Comunidade NationStates Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

+4
Rokolev
Kalmar
Bahia
Brasil
8 participantes

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Saída da OTUP - Parlamento

Mensagem  Brasil Ter Jan 11, 2011 9:56 am

Era 5h00m de Sexta-feira, o Sol começava a imperar diante do alto do Planalto de Piratininga. Era mais um dia daqueles em que o Sol durante a Manhã seria um inferno e no fim da tarde aquela torrencial chuva, um dia típico de verão nos trópicos.

Já Havia trânsito nas principais artérias viárias de São Paulo. Mas no templo da Política desde os Rincões até o seio de Piratininga, ali estava o Parlamento de Piratininga. Sede do Congresso Nacional Paulista, o mais alto símbolo da representatividade popular.

Subiam na principal escadaria do edifício os Deputados e Senadores para a primeira sessão parlamentar do dia, a das 6h30m. E a discussão foi:
- Vamos saír ou não da OTUP? - indagou o Deputado Gilberto Kassab, líder do Democratas - O Povo paulista me procura nas ruas, me questiona, me repreende dizendo "Você vai ir lá dizer que nós não queremos mais ter que proteger essa Baianada". Ai o que eu digo pra eles? Falo que O Imperador quer manter as melhores relações possíveis com esses emboabas?

O Chanceler do Império, Alberto Goldman sendo conhecido pelo país afora que é um Otupcético subiu a tribuna e disse apresentando um papel:
- Eis aqui o Projeto de descompatibilização da Organização do Tratado dos Tupiniquins. Em São Paulo não tem Ladrão, em São Paulo não tem ditador, em São Paulo o que tem é Decência, é Democracia! VAMOS FAZER VALER A VONTADE DO NOSSO POVO! SAIAMOS DA OTUP!

No Ato o Chanceler foi ovacionado por seus colegas de parlamento e seguiu rumo à secretaria do parlamento aonde protocolou o projeto de descompatibilização da Organização do Tratado dos Tupiniquins.


Última edição por Império Brasileiro em Qua Dez 28, 2011 2:15 am, editado 1 vez(es)
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Um Novo ou Nova Chanceler para São Paulo

Mensagem  Brasil Qua Jan 26, 2011 4:02 pm

O Imperador reuniu-se com os seus conselheiros e chegou a uma decisão. O Parlamento não será fechado! Essa decisão alegrou a Frente de Esquerda Paulista que possui um número relevante de Senadores, mas assim como os demais partidos representados no Senado Imperial nenhum possui condições de elegerem sozinhos um candidato.

Os Líderes dos Partidos no Senado já apresentaram ao Imperador seus candidatos para que seja iniciado o "Grande Conselho da Federação" (Nome da Sessão solene que elege o Chanceler).

A Frente de Esquerda Paulista (FDP) apresentou junto com o Partido Verde (PV) o nome do sindicalista e ex-presidente do extinto Brasil, o Sr. Lula da Silva. Enquanto os Sociais-democratas apresentaram novamente o nome do senador Fernando Henrique Cardoso, porém sem a adesão da maioria dos senadores.

O Partido Bandeirante e o Partido Repúblicano Paulista, partido que juntos possuem a maioria das cadeiras mas com os votos de alguns dissidentes do SDP e do PV consegue eleger seu candidato, o populista e carismático Jânio Quadros.


Última edição por Império Brasileiro em Qua Dez 28, 2011 2:16 am, editado 1 vez(es)
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Brasil Sex Jan 28, 2011 9:02 pm

O País inteiro esperava, mas apenas o imperador não. Todos sabiam que os candidatos indicados primeiramente não passava de um modo de distrair o país das verdadeiras intenções, colocar duas raposas no páreo, os senadores Schönhausen e o Genro. Pela primeira vez o páreo está fora da província de São Paulo, será por dois interioranos, dois homens da política da lei e da ordem.

A Caserna está tranqüila, o povo também, o país está crescendo e solidificando novamente a sua cultura política de liberdade e democracia. Tanto Schönhausen quanto Genro, quem for eleito, nada mudará radicalmente.


Última edição por Império Brasileiro em Qua Dez 28, 2011 2:16 am, editado 1 vez(es)
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Bahia Ter Fev 01, 2011 10:34 am

o nome do sindicalista e ex-presidente do extinto Brasil, o Sr. Lula da Silva
ooc: Ele por acaso ressucitou? eu lembro que ele tinha sido condenado a morte no Brasil do Norte...
Bahia
Bahia

Número de Mensagens : 1291
Capital : Cidade Imperial de Salvador
Regime Politico : Monarquia
Chefe de Estado : Imperador Gabriel Bertochi
Data de inscrição : 17/12/2009

http://www.nationstates.net/nation=brasil_do_norte

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Brasil Ter Fev 01, 2011 11:51 am

OOC: Eu odeio ficar repetindo as coisas, já não disse que o bosta do Lula foi mandado para porra de uma Fazenda Penitenciária (Um Gulag moderno) e lá ficou até que foi inocentado (RECENTEMENTE PORRA!) e não quis ir como o resto da petralhada para a URS e resolveu ficar na porra de São Paulo.
Como ele então foi morrer na porra do Brasil do Norte se a minha história eu publiquei primeiro? E Como o Lula seria preso no NORDESTE se ele foi cercado em Brasília que fica no CENTRO-OESTE. É Igual falar que alguém que estava em Angola foi presa em Moscou! Não tem coerência.
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Árabes, Italianos e Alemães lutando por mais poder político

Mensagem  Brasil Dom Fev 06, 2011 8:01 pm

Árabes, Italianos e Alemães lutando por mais poder político

Os Árabes liderados pelo chanceler Afif, os Italianos liderados pelo senador Giancarlo Tedeschi e os alemães por Lucas Müller e pelo senador Thomas Schönhausen estavam procurando por mais poder político e mais 'destaque' social.

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina os Alemães e Italianos lutam pelo poder local, em São Paulo os Italianos e Àrabes, nos estados do centro-oeste (Goiás, Maracaju e Mato Grosso) reina a paz já no Rio de Janeiro há disputas entre Portugueses e Àrabes.

NO Rio Grande do Sul, alemães formaram uma "Brigada Expedicionária" para tomar o controle da província pelas armas e já marcham rumo à Porto Alegre, a capital da província. Em São Paulo todos os dias árabes e italianos entrincheiraram e dividiram o Vale do Anhangabaú ao meio entre o Centro Novo e Centro Velho e no Rio de Janeiro a briga é na base do taco de madeira e da pedra nas ruas do Saara, aonde comerciantes árabes e portugueses lutam pela hegemonia comercial e política da cidade. Uma guerra civil está se deflagrando por toda a nação, até nos mais inóspitos rincões os descendentes dos imigrantes que formaram a raça paulista estão lutando entre si, cada cidade é uma batalha, cada província é uma guerra.

A Força Pública se dividiu entre "alemães", "turcos" e "carcamanos" e estes também lutam entre si. O Imperador está prestes a abdicar devido a um sério problema de calculo renal e deixará o trono sem herdeiros. É a primeira crise verdadeiramente séria depois da instalação da monarquia, o país está quase iniciando-se uma séria guerra civil também.

E agora José? Como Ficará?
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Portugal Dom Fev 06, 2011 9:07 pm

Em Lisboa ninguém lhe agrada o pagode que se vive no Brasil. Desordem, é mau quer para o comércio português quer para os planos políticos portugueses para os "Brasis". A frota que estava a intimidar Santander em Gibraltar a render-se, deslocou-se até á costa de São Paulo, está nas imediações do rio de Janeiro.

Os super-Couraçados têm as peças apontadas sobre a cidade. Um comunicado é enviado por Cervera Valderrama ao Imperador em pessoa, o primeiro ministro pouco interessa no assunto.


Vossa alteza, o Reino, e vosso aliado El Rei D. Afonso XIV está ao vosso serviço, assim como o da ordem e disciplina. Requer-se que Vossa Alteza coloque ordem, seja porque meios sejam, caso contrário darei instruções a Lisboa para organizar um corpo expedicionário, e iniciarei bombardeamentos contra rebeldes.

Grande Almirante Cervera Valderrama

_________________
Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Recuperação da Ordem

Mensagem  Brasil Qui Mar 17, 2011 7:29 pm

Os Poderes Constitucionais de São Paulo voltaram a trabalhar normalmente. O Parlamento Imperial já foi reempossado, o Judiciário reaberto e o Executivo reeleito. Schonhausen, o líder da comunidade germânica recebeu o voto dos demais senadores.

Schonhausen, em sua primeira medida foi criar parceirias público-privadas para reconstruir a capital imperial que foi seriamente danificada com a III Guerra Civil, além de cobrar a dívida com Polesiania pelo apoio dado na fundação da monarquia com os devidos juros, o que deflagrou uma Guerra Civil em Polesiania, nas regiões que fazem fronteira com Burgolávia.

Outro plano de Schönhausen e que conta com apoio da Classe Média e da Classe Baixa do império, é a de fazer uma transição ordeira e pacífica para um regime repúblicano a nível federal com a monarquia respeitada dentro do estado de São Paulo já que este é o desejo dos paulistas, mas mesmo assim se mantendo como um estado federado ao império.


Assim, seria criado o "Estados Unidos do Brasil"e dentro desta desta união federal haveria o "Reino de Piratininga", um respeito à história daqueles que lutaram pela instalação da monarquia e a de um regime que mantivesse unido os estados do centro-sul Brasileiro.

Outra proposta de Schönhausen é a instalação de uma Monarquia Federal, a restauração do Império do Brasil mas ai neste caso há uma séria divisão entre os "Lusófilos" e os "Nacionalistas". Os Lusófilos defendem uma restauração da monarquia com uma união entre a casa de Bragança e a casa de Piratininga. Já os Nacionalistas defendem uma restauração do império do Brasil sem quaisquer ligação com Portugal, mas estes ultimos já defendem uma "europeização" do Império Brasileiro.
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Portugal Sex Mar 18, 2011 9:08 pm

A Coroa portuguesa patrocina a mais alto título as acções dos "Lusófilos"... Compreende-se, é importante ter Maximilien do lado de Portugal...

_________________
Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  URS Seg Mar 21, 2011 12:27 pm

São Paulo escreveu:
[b]Assim, seria criado o "Estados Unidos do Brasil"e dentro desta desta união federal haveria o "Reino de Piratininga", um respeito à história daqueles que lutaram pela instalação da monarquia e a de um regime que mantivesse unido os estados do centro-sul Brasileiro.

ooc: desculpa o ooc, mas podes explicar como isto funciona? Esse reino funciona politicamente à parte do resto da Federação? Os poderes do imperador aí são diferentes?
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Brasil Seg Mar 21, 2011 4:39 pm

ooc: Nuno não precisa pedir desculpas. É o seguinte, é como se fosse uma cantão confederado ao estilo da Suíça, só que oficialmente um estado federado.
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Portugal Seg Mar 21, 2011 5:09 pm

OOC: Nuno, ele quer um país do estilo do I Reich... Um império federal. É a mesma coisa que os Estados Unidos da América só que invês de ter um presidente tem um Imperador... Wink

_________________
Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Brasil Seg Mar 21, 2011 5:14 pm

OOC: Exatamente! cheers Mas no caso do Estados Unidos do Brazil a idéia é de criar um EUA mesclado com Suíça e Alemanha Federal.
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty A Grande Reforma Militar

Mensagem  Brasil Qua Mar 23, 2011 11:38 am

Há tempos os militares estavam pedindo uma reforma estrutural e administrativa nas forças armadas, um "enxugamento" da máquina pública.
Então os Comandantes das Forças Militares apresentaram ao Parlamento Imperial por intermédio do Chanceler Schönhausen a seguinte estrutura das forças armadas paulistas e das forças de segurança pública.

Subordinada ao Ministério da Segurança Nacional e Institucional:
- Força Pública (Polícias Militares Estaduais, Braços Autônomos da Guarda Bandeirante)
- Serviço de Segurança Nacional e Institucional (SSNI - Polícia Secreta e Política)
- Exército Constitucionalista (Força Armada da Província de São Paulo)

Subordinada ao Ministério da Guerra e Desenvolvimento Cívico:
- Guarda Bandeirante (Polícia Nacional)
- Exército Nacional
- Armada de Guerra
- Força Aérea Paulista
- Departamento de Informação e Contra-Informação (DICIFRA - Inteligência Interna e Externa)
* Em vermelho o que vai sofrer alterações.

Passa a ser então:

Forças Subordinadas ao Gabinete Militar Imperial diretamente (
Conhecido como Oberkomando ou GMI):
-
Exército Nacional
- Armada de Guerra
- Força Aérea
- Departamento Militar de Educação (Responsável pelos colégios militares)

Forças administradas pelo Departamento de Segurança Nacional (DSN) - Subordinado ao GMI:
- Força Pública Bandeirante (Passa a ser uma "gendarmeria" e polícia judiciária com jurisdição em todo o país. Resultado da Unificação da Guarda Bandeirante e das Forças Públicas estaduais)
-
Exército Constitucionalista (Passa a possir o estatuto de "polícia secreta e guarda da família imperial")
*Extinção dos Ministérios da Guerra e Desenvolvimento Cívico & Segurança Nacional e Institucional. Criação do Comando Militar Imperial, o GMI - Gab. Mil. Imp. e o status de autarquia do GMI, o DSN


Com esta medida aprovada pelo parlamento os ânimos militares se acalmam, deixando as Forças Armadas sem nenhum problema de insurgência contra a coroa e os interesses do povo.
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  URS Qui Mar 24, 2011 11:53 am

São Paulo escreveu:OOC: Exatamente! cheers Mas no caso do Estados Unidos do Brazil a idéia é de criar um EUA mesclado com Suíça e Alemanha Federal.

ooc: ok, obrigado pela explicação. Mas o tal Reino de Piratininga é um "estado" igual aos outros ou porque vive lá o Rei tem diferenças a algum nível?
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Portugal Qui Mar 24, 2011 1:20 pm

OOC: É como o Reino da Prússia no I Reich, nada mais é do que o Reino mais forte, e com mais prestígio... E o Reino cujo Rei é o chefe de estado do Império...

_________________
Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Brasil Ter Maio 17, 2011 11:43 am

URS escreveu:
São Paulo escreveu:OOC: Exatamente! cheers Mas no caso do Estados Unidos do Brazil a idéia é de criar um EUA mesclado com Suíça e Alemanha Federal.

ooc: ok, obrigado pela explicação. Mas o tal Reino de Piratininga é um "estado" igual aos outros ou porque vive lá o Rei tem diferenças a algum nível?

ooc: O Reino de Piratininga será um estado que possuirá certas regalias como, ter suas forças armadas, seu próprio regime político, poderão reger sua diplomacia como bem entenderem assim como caso queiram poderão aderir a qualquer orgão internacional sem intervenção do Chefe de Estado Imperial. A Única coisa que o mantém unido ao resto do Brasil é a Coroa Imperial, o Rei de São Paulo, detentor da Coroa Bandeirante é automáticamente Imperador do Brasil e possuem cidadania brasileira, tendo obrigações financeiras (impostos federais e 'estaduais') e obrigações político-eleitorais (perderão o direito de votar e de ter contas em bancos aqueles que se ausentarem dos pleitos eleitorais federais e estaduais).
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Portugal Ter Jun 14, 2011 6:50 pm

A Grã-Bretanha continua a ser extremamente criticada a nível da politica administrativa territorial. A América Britânica, que os portugueses vêm como um "fim de mundo governado por saloios", e os espanhóis como "escumalha agitadora", é alvo de criticas pelas extensas regalias que tem. Para o espanhol ou português, a América Britânica não passa de uma mera colónia inglesa, e não se compreende o porquê de tanto poder. Para a cabeça de um ibérico, habituado a que as colónias sejam governadas a ferro e fogo pela metrópole a "América Britânica" é um "aborto administrativo". O status máximo que um ibérico dá a uma colónia é mesmo Vice-Reinado e nada de mais, e mesmo assim o Vice-Rei deve total e cega obediência á coroa, isto senão também ao governo. Culturalmente, pode-se dizer que a América, e a "cultura yankee" não tem impacto nenhum nos países ibéricos, pois consideram-na coisa "kitch", rude, e parola, uma degeneração completa da refinada cultura britânica. Talvez o que mais fama tenha tido o americano na ibéria foi o armamento, que ainda anda em uso pelos exércitos reais. Mas para o comum português, ou mesmo espanhol, o armamento americano é bom e fiável "porque aquilo é uma selvajaria, e as pessoas têm que se defender dos animais!", uma explicação com lógica na cabeça de um português ou espanhol. Apesar de tudo, são tidos como "parolos ricos" e o português, ou espanhol por vezes ruma para essas bandas quando quer emigrar para as Américas, mas nada se compara a emigração para o Brasil, Bahia ou Ibelinia... Ou até mesmo outrora para a Burgulávia, tida como a "Suiça" da América.

Enquanto isso os espanhois permanecem com a cisma aos americanos, decorrente da "Guerra Hispano-Americana", e da perda de Cuba, ilha com um significado quase místico e esotérico para o sentimento imperial espanhol, pois foi aí que Colombo colocou pé nas Índias Ocidentais pela primeira vez, e daí Espanha foi grande e libertou-se para sempre dos grilhões que a prendiam á Idade Média, precipitando-se na Modernidade como um estado imperial. Quanto á Flórida, Texas, e Califórnia... São memórias vagas da independência ocorrida no século XIX. E mesmo na altura aquilo era considerado "uma pilha de pedras estéril".

_________________
Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Britannia Ter Jun 14, 2011 7:10 pm

occ: Ainda não tive tempo de descrever, mas o Nordeste Americano é basicamente igual ao Reino Unido, ou ao Canadá, o que faz sentido tendo em conta mais de 200 anos de presença continua Britânica, são neste mundo mais o centro do mundo Britânico do que a própria Grã-Bretanha, que é mais uma colónia Americana que o inverso (nem a Rainha vive em Inglaterra) quem vai ser mais Yankee são o sul e o oeste, mas eu vou desenvolvendo.
Britannia
Britannia

Número de Mensagens : 7778
Idade : 33
Capital : Camelot
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Interregno
Data de inscrição : 31/07/2008

http://www.nationstates.net/greenaldia

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Portugal Qua Jun 15, 2011 6:15 pm

OOC: Porra enganei-me no sitio! Alguém da pa transferir para o meu tópico? Sad


Peter, é a visão ibérica, tem tanto de preconceito quanto de real Wink

_________________
Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Conselho dos Bandeirantes e a reformulação do executivo

Mensagem  Brasil Sab Fev 04, 2012 6:08 pm

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Alesp

Na Assembleia de Estado do Conselho dos Bandeirantes, conhecido popularmente como Assembleia Legislativa, os deputados paulistas resolveram reformular o executivo paulista. A Figura do Alto Comissário, chefe de governo com funções estatais e nomeado pelo Rei é extinta e entra no lugar a velha figura do "Presidente do Estado" que vem da época da I Republica Brasileira (1889 ~ 1930), em que a nação tinha um amplo federalismo e que São Paulo dominava o cenário político nacional e não apenas o econômico.

O Presidente passa a ser diretamente pelo povo, por meio do sufrágio eleitoral ou seja, São Paulo passa a ser uma república presidencialista com um rei apenas de figura decorativa. Os Republicanos (Partido Republicano Paulista), os Bandeirantes (Partido Bandeirante) e os Constitucionalistas (Partido Constitucionalista) aceitaram a proposta, que foi passada pelo plenário do Conselho dos Bandeirantes em maioria simples. O Presidente do Partido Bandeirante, Paulo Botelho da Silva Leme disse à imprensa que em seu partido haverá prévias para definir quem será o candidato presidencial bandeirante, os Republicanos, os Constitucionalistas e os Separatistas (Partido Independente Nove de Julho) para não ficarem vistos pelo eleitorado como "Retrógrados" resolveram aderir à 'Maré Prévias'.
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty A Recepção Oficial de Maximilien

Mensagem  Brasil Dom Fev 05, 2012 2:03 pm

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Mosteiro
Trono Real de São Paulo e os bispos de São Paulo

Maximilien após todo o tumulto ocasionado pela falta de comunicação (Vide em: https://nsportugal.forumeiros.com/t1526p105-radio-e-televisao-nove-de-julho-rt9#67704) é recebido com as pompas oficiais como Rei e Soberano de São Paulo na Igreja de São Bento, no centro paulistano. Em seu trono, com apenas a presença apenas das mais altas autoridades políticas e militares ele iniciou seu pronunciamento real:

Senhores, a minha função sempre foi meramente representativa em São Paulo, nós paulistas, nunca aceitamos uma coroa a nos conduzir desde que não fosse de algum de nós, nossa pátria, a pátria bandeirante, fora sempre subjulgada pelos poderes ora de Salvador, durante a era colonial, ora pelo Rio de Janeiro, durante a era nacional imperial e republicana e finalmente, sob os mandos e desmandos de Brasília desde a década de 1950.

Nós, paulistas, sempre ficamos com o poderio financeiro da nação, mas agora, senhores, estamos também com o poderio político, sob minhas mãos por lei, mas nosso, paulista, por direito.

Agora vos questiono, é de fato a república que vocês querem? Querem de volta que nossa raça, nosso pobre povo seja subjugado pelos coronéis e capitães das Minas Gerais? Se for isso, meus parabéns, sigam adiante!

Admiro o posicionamento do Conselho dos Bandeirantes, em especial de sua Assembleia Legislativa, em retornar com as velhas tradições de nossa terra, cito com clareza o retorno da figura do Presidente do Estado (http://pt.wikipedia.org/wiki/Presidente_de_prov%C3%ADncia) e por inclusive por terem respeitado minha posição de Rei e Soberano de Piratininga, mas não se esqueçam da Constituição, nela, aprovada por plebiscito, diz claramente: Cabe exclusivamente a Sua Majestade Real e Imperial, O Rei de São Paulo, detentor do trono dos Bandeirantes chefiar os negócios nacionais de estado, salvo quando ele assim delegar a outrem.

Espero que tenham ciência de tudo que estejam fazendo, pois caso necessário, invocarei as forças armadas para que restituam a ordem política em São Paulo, estou cansado de "golpinhos de estado" ou de conchavos, que Nossa Senhora de Aparecida, protetora de São Paulo e do Brasil nos protejam.

Maximilien se levantou, com a coroa em sua cabeça e com o cetro imperial, dirigiu-se à sacada do Mosteiro de São Bento, acompanhado da bandeira de São Paulo e a do Brasil, e saudou ao povo. Após a recepção oficial, já beirando a meia-noite, ligou para o Marechal di Paola e convocou uma reunião imediata com ele e os líderes dos partidos políticos paulistas, como de praxe em suas visitas regadas ao seu personalismo e seu legalismo extremo.

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 08_PVG_sp_mosteirosacada
Agentes do Serviço Reservado da Força Pública verificam segurança da sacada quatrocentona
Brasil
Brasil

Número de Mensagens : 961
Idade : 27
Capital : Brasília (Brasil) e São Paulo (SP)
Regime Politico : Monarquia Constitucional Parlamentar / República Presidencialista Aristocrática (São Paulo)
Chefe de Estado : SMI&R. Imperador Maximilien I do Brasil e de São Paulo
Data de inscrição : 29/09/2010

http://www.nationstates.net/nation=SPaulo

Ir para o topo Ir para baixo

Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo - Página 2 Empty Re: Política Interna, Palacianas e Intrigas de São Paulo

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos