Comunidade NationStates Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Operação "Espingarda da Paz"

+12
Montávia
SpMky
União Soviética
Bahia
Burgolavia
Kalmar
Portugal
Rokolev
Britannia
Scream_off
URS
Triestin
16 participantes

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Ter Mar 01, 2011 10:21 pm

O Comando Militar emite as seguintes exigências a Triestin para aceitar o cessar-fogo e as negociações:

- O Exército Vermelho deverá recuar até 200km para o interior do seu território;
- As regiões ocupadas pela URS e pela União Soviética deverão permanecer temporariamente ocupadas até ao final das negociações;
- Nenhum navio militar triestino deverá deixar os portos;
- Nenhuma aeronave militar triestina deverá levantar voo;
- Qualquer movimentação de tropas no interior de Triestin porá fim ao cessar-fogo;
- O General Donets deverá ser entregue à URS.

Se estas condições forem cumpridas, o Presidente Borisov será recebido em Valtland por representantes da URS, Burgolavia, União Soviética e SpMky para negociar as condições para por um fim ao conflito.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Burgolavia Qua Mar 09, 2011 11:28 am

O Presidente nem queria acreditar na sorte que poderia ter, a guerra podia terminar sem uma única baixa burgolava nem um tiro disparado por um soldado seu. A hipótese de transporte massivo de tropas é cada vez mais remota e as duas frotas permanecem em alerta nos portos da URS.

A única espinha entalada na garganta do Congresso e do Governo era Timor, e já tinha fica explicito à URS que a Burgolavia tem pretensões bem fortes de libertar Timor de Triestin e tentar tornar a ilha num estado burgolavo. Era algo arriscado e teria que ser feito democraticamente junto dos habitantes da ilha, mas era acima de tudo uma demonstração de força aos britânicos, que quer quisessem quer não, teriam que encarar a Burgolavia como uma força impossível de ignorar no pacífico sul.
Burgolavia
Burgolavia
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 568
Capital : Praga
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Domingos Cardozo
Data de inscrição : 23/10/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Triestin Ter Mar 15, 2011 7:27 pm

URS escreveu:O Comando Militar emite as seguintes exigências a Triestin para aceitar o cessar-fogo e as negociações:

- O Exército Vermelho deverá recuar até 200km para o interior do seu território;
- As regiões ocupadas pela URS e pela União Soviética deverão permanecer temporariamente ocupadas até ao final das negociações;
- Nenhum navio militar triestino deverá deixar os portos;
- Nenhuma aeronave militar triestina deverá levantar voo;
- Qualquer movimentação de tropas no interior de Triestin porá fim ao cessar-fogo;
- O General Donets deverá ser entregue à URS.

Se estas condições forem cumpridas, o Presidente Borisov será recebido em Valtland por representantes da URS, Burgolavia, União Soviética e SpMky para negociar as condições para por um fim ao conflito.


Borisov sabe que neste momento não tem espaço de manobra. É necessário impedir mais avanços dos exércitos estrangeiros e envia um telegrama aceitando as condições impostas e declarando a sua disponibilidade imediata para viajar para Valtland para negociar os termos da paz. (ooc: abre na diplomacia).

Donets está detido e é proposto à URS que seja transferido para Treviso em segredo, onde permanecerá sob custódia da URS.

No terreno as tropas triestinas começam a recuar para estabelecer o espaço de 200km imposto e cessam todas as actividades do Exército Vermelho. Os generais tomam estas acções num clima de grande frustração.

Já a população recebe as notícias com alívio mas com apreensão em relação ao que os espera. Apesar da propaganda, a maioria sabe que Triestin foi o agressor e esperam-se exigências de pagamentos elevados por parte dos países que luitaram contra a nação, o que pode dar origem a anos dificeis para o povo.
Triestin
Triestin
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 981
Capital : Moscovo
Regime Politico : Marxismo-Leninismo
Chefe de Estado : Viacheslav Borisov
Data de inscrição : 20/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Qui Mar 17, 2011 10:52 am

O Comando Militar e o Conselho respiram de alívio, mas no terreno continua tudo como se a guerra estivesse a decorrer, com todos os sistemas de defesa em alerta máximo, com os mísseis apontados aos principais alvos triestinos e com movimentações de tropa dentro de território inimigo, perto da fronteira. Também são efectuados voos regulares junto da fronteira e os satélites tentam captar qualquer movimento das forças militares inimigas. Qualquer movimentação suspeita ou acto hostil colocarão um ponto final no cessar-fogo e negociações.

É pedido aos aliados da União que também continuem alerta e a actuar no sentido de preparar novas ofensivas caso seja necessário.

O Exército Vermelho recebe autorização para um voo militar em direcção a Treviso para transportar o General Donets. Em Valtland aguarda-se a chegada de Borisov e o Conselho prepara-se para fazer exigências nada simpáticas a Triestin. Terá que ficar claro para futuros governos triestinos ou de outros países que uma guerra com a União implicará consequências graves.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 090727picturepast--124758188409321100

Na frente de batalha os soldados aproveitam para relaxar, apesar de apenas psicologicamente, pois as operações mantém-se activas. São fornecidos alguns mantimentos e ajuda médica a militares e civis triestinos apanhados nas zonas controladas. Numa manobra talvez um pouco arriscada o Comando Militar dá ordem a que se libertem cerca de 20.000 soldados do Exército Vermelho feitos prisioneiros, ao mesmo tempo que é transmitida a mensagem via rádio que a União não deseja combater ou aprisionar os seus irmãos triestinos e que apenas os agentes políticos e oficias militares de alta-patente são inimigos da URS, o povo stariano e triestino deve permanecer de mãos dadas nesta altura difícil.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Burgolavia Sex Mar 18, 2011 12:26 pm

Apesar dos apelos da URS para não relaxar ou facilitar no que quer que fosse, a situação na América do Sul está cada vez mais delicada e é decidido retirar uma das frotas na Ásia de regresso à costa sul-americana.

Existe uma grande confiança de que o conflito terminou e que Borisov terá o bom senso de aceitar as responsabilidades pelo que o seu país fez. O Governo Federal concentra-se agora nos eventos na Polesania e na fronteira com São Paulo.
Burgolavia
Burgolavia
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 568
Capital : Praga
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Domingos Cardozo
Data de inscrição : 23/10/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Portugal Sex Mar 18, 2011 9:14 pm

A Armada das Índias, agora integralmente reapetrechada com navios novos, e de boa tecnologia, faz uma ronda ao largo de Timor... São manobras de intimidação para com navios burgulavos. Ao que parece D. Afonso Vilhena não gosta da cobiça burgulava sobre Timor... E se é para ficar alguém, mais vale Triestin, que o Vice Reinado "já sabe o que a casa gasta"...

_________________
Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  União Soviética Ter Mar 29, 2011 11:07 am

Os soldados soviéticos sentem algum alívio pelo fim dos combates, mas como o velho ditado diz, "até ao lavar dos cestos é vindima" e por isso enquanto o acordo de paz não estiver assinado por todos, as comunas estão em guerra e o exército em alerta máximo.
União Soviética
União Soviética

Número de Mensagens : 363
Capital : Istaan
Regime Politico : anarco-comunismo
Chefe de Estado : Mihail Samsa
Data de inscrição : 19/03/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Triestin Qui Abr 07, 2011 11:48 am

No território continental da República o Exército Vermelho obedece escrupulosamente às obrigações do cessa-fogo enquanto decorrem as negociações de paz. Já nos territórios periféricos, as coisas são diferentes e a derrota de Triestin dá origem ao caos em termos políticos e militares.



Brasil
Na pequena República do Novo Brasil, apenas uma divisão pouco numerosa do Exército Vermelho estava na capital e assim que Moscovo aceita o cessar-fogo, dezenas de milicias atacam estes militares, sendo que a oposição exige a retirada das mesmas e a queda do governo fantoche instalado por Moscovo. O general presente no Brasil dá ordem de retirada do território e o poder cai no vazio, com diversas facções da oposição e reclamarem o poder, enquanto o governo fantoche tenta resistir com as poucas forças militares que ainda controla, compostas exclusivamente por brasileiros comunistas.



Arménia
É permitido aos soviéticos entrar no território, que passam a controlar efectivamente o mesmo. As 3 divisões do Exército Vermelho ai estacionadas pedem autorização para regressar a Triestin.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 8+British+troops+captured+in+Libya+a
Soldados triestinos em campos de detenção controlados pela União Soviética



Timor
Sem presença militar significativa na ilha, o governador decide fugir da ilha antes que algo dê para o torto para o seu lado. Com o vazio de poder, o vice-governador assume a liderança e declara lei marcial. No entanto a oposição socialista pró-URS sai das sombras e ataca os portos, passando a controlar a pouca marinha ainda existente. No interior da ilha, grupos nativos católicos pró-Portugal também aproveitam a aoportunidade para formar milicias e controlar algumas plantações e vilas importantes do interior.

Precisamente no mesmo dia Emer Bartson, líder do Movimento Reformador Socialista declara Timor independente de Triestin e pede uma audiência com o Conselho da URS, e Vivaldo Menezes, líder das guerrilhas católicas, faz o mesmo, declarando a ilha independente e recusando qualquer governo socialista, apelando à ajuda portuguesa para restabelecer a ordem.

O Exército Vermelho controla apenas a capital e a região circundante.

Moscovo emite um comunicado reafirmando a soberania de Triestin sobre Timor e avisando que qualquer país que apoie os rebeldes estará a cometer um acto de guerra contra a República Popular. O vice-governador é reafirmado como o líder legítimo da região de Timor e os rebeldes recebem uma promessa de punição severa.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 _465808_falintil
Milicias católicas pró-Portugal recrutam homens nas aldeias do interior.



Madagáscar
Na ilha existem 4 facções que começam a disputar o poder político no país e as manifestações pelas ruas das principais cidades nascem no dia seguinte à rendição de Moscovo. No entanto o governador e o Exército Vermelho ainda controlam todos os pontos estratégicos industriais e militares, pelo que a situação não é comparável a Timor.

A facção mais numerosa apoia a continuade do governo actual sob controlo de Moscovo. Depois existem socialistas pró-URS, os descendentes de europeus que querem um território independente leal ao rei Portugal e finalmente os descendentes de moçambicanos que querem a unificação com o território português.

Para evitar a formação de milicias armadas, o governo regional declara lei marcial e recolher obrigatório, que acaba por ser desrespeitado em muitas cidades.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Protest-5
Protestos contra a polícia. Governo ainda controla o território.
Triestin
Triestin
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 981
Capital : Moscovo
Regime Politico : Marxismo-Leninismo
Chefe de Estado : Viacheslav Borisov
Data de inscrição : 20/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Portugal Qui Abr 07, 2011 1:43 pm

A Companhia das Índias vê no caos timorense uma oportunidade para tentar recuperar o território para a Coroa, na esperança de esta o adjudicar depois á Companhia das Índias, o que significaria um "boom" económico para a companhia devido ás suspeitas de petróleo ao largo de Timor.

Há infiltrações de agentes comerciais da companhia, que a pretexto de "negócios" acabam por traficar armas aos timorenses para os Régulos rebeldes apoiarem a causa portuguesa sobre Timor.

Por seu turno Madagáscar, aí o caso já e bem diferente. O Vice-Rei das Índias, é a mais alta entidade régia no Oriente e conhece bem as pretensões da coroa sobre a coroa da França. Madagáscar sempre foi um covil de franceses, até cair em poder de Triestin... O Vice-Rei dá apoio aos franceses, e promete restaurar em Madagáscar a "França Livre". Já aos moçambicanos, joga de forma "semi-hipócrita" para que estes se deiam bem com os franceses...

A Intendencia da Policia, com sede em Lourenço Marques, tem sido a grande mediadora entre os insurgentes e os portugueses, traficando armas e dinheiro para Madagáscar.

_________________
Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Triestin Qui Abr 07, 2011 5:43 pm

Uma embarcação de traficantes é capturada na costa ocidental de Madagáscar. O governador assina uma ordem judicial extraordinária para a a execução por fuzilamento de dois traficantes. O fuzilamento é público, para mostrar a possíveis revoltosos que destino lhes é reservado se atentarem contra o governo.
Triestin
Triestin
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 981
Capital : Moscovo
Regime Politico : Marxismo-Leninismo
Chefe de Estado : Viacheslav Borisov
Data de inscrição : 20/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Sab Abr 09, 2011 7:01 pm

Triestin escreveu:
Arménia
É permitido aos soviéticos entrar no território, que passam a controlar efectivamente o mesmo. As 3 divisões do Exército Vermelho ai estacionadas pedem autorização para regressar a Triestin.

O Comando Militar rejeita o pedido. Os soldados triestinos ficarão detidos até concluídas as negociações de paz.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Portugal Qui Abr 14, 2011 1:26 pm

As negociações estão a deixar tensos quer Otacilio quer D. Afonso de Vilhena, vêm-se más horas nos movimentos que apoiam. Há que acelerar o processo para ver se tem ecos na conferência de paz entre a URS e Triestin...A Companhia das Índias acelera o tráfico de armas para Timor, e D. Afonso de Vilhena, já está em cena, também a traficar ainda mais armas aos franceses, e a tentar uma coalização entre franceses e moçambicanos para lutarem os dois numa frente contra a URS... Mais promessas de libertação de Madagáscar, e de restauração da França são feitas...

O tráfico de armas, aumenta por seu turno, assim como de equipamento militar e explosivos. As guerrilhas timorenses, as milicias franco moçambicanas darão que falar á nova administração que vier, seja triestina seja stariana...




Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 CAPDFNFAL
Milícias nacionalistas francesas com equipamento de origem britânica, fornecida pelo Vice Reinado da Índia. Reconhecem-se pelo seu uniforme cinza, e "kepi" de recurso a imitar um "Kepi" francês original.


Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 COG-Mauser-1
Guerrilha timorense num interior de uma cave organizando-se. O equipamento da Companhia das Índias já é de qualidade inferior, e apenas o disponibilizado de momento. Consiste em espingardas de repetição, pistolas de diversos tipos, algumas armas automáticas...



[MOD EDIT: Purgado deste post, todos os indícios de Godmod, denunciados pelo jogador URS sobre a questão dos "jornalistas portugueses nas negociações de paz em Vatland". No que respeita á intervenção portuguesa, nos movimentos rebeldes, será criado um novo tópico "Monções no Oriente - O Renascer ou a Queda do Império Português do Oriente" para continuar o Roleplay com as Milicias francesas, e as Guerrilhas timorenses. Contudo os restantes jogadores devem assumir a génese desse RP, aqui neste tópico "Operação Espingarda da Paz".]

_________________
Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Seg Abr 18, 2011 3:36 pm

O Comando Militar permite deliberadamente a situação, pois assim todos os lados se enfraquecem. No entanto já estão a ser preparadas ofensivas em larga escala para resolver em poucos dias a desordem nos dois territórios, só falta Borisov aceitar as exigências na cimeira de Valtland.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  União Soviética Ter Abr 19, 2011 11:43 am

Na Arménia e em Tomsk os soldados soviéticos aguardam aborrecidos pelos resultados da cimeira de paz.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Soviet-soldier_1552899c

Na Arménia os soldados são bem recebidos nas cidades, mas levam consigo a certeza ao povo de que serão feitos grandes investimentos na Arménia.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Article-1209137-062FAF08000005DC-31_634x426

Mihail samsa pede oficialmente desculpa ao povo Arménio pela cedência do território a Triestin há 4 anos atrás, o que classificou de "terrível erro político".

União Soviética
União Soviética

Número de Mensagens : 363
Capital : Istaan
Regime Politico : anarco-comunismo
Chefe de Estado : Mihail Samsa
Data de inscrição : 19/03/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Dom Maio 01, 2011 7:16 pm

Uma das frotas da União desloca-se para o largo de Timor, com um porta-aviões com caças suficientes para reduzir qualquer infraestrutura militar na ilha a pó. Para já nenhuma mensagem é enviada a nenhuma das facções que se debatem entre si no terreno. É apenas um acto intimidativo para que todos no terreno percebam que sem negociar com a União, nenhuma delas sairá vencedora.

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Uss-ronald-reagan
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Burgolavia Qui Maio 05, 2011 3:33 pm

A última frota abandona o teatro asiático, aparentemente findando assim a participação da Burgolavia na guerra da Ásia. O destino é o Atlântico Sul.
Burgolavia
Burgolavia
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 568
Capital : Praga
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Domingos Cardozo
Data de inscrição : 23/10/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Portugal Qui Maio 05, 2011 7:05 pm

Os Régulos de Timor nem sequer sabem da existência do porta-aviões...


OOC: Assume no outro tópico sobre os independentismos nas províncias ultramarinas de triestin, que os timorenses não sabiam de nada mesmo... Portanto continuam a atacar soldados e policias triestinos como se nada fosse...

_________________
Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Sab Maio 07, 2011 10:21 am

ooc: vou continuar então isto no outro tópico.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Triestin Qui Maio 12, 2011 11:19 am

Com o assinar do tratado de paz, os soldados do Exército Vermelho preparam-se para regressar a casa humilhados. A bandeira está a meia haste em todo o país. Com medo do futuro, centenas de milhar de triestinos da Arménia, Timor, Madagáscar e Tomsk começam a abandonar os territórios.
Triestin
Triestin
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 981
Capital : Moscovo
Regime Politico : Marxismo-Leninismo
Chefe de Estado : Viacheslav Borisov
Data de inscrição : 20/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  URS Seg Maio 16, 2011 10:52 am

O Conselho aguarda que Triestin anuncie oficialmente a transferência de territórios e comece a dissolver as suas forças militares que operaram na guerra. Só depois terá inicio a desmobilização do lado stariano.

A população, apesar de feliz com o final do conflito, não está muito dada a festejos, pois a consequências desta guerra foram duras não só a nível humano, mas a nível das relações com uma nação e um povo que continua a ser considerado por muitos o inseparável irmão da União.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  União Soviética Qui Maio 19, 2011 12:14 pm

O Exército Soviético começa aos poucos a transportar por meio aéreo os soldados triestinos detidos na Arménia. Todo o armamento é confiscado e será oferecido ao novo exéricot regular da Arménia, que agirá sob comando do Exército Soviético.

Em Tomsk, pede-se à população triestina que fique, sendo oferecidas garantias de segurança, cidadania soviética ou dupla nacionalidade. Já o Exército avança território adentro até chegar à nova fronteira.

Samsa visitará a região assim que Borisov assine o documento de transferência de soberania.
União Soviética
União Soviética

Número de Mensagens : 363
Capital : Istaan
Regime Politico : anarco-comunismo
Chefe de Estado : Mihail Samsa
Data de inscrição : 19/03/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Triestin Seg Set 12, 2011 9:03 pm

Por toda a região de Tomsk iniciam-se manifestações públicas contra a entrega da região à União Soviética e por isso Borisov adia a assinatura de qualquer documento e tenta uma jogada arriscada, enviando um emissário seu de forma secreta a Athaulphia.

ooc: Athaulphia, se o aceitares receber abre o topico na diplomacia sff
Triestin
Triestin
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 981
Capital : Moscovo
Regime Politico : Marxismo-Leninismo
Chefe de Estado : Viacheslav Borisov
Data de inscrição : 20/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Athaulphia Ter Set 13, 2011 12:54 am

OOC: e qué é o que eu tenho a ver com isto tudo? scratch

_________________
Toda a informação sobre Athaulphia em sua wiki: http://pt.nsportugal.wikia.com/wiki/Athaulphia
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Portugal Qua Set 14, 2011 1:19 pm

Em Timor os Régulos e o novo Vice Rei não se entendem, e as relações não estão nos seus melhores dias... Há uma recusa de entrega de armamento. Mas pelo menos a Companhia das Índias continua a infiltrar clandestinamente grande quantidade de armas e munições.

_________________
Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Burgolavia Qui Set 29, 2011 5:02 pm

Athaulphia escreveu:OOC: e qué é o que eu tenho a ver com isto tudo? scratch

ooc o triestin é tipo buraco negro, suga tudo para as confusoes dele Very Happy
Burgolavia
Burgolavia
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 568
Capital : Praga
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Domingos Cardozo
Data de inscrição : 23/10/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Operação "Espingarda da Paz" - Página 3 Empty Re: Operação "Espingarda da Paz"

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos