar o percorrido por todas as capitais de comarcas. Desde o aeroporto internacional Plus Ultra da capital, o percorrido pela Illanova será por Feijoo, Pimentel, Nova Coruña, Intherni, Bande, Fontao, Juanma, Cabaleiros e Rivendel. Na capital de Endore subirá a um avião especial para visitar a capital da Hinopia, Yahoy [Groenlandia], para seguir ao outro extremo do país, a tropical Acrofal, capital de Pruthea [Bermudas], e terminar na Península Auriense, em Muíños. Seguirá por Auria, Laias, Calvos e Xinzo, e seguirá de barco para passar por Maus de Salas e Melias, nas ilhas. O barco tocará a capital do Viguesado, Castelo.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 GaleriaCaneda
A tocha olímpica é levada pelas rúas de Bande

Em Castelo começará a última etapa de barco, subindo a tocha a uma reproducção de uma caravela na que chegará à capital e sé dos Jogos, Athaulphópolis, emulando o descubrimento do país. Na véspera da inauguração a tocha recorrerá toda a cidade, para terminar sua longa viagem no estádio olímpico, no lusco-fusco. Lá será acendido o caldeirão do fogo olímpico por um método que a organização ainda não desvelou, mas que promete ser espectacular.


Lapália persegue agora aos muçulmanos

Depois de ter agotado seus esforços em perseguir os opositores políticos, o ditador lapaliano Carmona iniciou uma nova campanha genocida: os cidadãos lapalianos de religião muçulmana forma desprovistos de todos seus dereitos políticos e civís por um novo decreto da infámia dos que vêm sendo havituais recentemente no país antano civilizado.

O decreto foi acompanhado por uma nova campanha propagandística de incitação ao ódio e a agitação de milhares de adeptos ao régime, o que faz temer por uma iminente campanha violenta contra os muçulmanos (despectivamente chamados “mouros” pelo governo). As organizações em defesa dos direitos humanos alertam sobre o perigo de um genocídio em Lapália.

O Governo de Athaulphia reiterou sua condenação ao régime carmonista e o seu ofrecimento de ajuda aos perseguidos. Aliás, em sua última sessão antes das férias, a Xunta aprovou uma declaração oficial no mesmo sentido e declarou Carmona como pessoa “non grata” em Athaulphia. Da-se a circunstância de que o Primeiro Ministro lapaliano tinha previsto estar presente na inauguração dos Jogos Olímpicos; se Carmona acode a Athaulphópolis, vai encontrar fortes manifestações contra ele (que já foram convocadas) e a indiferênça das autoridades locais, que não terão qualquer contacto protocolar com ele, recebendo o tratamento de um visitante qualquer. Ou pior: um grupo de organizações apressentou contra Carmona uma denúncia pelas suas violações dos dereitos humanos nos tribunais de Athaulphópolis, visando que se emita uma ordem de detenção, que poderia ser executada caso ele pisar território athaúlphico.


Revista de imprensa

Hoxe:
• Amanhã começam os Jogos Olímpicos.
• Os 5.000 atletas já estão na vila olímpica.
• Agora, os muçulmanos: o régime lapaliano lança outra campanha genocida.

O Correio:
• A tocha olímpica alumea Athaulphia: todas as imagens do percurso.
• Athaulphópolis é uma fortaleza: máxima segurança ante os Jogos.
• Lapália inicia uma nova perseguição anti-muçulmana, num clima de fanatismo religioso.

O Nacional:
• Kalmar recusa a SdN: novo fracaso de Vila e a IS.
• Crise de Lapália: Athaulphia perdeu 1000 milhões de patacos pela torpeza do governo Miranda.
• DEUS VULT! Milhares de católicos do mundo, pela defesa da Terra Santa ante a ameaça vermelha.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Revista de imprensa - Opinião

Mensagem  Athaulphia Dom Set 05, 2010 2:52 pm

Revista de imprensa

Hoxe:
• PÁNICO EM TRONDHEIM: bomba atómica? Os rumores desacreditam a intervenção triestina.
• A ATE mobiliza-se finalmente para asegurar a liberdade e a paz em Trondheim.
• Palestina pede ajuda internacional para organizar o referendo.
• A nova “cruzada” de Guilherme I, agora contra os bascos: limpeza étnica em Espanha.
• Vázquez anunciará as eleições depois dos Jogos Olímpicos.
• Sucesso de audiência dos Jogos Olímpicos, sem ter começado as probas de futebol e atletismo.

O Correio:
• O Governo duvida sobre a participação no referendo de Palestina.
• PALESTINA ÚLTIMA HORA: novo levantamento cruzado causa uma massacre.
• Trondheim: Triestin poderia usar a bomba atómica contra os nacionalistas já derrotados.
• Brutal repressão contra os bascos: as represálias governamentais multiplicam as vítimas.
• O Governo quer aproveitar os Jogos Olímpicos para a campanha eleitoral.
• Os “países pequenos” são a revelação dos Jogos Olímpicos.

O Nacional:
• Triestin vai usar bombas atómicas em Trondheim: o que Stalin não fez, Donets fará.
• A parcialidade de Miranda e Vázquez contra os cruzados invalida ao governo athaúlphico para organizar o referendo da Palestina.
• O governo espanhol responde com mão dura aos terroristas da ETA.
• As longas férias de Miranda: a inactividade do governo tem Athaulphia paralizada.
• O Presidente prevé convocar as eleições gerais depois dos Jogos Olímpicos, para aproveitar sua popularidade em favor do PDS.
• Jogos Olímpicos: toda a informação num dossier especial.


Opinião: artigo do jornalista Armando Bulla, em “Crítica”, semanário de actualidade.

Ibéria: onde tudo mudou para tudo seguir na mesma

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Hugh-Laurie.gif

Meses atrás, assistiamos a interessantes mudanças na política espanhola: a queda do falangismo abria um novo cenário de fim do fascismo em Espanha. O monarca Guilherme I nomeava vice-rei a Juan de Borbón-Parma, dirigente carlista criado no exílio em Athaulphia, e eram feitos grandes anúncios de liberalização política. Até se falou em reformas de tipo democrático e federalista e de um achegamento de Guilherme I à ATE (Juan de Borbón-Parma parecia ser o homem-clave: era suposto que ele tivesse aprendido qualquer coisa de liberdades e democracia no nosso país). Deste lado do Atlântico saudávamos a mudança, esperando que a Ibéria havia evolucionar para um estado liberal quase-democrático e quase-presentável ante as democracias do mundo (como era a Australasia, antes da ditadura da Meredith). Mas o tempo corre e isso não aconteceu. Aliás, os reinos de Guilherme I semelham ter tomado o caminho contrário: perguntem em Palestina ou em Euskadi.

De Palestina hoje temos nas notícias a criminosa “retirada” dos “cruzados”, aquela banda armada que invadiu aquela terra sob patrocínio da Igreja espanhola e o Monarca. Conscientes afinal da nula justificação da sua presença decidiram retirar... mas antes de o fazer lançaram um brutal e sanguinário ataque no país, sem mais objectivo que destruir e matar tudo o que colhesem por diante (não esqueçam que Portugal e Espanha se consideram a si próprias como “espalhadoras da civilização”). Depois deste assassínio covarde, os “cruzados” fugiram correndo a refugiarse nas saias de seu rei Guilherme, escondidos nas adegas de barcos mercantes, os valentes. O qué vai fazer Sua Majestade? Vai entregar esses delinqüentes às autoridades lapalianas para que paguem pelos seus crimes? Ou vai olhar para outro lado e recusar qualquer responsabilidade, como já fez outras vezes?

Porque não é a primeira vez que isto acontece: lembram da retirada do Sahara Occidental? Lembram das minas, das bombas, dos incêndios, da destruição gratuíta que os espanhois deixaram na sua retirada? Pois isso é o que os cruzados fizeram em Palestina. Naquela altura, o que fez o governo de Lisboa foi recusar toda responsabilidade: “aquilo foi coisa dos falangistas espanhois, uns malucos sobre os que Sua Majestade não tem apenas poder”... Mas agora? Por trás de quém se vai esconder Guilherme I para eludir sua culpabilidade? Não foi ele o que alentou a invassão cruzada? Não foi ele o que assumiu o título de “senhor feudal” daqueles piratas? Não foi ele o que os ajudou e defendeu em todo momento? Quem vai ser o bode expiatório desta vez? O defunto Adolfo I? Qualquer padrezeco iluminado dos cruzados? Os espanhois, antes falangistas, hoje carlistas, cujo teórico dirigente é Juan de Borbón-Parma?

E voltamos a Juan de Borbón-Parma. Depóis de muitos mêses, o qué aconteceu com ele? O homem emudeceu completamente! Depois de tomar posse do seu cargo de vice-rei das Espanhas (com grande festa) ninguém soube mais dele nem de seus projectos. Pensavamos que ele havia governar as Espanhas, mas Guilherme I nomeu um Primeiro Ministro para Espanha que, pelo visto, apenas responde ante ele. A posição de Juan de Borbón-Parma nem “simbólica” é: é simplesmente nula, depois de que o próprio Guilherme lhe tirasse, sem se aperceber, o poder e o mando supremo sobre os carlistas. Por baixo dele, agora temos o General Vidal, um militar da velha escola franquista cuja maior habilidade como “governante” é torturar, matar, perseguir, reprimir... en fim, um carniceiro enviado por Guilherme I a aniquilar os bascos. O qué diz Juan de Borbón? Nem sabemos. Mas... ele tem qualquer coisa a dizer?

No entanto, o carlismo, que prometía mais liberdade a uma “Espanha dos Povos” está ultrapassando os extremos aos que nem Franco nem a Falange se aproximaram nunca. O black-out informativo é total, mas quando os jornalistas e informadores são expulsos podem crer que não é para fazer uma festa. Contudo, temos informações através dos comunicados oficiais de Madrid e o que contam os bascos refugiados em SpMky. Qué acontece el Euskadi? O régime da “Espanha dos Povos” decidiu apagar um desses povos, o basco, chegando até níveis ridículos, como as petições feitas à UID (expulsão dos desportistas bascos e anulação das suas medalhas, a maior vergonha vista nos Jogos Olímpicos - ambas recusadas, obviamente). Mas o qué fizeram os infelizes bascos? Que há um grupo terrorista basco que matou centos? Então, por ventura todos os bascos são da ETA? Se ETA matou centos, quántos leva matados, entre bascos da ETA e bascos que não são da ETA, o governo de Madrid? O marcador é esmagador.

Estes são os resultados da virada espanhola, depois de a coroa ibérica “abandonar o fascismo”. Sim, eles estão invadindo países, estão cometendo um genocídio... mas, como eles dizem, não são fascistas, pah: Guilherme I e seus homens inventaram a maior extravagância política desde a monarquia da Meredith: o fascismo antifascista. Como ouvem: o gelado quente da política. O fascismo antifascista, actual régime de Espanha e Portugal (sob os nomes locais de “saudosismo” e “carlismo”, que apenas fazem diferença), está assente em dous pilares: o primeiro, uma retórica pela que contínuamente se lembra a luta de Portugal contra a ditadura de Ulrich, e se apresenta o régime de Lisboa como o maior baluarte contra o nazismo e monstruosidades similares. O outro é a práctica de um fascismo sem complexos, com o seu estado policial, sua falta de liberdades, até seus genocídios... mas sem o nome de fascismo.

A retórica anti-Ulrich serve para justificar-se ante o mundo: rara é a semana que não aparece algúm ministro de Guilherme I lembrando públicamente a luta contra Ulrich, e apresentando-a como justificação para qualquer atrocidade que eles façam: “pah, nossos avós lutaram contra o Ulrich, consequêntemente nós não somos fascistas... apessar de invadir países, aniquilar populações, oprimir o povo... aliás, nós podemos fazer todas essas coisas sem dar explicações, porque nossos avós lutaram contra o Ulrich.

O espantalho de Ulrich até serve para atacar aos inimigos do Reino: todos eles são assimilados a Ulrich, sem importar o absurda e injustificada que a comparação poda ser. As campanhas de propaganda feitas nesse sentido até fazem rir, como as feitas contra algum militar triestino (com um nível de argumentação próprio de um kindergarten) ou a acusação feita, com escaso sustento, de que os bascos são seguidores do nazismo de Ulrich (isto pode ser devido a que os militares espanhois, na sua proverbial ignorância, confundem o lauburu, antigo símbolo cultural basco que vem da antigüidade, com a esvástica nazista). Assim, com o pretexto de que seus antepassados lutaram contra um genocida e invasor de países, os dirigentes ibéricos podem dedicar-se alegremente ao genocídio e à invassão de países (e nem isto é exacto: Portugal lutou contra Ulrich, certo... mas a Espanha de Franco foi aliada de Ulrich).

Finalmente, nisto ficaram aquelas mudanças que nos fizeram pensar numa Ibéria moderna e liberal: pensavamos que viriam dereitos humanos, achegamento ao bloco democrático liberal ATE-OCDE, até eleições livres... mas em lugar disso vieram cruzadas medievais, repressão maior e teocrácia. Paralelamente à Británia da Meredith, na Ibéria “o futuro é ontem” e o “progresso” é voltar à Idade Média. Até qué ponto isto é atribuível à senilidade do monarca português nem sabemos, mas estamos certos de que o Reino de Portugal e Espanha perdeu a maior oportunidade em décadas para deixar de ser visto como o pior régime retrógrado do planeta. Mais sorte na próxima.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Portugal Dom Set 05, 2010 5:51 pm

OOC: A ETA em IC aqui é mesmo nacional-socialista, não é propaganda do regime e da Coroa é mesmo realidade... Wink

Quando a Guilherme I, só uma dica para uma crónica no futuro, o Infante Afonso (futuro Afonso VIII), tem ideais autoritários mesmo... Estado centralizado, hegemonia da Coroa, é literalmente um Césarista, o maior ídolo político dele é o falecido imperador Guilherme II da Alemanha... Guilherme I à beira dele é o super liberal mesmo! Smile

Por exemplo se estivesse no trono D. Afonso, neste momento Pierce Knight provavelmente ainda estaria no poder... Neste momento já haveria acordos com a ETA, os Bascos estariam com um quase regime no País Basco... Fora as alterações politicas. Mas ele ainda é novinho, só tem 18 anos...

_________________
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Britannia Dom Set 05, 2010 6:22 pm

[color=black]
IMPÉRIO BRITANICO
Reino Unido da Grã-Bretanha-Reino Unido da Australásia
Dieu et mon droit

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Foreign+office+logo

O governo de sua majestade deseja interpor um processo judicial nos tribunais Athaulphianos contra o semanário "Critica" pelo que considera ser um crime de difamação e injuria ao carácter não só do nosso estado, como de sua Majestade. Entendemos que a caracterização do Império como uma ditadura é completamente despropositado visto existirem eleições livres. A caracterização do Império como um estado medieval também é uma ofensa grave que denegride a nossa imagem como uma nação moderna.

O Império reconhece, e permite na sua nação, o completo exercício da liberdade de expressão. No entanto também reconhece que num estado de direito e ordem existe o direito reconhecido da defesa por meios legais de injurias e difamações, e como tal requisita humildemente a entrada deste caso em tribunal como Povo Britânico vs Semanário Critica e Armando Bulla.

Britannia
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 33
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

http://www.nationstates.net/greenaldia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Athaulphia Seg Set 06, 2010 2:01 am

OOC: sabia que isto havia acontecer antes ou despois... Twisted Evil

IC: Podem apresentar um processo no Julgado de Primeira Instância de Athaulphópolis, Secção 3ª (jurisdicção correspondente à sé do semanário "Crítica"), indicando os acusados, os presuntos delitos de que se acusa, os feitos denunciados (as frases presuntamente difamatórias publicadas), as probas que considerarem necessárias e as penas e/ou indenizações solicitadas.

OOC: o que não sei é onde colocar o topic: por ser un julgamento em tribunais de Athaulphia podia ir em "episódios de política interna", mas isto é externo; podia ir em "diplomácia", mas isto não é um acto diplomático, é um processo judicial... acho que secalhar o melhor lugar é "incidentes e conflictos". Pode ser o primeiro topic de "incidentes e conflictos" sem bombas nem aviões...

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Portugal Seg Set 06, 2010 12:16 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Cpiaderoleplayportugal


A Casa Real de Bragança deseja interpor um processo judicial nos tribunais Athaulphianos contra o semanário "Critica" pelo que considera ser um crime de difamação e injuria ao carácter de El Rei. A critica assenta em pressupostos falaciosos e apresenta ao público uma imagem deturpada de Sua Majestade.

No entanto também reconhece que num estado de direito e ordem existe o direito reconhecido da defesa por meios legais de injurias e difamações, e como tal requisita humildemente a entrada deste caso em tribunal como Sua Majestade El Rei D. Guilherme I vs Semanário Critica e Armando Bulla.


O Estado Português e Espanhol desejam interpor um processo judicial nos tribunais Athaulphianos contra o semanário "Critica" pelo que considera ser um crime de difamação e injuria ao carácter de El Rei, assim como a entidade colectiva que representam os Estados. A critica assenta em pressupostos falaciosos e apresenta ao público uma imagem fictícia de má índole, e bastante difamatória em relação aos povos ibéricos, como um povo de bárbaros costumes. Um dos princípios base que as democracias defendem e um "não a preconceito", e o Sr Bulla foi extremamente preoconceituoso.

No entanto também reconhece que num estado de direito e ordem existe o direito reconhecido da defesa por meios legais de injurias e difamações, e como tal requisita humildemente a entrada deste caso em tribunal como o Povo Espanhol e o Povo Português vs Semanário Critica e Armando Bulla.







_________________
SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Britannia Seg Set 06, 2010 3:02 pm

Athaulphia escreveu:OOC: sabia que isto havia acontecer antes ou despois... Twisted Evil

IC: Podem apresentar um processo no Julgado de Primeira Instância de Athaulphópolis, Secção 3ª (jurisdicção correspondente à sé do semanário "Crítica"), indicando os acusados, os presuntos delitos de que se acusa, os feitos denunciados (as frases presuntamente difamatórias publicadas), as probas que considerarem necessárias e as penas e/ou indenizações solicitadas.

OOC: o que não sei é onde colocar o topic: por ser un julgamento em tribunais de Athaulphia podia ir em "episódios de política interna", mas isto é externo; podia ir em "diplomácia", mas isto não é um acto diplomático, é um processo judicial... acho que secalhar o melhor lugar é "incidentes e conflictos". Pode ser o primeiro topic de "incidentes e conflictos" sem bombas nem aviões...
occ: Sim, isto acaba por ser um conflito pois uma nação estrangeira está a processar a tua imprensa, vamos a isso que esses teu jornalistas mentirosos tem de ser castigados!
Britannia
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 33
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

http://www.nationstates.net/greenaldia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty ESPECIAL: depois dos Jogos Olímpicos

Mensagem  Athaulphia Sab Nov 27, 2010 9:32 am

Depois dos Jogos Olímpicos: o sucesso desportivo de Athaulphia

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Barcelona27032007
Clique para acceder ao arquivo de transmisões dos Jogos Olímpicos

Foram 27 ouros, 18 pratas e 24 bronzes. Athaulphia terminou os seus Jogos Olímpicos com um total de 69 medalhas e numa excelente posição: terceiros, depois de Triestin (73 medalhas, 29 ouros) e a URS (71 medalhas, também 29 ouros). Athaulphia demonstrou que está (segue a estar) no topo do desporto mundial.

Por especialidades, os competidores de Athaulphia ganharam 15 medalhas em atletismo, 6 em ciclismo, 5 em natação, 5 em halterofilismo, 4 em ginástica, 4 em luta livre, 4 em esgrima, 3 em remo, 3 em boxe, 2 em ténis, 2 em ténis de mesa, 2 em judo, 2 em taekwondo, 1 em triatlo, 1 em saltos ornamentais, 1 em futebol, 1 em beisebol, 2 em basquetebol, 1 em andebol, 1 em voleibol de praia, 1 em vela, 1 em canoagem, 1 em tiro olímpico e 1 em tiro com arco.

A Conselheira de Cultura, Laura González, declarou numa entrevista sobre os resultados dos Jogos: "Estas quase tres semanas de desporto e desportividade demonstraram os grandes resultados do investimento athaúlphico em desporto e educação. Nos últimos anos têm crescido os equipamentos desportivos por todas as cidade e vilas do país, oferecendo aos cidadãos a possibilidade de manter-se em boa saúde física e mental, e transmitindo, especialmente às crianças, um modelo de valores de disciplina, esforço e colaboração fundamentais para o futuro".

Os nossos desportistas de ouro

Fazer uma lista completa dos desportistas athaúlphicos que trunfaram nestes Jogos seria até cansativo, mas sem restar valor a ninguém, devemos destacar as actuações mais marcantes e os nossos competidores mais premiados.

Carlota Castrelo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Carlota-castrejana

Medalha de ouro em salto triplo feminino e bronze em salto com vara, esta atleta polivalente nascida em Laias melhorou os seus resultados nos mundiais de atletismo de Roma e Athauphópolis.

Daniel de Miguel

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Richard%20Oribe%2003

Duas medalhas de ouro ganhou esta revelação dos nadadores athaúlphicos: 100 m costas e 200 m bruços. E este jovem noguerolés ainda pode chegar a mais nas próximas competições.

Xesús Carballo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Manupodium3

Sem dúvida a estrela da nossa representação foi o ginasta Xesús Carballo, o desportista athaúlphico com mais medalhas: 3 individuais (ouro em solo, ouro em trampolim e prata em competição geral) e uma com a equipa nacional (bronze). Este neocoruñés, nascido numa família de ginastas e com uma vida consagrada ao desporto, recolheu o fruto de muitos anos de trabalho e esforço.

Griselda Ares

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Andrea_Fuentes_muestra_medalla_plata

A athaúlphica com mais medalhas foi uma das competidoras mais seguidas e queridas pelo público: Griselda Ares. A nadadora de Rivendel conseguiu ouro em 200 m mariposa, bronze em 100 m livres e, com as suas colegas de equipa, prata em estafetas 4x100.

A equipa nacional de andebol masculino

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Seleccion20balonmano1

Os garotos do nosso andebol confirmaram que seguem a ser os melhores: chegaram aos Jogos Olímpicos como campeões do mundo e agora também são campeões olímpicos.

A equipa nacional de basquetebol feminino

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 20ptzkk

Também as nossas garotas do basquete demonstraram o seu nível e deram a grande surpresa, pois não estavam entre as favoritas. Este foi um sucesso para quebrar tópicos e conseguido com esforço e apessar das lesões.

... E o sucesso económico e social para Athaulphia

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Olympic-flag-and-flame-o

Os Jogos de Athaulphópolis têm sido a carta de apressentação internacional de Athaulphia. O país transmitiu uma imagen de dinamismo e modernidade decisiva para cimentar Athaulphia entre os países mais avançados e prósperos. A impecável organização e a excelente segurança deixou uma grande impressão no mundo. Com os Jogos aumentou significativamente o turismo, trazendo um aumento de ingressos, para a capital e para o país.

As infraestruturas e as dotações de Athaulphópolis melhoraram espetacularmente: o Aeroporto Plus Ultra de Athaulphópolis tem agora duas novas terminais; a cidade tem uma excelente Estação Central Intermodal e as conexões de alta velocidade ferroviária são um facto; a construção da Vila Olímpica recuperou um sector degradado da cidade para fazer dele o bairro mais moderno e com melhores serviços de Athaulphópolis; e a capital tem agora algumas das melhores instalações desportivas do mundo: o remodelado Estadio Primeiro de Abril, o Palácio dos Cinco Aneis, o Complexo dos Descubrimentos, o Pavilhão Paco Paz, o Porto Olímpico...

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Olimpic
A Vila Olímpica, com o seu porto desportivo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 800px-BCN-EstadiOlimpic-4860
O Parque Olímpico de Athaulphópolis, o maior complexo desportivo da nação

Segundo os relatórios finais do Comité Organizador, o orçamento total dos Jogos Olímpicos alcançou o 27.000 milhões de patacos (810 milhões de euros). Esse dinheiro provem da venda dos direitos de televisão (33%), doações de patrocinadores (30%), merchandising (17%), bilhetes (6%), licenças de direitos de imagem (3%) e financiamento público (11%). Segundo um estudo publicado por uma equipa das Universidades de Athaulphópolis, Nova Coruña e Auria, o impacto económico directo dos Jogos, desde que foram adjudicados, superou os 230.000 milhões de patacos (uns 7.000 milhões de euros). Com o efeito multiplicador das inversões o impacto pode chegar até os 600.000 milhões de patacos (18.000 de euros), durante 7 anos [estes dados todos sobre dinheiro são de Barcelona'92].

Isto engade-se à ilusão social que gerou um acontecimento de uma magnitude tal, un aspecto, sem dúvida importantíssimo, que vai além do económico. Já agora os níveis de confiança empresarial estão no máximo histórico e Athaulphia atrae visitantes e investidores como nunca. Com o sucesso dos Jogos, em poucas palavras, Athaulphia demonstrou que, apessar de ser um "país pequeno", é capaz de fazer “grandes coisas”, e agora recolhe os frutos.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Morreu Guilherme I - Começa a campanha das Eleições 2010

Mensagem  Athaulphia Qua Dez 15, 2010 5:45 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Morreu Guilherme I

O Rei de Portugal e as Espanhas, Guilherme I de Bragança, faleceu ontem em Braga, depois de uma longa doença. O seu reino declarou luto rigoroso enquanto prepara os funerais de estado, que terão lugar na mesma cidade de Braga. O Rei será sepultado na Sé Primaz Bracarense, conforme a sua última vontade.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Hugh-Laurie-Mr.-Palmer1
Retrato do Rei Guilherme I na altura da sua coroação

As mostras de dó se extendem por toda a Ibéria e colónias, ainda que algúns grupos opositores perseguidos pelo régime celebraram a morte do seu inimigo. Enquanto se preparam as exéquias, cresce a incerteza pelo rumo que vai tomar o Reino após a morte do seu monarca, bem conhecido porque que além de reinar, governava. Nas suas quase três décadas de reinado* Guilherme I afiançou a União Ibérica, fortaleceu o régime saudosista português, liquidou o falangismo, reconciliou-se com os carlistas espanhois e relançou a histórica aliança luso-britânica com o pacto da Entente, depois da ascensão ao poder de Meredith I.

Por outra parte, o seu reinado foi caracterizado pela política exterior agressiva por parte do estado espanhol e a negativa do Rei a asumir responsabilidades pelas acções dos seus subordinados Antonio Tejero, o Marquês de Calatrava ou o General Vidal, culpáveis de agressões e atrocidades em Escócia, Centroamérica, o Sahara, Palestina, o País Basco ou SpMky. Esta actitude gerou duras críticas ao Rei, nomeadamente na América do Norte e em Athaulphia.

O seu régime, clerical e ultraconservador, deu em várias ocasiões sinais de apertura liberalizadora (nomeadamente com a queda de Calatrava e a nomeação de Juan de Borbón-Parma como vice-rei das Espanhas), mas afinal não houve mudanças em eséncia e até o régime se endureceu, com a repressão aos bascos e a invasão de Palestina. Firme defensor do velho Império Português e do integralismo saudosista, também foi um dos piores inimigos do bloco comunista.

Nos últimos tempos a Coroa dos Bragança tinha focado os seus intereses no poder religioso, chegando a romper com o Vaticano e estabelecendo uma Igreja Católica autónoma ibérica com Papa em Toledo, de carácter tridentino e reaccionário e que reclama a legitimidade como Igreja autêntica. Também se tem observado um retraimento face à política exterior, depois das últimas aventuras da aliada britânica fracasadas em SpMky e Trondheim, e uma vontade de achegamento à ATE. Estas tentativas foram até hoje frustradas pelas política repressora e agressiva do régime ibérico.

O sucessor de Guilherme I vai ser o príncipe Afonso, que reinará sob o nome de Afonso VII [OOC: Não era Afonso VII o pai de Guilherme I? Não deveria ser este Afonso VIII? O novo Rei será Afonso VIII de Portugal e XIV de Espanha?], e cujas posturas políticas aínda não são bem conhecidas. É possível que o novo Rei mude as políticas do pai, mas isto é pouco provável, embora não poder saber-se nada com certeza por agora.

O Governo de Athaulphia transmitiu um telegrama de condolência à Casa de Bragança, sem fazer comentários de carácter político. Também de Athaulphia foram enviados outros pésames, nomeadamente o da Conferência Episcopal (apessar de que os obispos athaúlphicos não reconhecem o cisma toledano) e o do ex-Presidente Manuel Nazario, que na altura do seu governo foi grande aliado do Rei português. A morte de Guilherme I foi lamentada por colectivos ibéricos sediados em Athaulphia e indivíduos e organizações admiradores. Porém, outras organizações contrárias saudaram o acontecido como o fim de um ditador: um porta-voz de “Alternativa” declarou que “a morte de qualquer ser humano sempre é um facto triste, mas não se pode esquecer o mal que o tirano Guilherme de Bragança fez a tantas pessoas”. A Plataforma de Solidariedade com o Povo Basco até celebrou uma festa na sua sede de Nova Coruña.

Ainda não se sabe se haverá representação internacional no funeral. O Governo de Athaulphia ainda não recebeu qualquer convite oficial e o embaixador athaúlphico em Lisboa continua retirado desde o ataque a SpMky. Parece certa a presença de Manuel Nazario, bem a título pessoal como amigo e admirador do monarca falecido, bem como representante oficial do país pela súa condição de ex-Presidente.

*Na oficina de história o Nuno disse que Guilherme I sucedeu ao seu pai Afonso VII nos anos 80


Começou a campanha eleitoral

Já começou a campanha para as eleições à Xunta de Athaulphia do 19 de Dezembro [OOC: isto tinha que telo postado faz muitos días, mas com a viagem e tal... nem acredito que possa postar as eleições para esse día, mas pronto]. Estas são umas eleições nas que se esperam poucas surpresas e às que o governo actual do Partido Democrático Socialista chega com grande vantagem nas sondagens. Também há novos candidatos depois da retirada de algúns dirigentes históricos.

Pelo governante PDS repete como candidato o Chanceler Adolfo Miranda, que começou uma campanha eufórica na que os socialistas confiam em chegar à maioría absoluta (apessar de isto ser muito difícil com o sistema eleitoral vigente). Os socialistas chegam às eleições com uns bons resultados de gestão nestes anos: desemprego baixo, economia no máximo, ampliações de direitos e liberdades, infra-estruturas, reconhecimento internacional e até a grande vaza do sucesso na organização dos Jogos Olímpicos.

Apessar das fortes críticas que geraram no pasado as medidas econômicas liberais do governo, aconselhadas pela OCDE (com greves dos sindicatos e o rompimento da súa aliança com a coligação de esquerda “Alternativa”), os bons resultados são apressentados pelo PDS como a prova de que “fizemos o correcto”. Contudo, os socialistas reconhecem que foram necessários “muitos sacrifícios” e oferece aos eleitores um programa de medidas sociais e ambientalistas para “compensar” esses sacrifícios feitos a prol do crescimento econômico (algumas das quais já foram tomadas nos últimos meses).

O primeiro partido da oposição, a liberal-centrista União Democrática de Centro, reconhece o sucesso das políticas econômicas recentes fazendo-as próprias, pois quase todas as medidas liberalizadoras foram aprovadas na Xunta com o seu apoio, e moitas delas formavam parte do seu programa político. Contudo, a UDC assinala que o PDS não acredita nesta clase de políticas e adoptou-as forçado pelas circunstâncias e por seguir os conselhos da OCDE. A UDC considera que, conseguida uma boa situação econômica, o PDS tenta, por motivos ideológicos, voltar atrás na liberalização abandonando a “ortodoxia” econômica que deu bons frutos (como prova o programa de “compensação” dos socialistas). Portanto, a UDC considera que é necessária uma mudança para um governo realmente liberal que mantenha o caminho do crescemento. Esse é o eixo da campanha do candidato udecista, Rodrigo Muñiz, que confia em dar “mais outra surpresa” (depois de superar à APP nas anteriores eleições e converter-se no líder da oposição).

Acção Patriótica Popular, partido conservador do ex-Presidente Manuel Nazario, apressenta-se como “a única e verdadeira oposição”. APP foca as súas críticas ao governo na “degeneração moral da nação” provocada pelos socialistas, aos que acusa de políticas extremistas e radicais por medidas como o matrimônio homosexual, a lei de prazos do aborto, a despenalização do cultivo de marijuana para auto-consumo e outras moitas, que APP considera ataques à vida, à família, à liberdade religiosa e aos valores morais do país. APP resta valor aos sucessos econômicos recentes, considerando que o governo de Miranda “roubou idéias de outros” para obter resultados a qualquer preço, traindo aos seus supostos ideais e os seus votantes para manter-se no poder.

O candidato a Chanceler de APP não será nesta vez Manuel Nazario: Nazario, que mantém a liderança do partido, nomeou Eduardo Acebedo, o que foi o seu conselheiro de mais confiança, para ser cabeça dos conservadores nestas eleições. Nazario correrá pela Presidéncia da República nas eleições do ano próximo.

Também mudou o cartaz eleitoral na coligação de esquerdas “Alternativa”: o veterano Henrique Díaz, com 75 anos, reformou-se da política e deixou paso a Mayra Pimentel, a nova candidata à Chanceleria. Mayra Pimentel, de 38 anos, foi Conselheira do Bem-estar no Governo de Grande Coligação do Presidente Vázquez Valcárcel, é presidenta do Movimento pela Paz e a Liberdade e foi escolhida candidata numas eleições primárias celebradas em Outubro.

“Alternativa” acusa ao governo de ter traido aos seus votantes, adoptando uma política de dereitas que tem desprotegido aos trabalhadores, tem retrocedido no estado do bem-estar e tem perjudicado ao médio ambiente. “Alternativa” considera que Miranda e o PDS se renderam ao poder do capital, esquecendo as pessoas, e propõe um “viro à esquerda” que limite os excessos do neoliberalismo.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Candidatos2010
Os principais candidatos: de esquerda a dereita, Mayra Pimentel de “Alternativa”, Adolfo Miranda do PDS, Rodrigo Muñiz da UDC e Eduardo Acebedo de APP

Outros partidos minoritários extra-parlamentários começaram a campanha, como a FRPU-PCA(a), (Frente Revolucionária do Povo Unido - Partido Comunista de Athaulphia - autêntico), o partido religioso Comunhão Tradicionalista Católica, o neo-fascista Novo Movimento Nacional (que tem sido objecto de investigação policial por possíveis vinculações com grupos violentos) ou a candidatura anarquista (surprendente pelo rejeição anarquista às eleições “burguesas”) do movimento “N3” (“Nem deus, Nem pátria, Nem amo”). A nota de humor vem com a candidatura da cómica da televisão Carmen de Mairena.


Revista de imprensa

Hoxe:
• Começa a campanha eleitoral com clara vantagem para o PDS.
• Mayra Pimentel: a candidata mais jovem para presidir o governo.
• Morreu o polémico e controvertido Rei de Portugal.

O Correio:
• As eleições começam sem grandes surpresas.
• UDC confia em “dar volta” aos inquéritos.
• Faleceu o Rei de Portugal e Espanha.

O Nacional:
• Começa a corrida eleitoral chegará a recuperação do país?
• Eduardo Acebedo, a nova esperança da APP.
• ESPECIAL: Guilherme I o Grande, vida de um Estadista.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Debate eleitoral - Tragédia em Acádia - Inestabilidade na FUS

Mensagem  Athaulphia Sab Dez 18, 2010 6:55 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

ESPECIAL ELEIÇÕES
Debate eleitoral entre os quatro candidatos


Continua a campanha das eleições num clima de escasa mobilização e insistência dos partidos nas suas mensagens de sempre. Ontem foi celebrado o preceitual debate entre os candidatos das forças políticas representadas na Xunta, organizado pela Associação de Rádios e Televisões de Athaulphia, no Paraninfo da Universidade de Athaulphópolis. O debate foi moderado pelo presidente da Associação da Imprensa, Arsenio Ónega, foi cedido gratuitamente aos canais de rádio, TV e internet do país e do exterior.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Fernando-Onega
O moderador, Arsenio Ónega, no começo do debate

No debate eleitoral televisado desta semana, sem deixar de haver um tom de cordialidade, Muñiz declarou que o ciclo do PDS chega a sua fim, e que após as reformas dos últimos anos, chegou o momento de começar “um novo rumo”. “Com o acordo de PDS e UDC, e sob o conselho da OCDE, Athaulphia fez as mudanças liberalizadoras das que precisava para atingir os níveis de desenvolvimento e prosperidade aos que chegou”, declarou Muñiz na súa alocução final, “mas isto aconteceu de um jeito paradoxal: no governo estavam os que não acreditavam nessas reformas, e na oposição os que consideravamos que essa é a boa direcção. E agora o PDS dá mostra de querer voltar atrás. Portanto, se queremos manter os sucessos actuais, é necessário manter o rumo, e para isso devemos mudar o capitão deste barco”, rematou.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Ultima_visita_Florentino_Laporta
Saudo dos candidatos dos dois maiores partidos, Miranda do PDS e Muñiz da UDC, antes do começo

Por sua parte, o actual Chanceler, o socialista Miranda, defendeu a sua gestão recusando o que chamou “dogmatismo neoliberal dos centristas”: “a economia não é um fim em si mesma, mas é um medio para conseguir o melhor nível de vida para a maior parte da população”, declarou Miranda num momento do debate; “e apenas a PDS está disposto a fazer esforço econômico por uma parte e política social pela outra. O que oferecemos não é uma utopia, é possível e estamos a ve-lo”. Na sua mensagem final, Miranda resumiu a sua proposta para a nova legislatura: “Nestes últimos anos o povo de Athaulphia fez um grande esforço pela convergéncia com a Norteamérica, e sou consciente de que moitas medidas não foram populares. Mas é a minha intenção que os frutos do desenvolvimento econômico voltem ao povo através de amplos serviços públicos de qualidade, e não fiquem concentrados em poucas maõs, que é o que aconteceria de seguirmos de jeito integralista as doutrinas neoliberais. Aristóteles disse que no justo méio está a virtude; num mundo de dogmatismos capitalistas e comunistas, o PDS percura, e consegue, o melhor dos dois mundos, e por isso pedimos o seu voto”, concluiu.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Ana-Miranda
Mayra Pimentel, de “Alternativa”, num momento da sua intervenção

Mayra Pimentel, da coligação esquerdista-ambientalista “Alternativa”, duvidou dos projectos sociais do PDS, chamándo-os de “cosméticos”. Pimentel declarou que “Alternativa” é a única esquerda verdadeira de Athaulphia e que o PDS se rendeu aos mercados financeiros, colocando-os antes dos intereses dos cidadãos. “O senhor Miranda facilitou a demissão de trabalhadores; entregou às mãos privadas o espaço, os correios, as praias, as estradas...; fez recortes nas prestações sociais; facilitou o urbanismo especulativo e sem controlo; permitiu às empresas piorar as condições dos trabalhadores e as garantias dos consumidores; promoveu energias poluidoras e permitiu às indústrias contaminar mais; apoiou políticas e organizações de caracter belicista... e aínda se faz chamar 'socialista'?” Miranda respondeu que prácticamente tudo o enumerado por Pimentel já fora ou estava a ser corrigido e acusou-a de “demagógia manipuladora”, mas Pimentel declarou que “Alternativa” é a única garantia para os direitos das clases populares e do ambiénte, face aos “experimentos” do PDS e ao “capitalismo feroz” da dereita, “cujos nefastos resultados, em forma de injustiça social, exclusão e violéncia, estamos a ver nos vizinhos da FUS e Kalmar”.

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Losantos
Eduardo Acebedo sauda às cámaras antes do começo do debate

O candidato da APP e antigo conselheiro do ex-Presidente Nazario, Eduardo Acebedo, criticou por sua parte a “política das reviravoltas” do Chanceler Miranda: “com o senhor, os cidadãos não sabem qué governo nem qué política vão ter. Chegou ao governo prometendo o paraíso do socialismo e a liberdade, depois fez as políticas que antes atacava, e agora fala mais uma vez de política social... mas quém pode acreditar na sua palavra? Cómo sabemos o que há fazer depois? O senhor não tem credibilidade!”. Acebedo atacou também a “caréncia total de valores” dos socialistas, denunciando a “perseguição à Igreja, o ataque à vida e a destruição da família”, medidas com as que o governo tem feito “uma verdadeira jihad atea”. Acebedo também acusou a UDC de Muñiz de oportunismo e de ser uma falsa alternativa, e “Alternativa” de ser “os agentes do comunismo internacional em Athaulphia”. Por contra, apresentou à APP como o partido dos valores tradicionais, nacionais, liberais, cristãos, demócratas e capitalistas, e a única possibilidade para Athaulphia de volver ter “um governo a sério”.


Tragédia em Acádia: morrem o Rei e o Chanceler

Um terrível accidente de viação acabou com a vida do Rei Rodrigue IX de Acádia e do seu Chanceler, André Broussard. O reino ficou totalmente chocado perante tão terrível acontecimento, que o deixou sem cabeça política. O Presidente de Athaulphia e outros chefes de estado enviaram as suas condolências, enquanto se preparam os funerais de estado.

O Conselho de Ministros acadiano reuniu-se de emergência para garantir a estabilidade nesta situação e já nomeou o novo chefe de governo, que será o antigo e controvertido diplomata Georges Papa Andreu. Papa Andreu anunciou já à nação a continuidade do governo e a coroação imediata do herdeiro do trono. Apessar da tragédia e a situação de luto, o governo da Acádia esforçou-se em manter a normalidade no país.


Preocupação pela estabilidade em Scream_off e Kalmar

Medra a preocupação pela situação na FUS, que ameaça com propagar-se a Kalmar. A nação vizinha está sumida numa forte crise política depois de não haver acordo sobre os orçamentos federais, entre a maioria demócrata do Congresso e o Presidente, o republicano Logan. O orçamento elaborado pelos demócratas aumentava considerávelmente os investimentos do estado em educação, sanidade e ajudas sociais, mas o Presidente vetou-os por implicar aumento de impostos e défice. Os demócratas alegam que a recente eleição pelo povo de uma maioria demócrata no Congresso dá legitimidade a esta virada social, e que o Presidente deve aceitar os orçamentos, mas o executivo negou-se a levantar o veto e levou ao fechamento dos serviços federais, com a exceção dos serviços de segurança nacional.

Esta interrupção de serviços necessários para a população uniu-se aos problemas sociais do país vizinho, levando-o a uma situação de estouro violento. As privatizações, a supressão de serviços públicos como escolas e a caréncia de programas sociais alargaram as diferenças entre ricos e pobres e levaram milhões de screamoffenses à marginalidade, com a consequência da maior criminalidade. O desespero de miles de jovens das clases populares está na origem destes distúrbios, que estão sendo aproveitados pelos gangs criminosos, especialmente na cidade de Coruscant, epicentro da crise. A problemática social da FUS também se repete em Kalmar, onde já se têem reproducido situações semelhantes. Por agora, a resposta das autoridades a este grave problema, que tem a sua origem na injustiça social, tem sido exclusivamente policial.

A situação na FUS tem salpicado a campanha eleitoral athaúlphica, e todos os partidos comentaram o acontecido. A candidata de “Alternativa”, Mayra Pimentel, foi a mais explícita, acusando o “capitalismo desapiedado” de ser culpável da situação: “na FUS estamos a ver as consequências das políticas anti-sociais que anda a importar o PDS e que são o modelo da dereita. Os republicanos screamoffenses conseguiram grandes cifras e grandes lucros para as grandes empresas, afundando na miséria ao povo trabalhador. Agora vem os verdadeiros resultados dessas políticas suicidas”. Por sua parte, o Chanceler e candidato do PDS, Adolfo Miranda, lamentou o acontecido e criticou que “os excessos da des-regulação dos mercados tragam estas situações de desespero”. Mas Miranda assegurou que essas coisas não vão acontecer em Athaulphia: “os amplos serviços educativos, sanitários e de protecção social do nosso país, além do o justo reparto da riqueza que temos, são a nossa garantia contra a marginalidade e o crime”. A opositora UDC também lamentou o que está a acontecer, denunciando a presença de grupos criminosos que estão a favorecer e aproveitar a violéncia. APP acusou do acontecido a “agentes comunistas desestabilizadores”, e advertiu de que em Athaulphia também pode acontecer, “pela excessiva toleráncia do governo socialista com esse género de pessoas”.

Revista de imprensa

Hoxe:
• Recta final da campanha eleitoral: Miranda favorito para continuar como Chanceler.
• Cando uma sociedade diz “Chega!”: rebenta a marginação dos pobres na FUS.
• Rodrigue IX de Acádia morre de acidente.

O Correio:
• Miranda e Muñiz protagonizam o debate eleitoral. Quém será o seguinte Chanceler?
• Violéncia e tragédia nas ruas de Coruscant (FUS).
• Preocupação internacional pela estabilidade social na FUS e Kalmar.

O Nacional:

• PDS e UDC mal oferecem propostas necessárias para a nação no debate.
• Entrevista a Eduardo Acebedo: “Estou certo que APP recuperará posições”.
• Bandas criminosas de anarquistas e comunas semeiam o terror em Scream_off.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty ESCECIAL ELEIÇÕES: fim da campanha

Mensagem  Athaulphia Dom Dez 19, 2010 12:20 pm

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Logo_s10

Conclui a campanha eleitoral mais “rotineira” dos últimos anos

Rematou a campanha das eleições à Xunta de Athaulphia com poucas surpresas. Os candidatos e os partidos chegam ao dia das votações com os resultados quase previstos, pois as sondagens dos distintos mídia são muito próximas. Não se preve que as coisas mudem demassiado na composição da Xunta e tudo faz pensar que a aritmética parlamentaria em Athaulphia vai seguir como até hoje. No entanto, todos os partidos temem que esta situação poda fomentar a abstenção. Nesta campanha temos visto um oposição mais firme por parte da UDC. Rodrigo Muñiz, depois de cuatro anos de acordos de estado com os socialistas, apostou por apresentar-se como a alternativa de governo mais clara ao PDS de Miranda. Mas apessar de isso, é pouco provável que o governo mude, mas também é pouco provável que obtenha a maioria absoluta.

Adolfo Miranda (PDS): “Queremos uma maioría suficiente para concluir o trabalho”

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Cartelpds
Cartaz eleitoral do PDS com o lema da campanha socialista: “Athaulphia progride, venha conosco”

O actual Chanceler e candidato socialista, Adolfo Miranda, fechou a sua campaña num comício na Praça dos Jogos Olímpicos (o largo ante o Estádio Primeiro de Abril de Athaulphópolis), com apelos à maioria absoluta (50 escanos). Miranda fez um apelo contra a abstenção (a maior ameaça que o seu partido encara), pedindo aos votantes “uma maioría suficiente para continuar no caminho da prosperidade e a justiça social, para concluir o trabalho destes anos e consolidar o modelo de sociedade livre, justa e próspera que queremos”.

PROPOSTAS EM DESTAQUE:
• Reforçamento dos serviços públicos sanitários e educativos.
• Ajudas às pessoas em situação de dependência, suba das pensões.
• Papel mais activo na SdN e a ATE, com plena integração.
• Estudar a possível legalização das drogas brandas e da eutanásia.

Rodrigo Muñiz (UDC): “Chega um novo tempo, para o que são precissas novas soluções”

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Carteludc
Cartaz eleitoral da UDC com o seu lema de campanha: “Na boa direcção, vote UDC”

O candidato centrista Rodrigo Muñiz encerrou a campanha no Paço dos Desportos de Nova Coruña, pedindo a alternáncia no governo, segundo ele necessária no novo ciclo: “A Athaulphia de hoje não é a de faz quatro anos, e as reformas que, por força, com pouca vontade e continuas queixas, fez o PDS, precissam de um governo que acredite nelas. Os socialistas não acredita nestas políticas do sucesso, a UDC acredita e quer mante-las e alarga-las. Por isso, se quissermos seguir na boa direcção, é necessário um novo timoneiro”.

PROPOSTAS EM DESTAQUE:
• Privatização parcial da educação e a sanidade para maior eficácia dos recursos do Estado.
• Baixada de impostos e austeridade pública.
• Entrada plena na ATE e políticas de distenção internacional.
• Boa convivência com a Igreja, ensino de religião opcional.

Eduardo Acebedo (APP): “Há que limpar o país e devolve-lo a onde deve estar”

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Cartelapp
Cartaz eleitoral de APP com o lema dos conservadores: “Porque queremos um governo decente, porque queremos uma Athaulphia a sério, vote APP”

O candidato conservador Eduardo Acebedo terminou sua campanha no Auditório Municipal de Auria, onde reclamou o voto dos “athaúlphicos patriotas e de bem” para defender os valores tradicionais e a ortodoxia económica: “Neste tempo de ataques à vida e à família, e contra as tentações comunistas do PDS, o comunismo dos seus aliados verdi-vermelhos e o oportunismo sem valores dos chamados 'centristas', a APP é a única opção que defende o único modelo justo e válido, o capitalista, junto da cultura occidental e cristã que é base da nossa sociedade”.

PROPOSTAS EM DESTAQUE:
• Derogação do aborto e do matrimônio homossexual.
• Privatização de serviços sanitários e educativos e importante baixada de impostos.
• Endurecer o Código Penal.
• Reforçamento das Forças Armadas e achegamento ATE-Entente.

Mayra Pimentel (Alternativa): “Athaulphia precissa de um modelo social e econômico alternativo”

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Cartelalternativa
Cartaz eleitoral de “Alternativa” com o seu lema de campanha: “Uma outra Athaulphia é possível”

No seu último comício na Praça da República de Castelo, a candidata eco-socialista Mayra Pimentel pediu o voto “para que Athaulphia seja um país realmente justo, sem os abismos entre clases e a desesperança que vemos onde o capitalismo é aplicado a níveis extremos. Se não queremos um día ver Athaulphia como hoje vemos Coruscant, não há outro caminho que o de 'Alternativa'”. Pimentel acusou PDS, UDC e APP de compartilhar princípios econômicos e anti-sociais: “por um estado social forte, ecológico e pacifista, pedimos o vosso apoio”.

PROPOSTAS EM DESTAQUE:
• Sanidade, educação e aposentadorias totalmente estatais.
• Política ambientalista de obras públicas e energia, perseguição dos delitos ecológicos.
• Saída da ATE, revisão dos tratados da OCDE, achegamento à IS, pacifismo e anti-militarismo.
• Aborto livre, eutanásia, legalização de drogas brandas.

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Bahia Seg Dez 20, 2010 7:20 pm

O Governo do Brasil do Norte secretamente financia a campanha da APP, prevendo um melhor relacionamento entre os 2 países.
Bahia
Bahia

Número de Mensagens : 1291
Capital : Cidade Imperial de Salvador
Regime Politico : Monarquia
Chefe de Estado : Imperador Gabriel Bertochi
Data de inscrição : 17/12/2009

http://www.nationstates.net/nation=brasil_do_norte

Ir para o topo Ir para baixo

SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias - Página 3 Empty Re: SNN Athaulphia - Serviço Nacional de Notícias

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos