Comunidade NationStates Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Rede de Informação da URS

+6
Athaulphia
Kalmar
Centric
Scream_off
Britannia
URS
10 participantes

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sab Jan 16, 2010 11:15 am

A conferência de imprensa termina e Jansen retira-se da sala.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Jan 27, 2010 7:25 am

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Especial eleições: candidatos apresentados

Valtland

Partido Socialista Unido: Maximus Thorvald
Partido Marxista: André Gomes
Partido Revolucionário: Ricardo Gonçalves
Partido Social Democrata: Beatrix Gouffran
Partido da União de Valtland: Tobias Elmander
Movimento dos Verdes: Lee Jung-Bin
Associação Anárquica Nacional: Emmanuel Osei
Movimento dos Cidadãos Unidos: Herman Verdran
Partido Popular: Igor Nastenko

O PSU confirmou Maximus Thorvald como candidato oficial do partido, o que significa que Nikolai Todorov deixará de exercer o cargo de presidente da mais importante República da União, cargo que ocupou desde o nascimento da República. As sondagens dão uma vitória esmagadora ao homem que liderou a revolução anti-fascista e fundou juntamente com Nikolai Bradzienitsch a ex-República Popular de White Stars.



Crystal

Partido Socialista Unido: Espen Jansen
Partido Marxista: John Sargaard
Associação Anárquica Nacional: Andrew Holmes
Partido Revolucionário: Vincent Frederic
Partido Social Democrata: Tom Al-Bayin
Movimento dos Cidadãos Unidos: Andrey Ruzmailov
Movimento dos Verdes: Ugo Mazembe

O actual presidente do Conselho deverá ganhar novamente as eleições em Crystal, mas esta vitória marcará provavelmente o fim da sua presidência do Conselho, caso o PSU eleja mais presidentes que o PM. Sargaard repete a sua candidatura e diz que o objectivo é retirar a maioria absoluta a Jansen.



Pratzen

Partido Marxista: Nikolai Bradzienitsch
Partido Socialista Unido: Peter Ljungberg
Partido Revolucionário: Piotr Gazaev
Movimento dos Cidadãos Unidos: Linda Gillingham
Associação Anárquica Nacional: Sandra Voller
Movimento dos Verdes: Franz Voller
Partido Social Democrata: Liev Nagev

Também em Pratzen Bradzienitsch irá conseguir o seu terceiro mandato como presidente, desta vez na esperança de reunir o apoio necessário dentro do Conselho para chegar pela primeira vez à presidência do mesmo. As eleições em Hacken e Alin-Assur serão fundamentais para as aspirações de Bradzienitsch.



Hacken

Partido Marxista: Vladimir Bletnianov
Partido Socialista Unido: Enki Strom
Movimento dos Cidadãos Unidos: Ricardo Paiva
Partido Revolucionário: Serguei Timoschenko
Partido Social Democrata: Francesco Balzano
Associação Anárquica Nacional: Fernando Souza
Movimento dos Verdes: Jan Gritzfeld
Partido Popular: Saiur Nupei-Natengo

O Movimento dos Cidadãos Unidos de Ricardo Paiva recusou a proposta de coligação por parte do PSU, o que torna a eleição em Hacken completamente imprevisível. Bletnianov lidera as sondagens com apenas 1% de vantagem sobre Strom. Ricardo Paiva justificou a recusa de coligação com Strom com o facto do MCU defender a implementação de quotas para privados como existe na Irlanda, o que terá sido recusado pelo PSU.



Savedra

Partido Socialista Unido: Victor Hwan
Partido Marxista: Garcia Sanchez
Partido Social Democrata: Javier Garrido
Partido Revolucionário: Pedro de La Cruz
Associação Anárquica Nacional: Prince M´Busi
Movimento dos Cidadãos Unidos: Collin Gerrard
Partido Popular: Ismael Pavon
Movimento dos Verdes: Isabel Recoba

Javier Garrido foi o candidato surpresa apresentado pelo PSD depois de Ramon Hussein se ter afastado da política por motivos de saúde. Apesar da vitória de Hwan parecer ser inevitável, a luta pelo segundo lugar entre o PM e o PSD poderá ser histórica caso Garrido fique à frente de Sanchez. Se tal acontecer, significará a primeira derrota do Partido Marxista para um partido de centro direita nas repúblicas continentais.


Alin-Assur

Partido Marxista: Eric Mathaus
Partido Assuriano do Povo: Mourabet Assyer
Partido Social Democrata: Zair Nassef
Partido Popular: Julian Govou
Associação Anárquica Nacional: Marko Temen
Partido Revolucionário: Semir Al-Fayed
Movimento dos Verdes: Marc Onitango
Movimento dos Cidadãos Unidos: Christine Fieldman
Partido Nazi: Trindade Santos
Partido Socialista Unido: Terese Nielsen

Com o fim da coligação entre PM e PSU, a luta eleitoral em Alin-Assur promete ser a três, com Mourabet Assyer, defensor da independência assuriana com hipóteses reais de alcançar a vitória. O PSU cortou a coligação depois de Mathaus ter afirmado que votaria em Bradzienitsch para a presidência do Conselho, caso fosse eleito. Alin-Assur pode ser a república chave para decidir o próximo presidente do Conselho, e Assyer aproveita-se desse facto ao não ter ainda anunciado publicamente em quem votará para presidente do Conselho caso seja eleito.



Treviso

Partido Marxista: Andrey Kubanov
Partido Socialista Unido: Kim Hwang
Partido Revolucionário: Lisaveta Fiodorova
Associação Anárquica Nacional: Balkin Fyodorov
Movimento dos Verdes: Scipio Green
Movimento dos Cidadãos Unidos: Richard Fuller
Partido Social Democrata: Jasper Graaveland
Partido Popular: Andrés Banega

Muitas das atenções da União estão voltadas para Treviso, onde o actual presidente Andrey Kubanov já manifestou a sua intenção de ilegalizar os partidos de centro-direita (PSD e PP) caso consiga a maioria absoluta. Kubanov tentou uma coligação com o Partido Revolucionário, mas Lisaveta Fiodorova mostrou-se contra a ideia de ilegalizar partidos que já pouca expressão têm no ex-território triestino.



Saint-Martin

Partido Socialista Unido: Ugo Eyola
Associação Anárquica Nacional: Nenad Prazaev
Partido Marxista: Marco Baptista
Movimento dos Cidadãos Unidos: Gilvêncio Santos
Partido Social Democrata: Francisco Monterrey

Até há um mês atrás a vitória de Ugo Eyola com mais de 90% dos votos parecia garantida. Mas o uso de Saint-Martin como base militar na recente tensão entre a União e Portugal, que ameaça ainda um conflito opondo Saint-Martin a Moçambique, fez muitos eleitores mudar de opinião, e neste momento não é sequer certo que Eyola consiga a maioria absoluta. O facto do PM também ter apoiado esta medida beneficia Nenad Prazaev, da Associação Anárquica Nacional, que liderou os protestos contra o uso da ilha para fins militares.



Irlanda

Partido Social Democrata: Sam Boyd
Partido Socialista Unido: Mark O´Halloran
Partido Marxista: Anthony Porter
Partido Popular: Ryan O´Brien
Movimento dos Cidadãos Unidos: John Bryan

A Irlanda será o grande teste à unidade da União. Boyd já garantiu que se conseguir maioria absoluta convocará eleições para a independência da Irlanda, tal como a Constituição irlandesa permite. Os recentes eventos relacionados com o Suez e os acordos com a OCDE fizeram a popularidade de Boyd aumentar, mas as sondagens mais recentes dão ao social-democrata 47% das intenções de voto. Existem rumores de que Boyd terá já garantida uma coligação pós eleitoral com Ryan O´Brien, mas ambos os candidatos negam esta possibilidade.



Islândia

Partido Marxista: Eidur Helgusson
Partido Socialista Unido: Andrei Isaksson

Helgusson tem a vitória garantida segundo as sondagens. A Islândia tem vivido anos de isolamento político, com a maioria dos partidos da União a recusarem participar nas eleições islandesas, que até há pouco tempo era território triestino. Isaksson, sem hipótese de vitória, tem feito campanha para que os outros partidos entrem na vida política da ilha.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Fev 10, 2010 10:41 am

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Eleições 2010

Maximus Thorvald eleito novo Presidente do Conselho da União

No final de uma noite eleitoral alucinante, acabaram por ser os eleitores de Alin-Assur a ditar o futuro da União ao darem a vitória a Terese Nielsen sobre o independentista Mourabet Assyer. Nem a vitória de Bletnianov sobre Strom em Hacken valeu aos marxistas, que voltam assim pela terceira vez a perder a presidência do Conselho para os socialistas.

Jansen, tal como anunciou, aceitou deixar a liderança do Conselho para Thorvald, que derrota assim Bradzienitsch novamente, 12 anos depois das primeiras eleições para a presidência da República Popular de White Stars.

Vamos recapitular os eventos da noite:


Valtland

68% Partido Socialista Unido: Maximus Thorvald
20% Partido Marxista: André Gomes
5% Partido Revolucionário: Ricardo Gonçalves
3% Partido Social Democrata: Beatrix Gouffran
2% Associação Anárquica Nacional: Emmanuel Osei
0.5% Partido da União de Valtland: Tobias Elmander
0.5% Movimento dos Verdes: Lee Jung-Bin
0.5% Movimento dos Cidadãos Unidos: Herman Verdran
0.5% Partido Popular: Igor Nastenko

A noite eleitoral arrancou em Valtland, com Thorvald a bater Gomes e a anunciar que seria candidato à presidência do Conselho e que os seus votos iriam para si próprio. No discurso de vitória, Thorvald apelou à União dos candidatos socialistas para que votassem em si.



Crystal

57% Partido Socialista Unido: Espen Jansen
30% Partido Marxista: John Sargaard
8% Associação Anárquica Nacional: Andrew Holmes
4% Partido Revolucionário: Vincent Frederic
0.5% Partido Social Democrata: Tom Al-Bayin
0.25% Movimento dos Cidadãos Unidos: Andrey Ruzmailov
0.25% Movimento dos Verdes: Ugo Mazembe

Jansen surgiu na sede do partido, poucos minutos depois de ser anunciada a sua vitória sobre Sargaard, para anunciar que os seus votos iriam para Thorvald. Jansen agradeceu a todos os seus apoiantes em Crystal e afirmou estar pronto para colaborar com Thorvald.



Pratzen

85% Partido Marxista: Nikolai Bradzienitsch
7% Partido Revolucionário: Piotr Gazaev
5% Partido Socialista Unido: Peter Ljungberg
2% Associação Anárquica Nacional: Sandra Voller
0.5% Movimento dos Cidadãos Unidos: Linda Gillingham
0.25% Movimento dos Verdes: Franz Voller
0.25% Partido Social Democrata: Liev Nagev

Estava assim definido que a luta seria a dois, entre Thorvald e Bradzienitsch, que voltou a esmagar a concorrência em Pratzen e votou em si próprio. Bradzienitsch necessitava agora de vitórias de Bletnianov e Mathaus.



Hacken

31% Partido Marxista: Vladimir Bletnianov
29% Partido Socialista Unido: Enki Strom
10% Partido Social Democrata: Francesco Balzano
8% Partido Revolucionário: Serguei Timoschenko
8% Associação Anárquica Nacional: Fernando Souza
7% Movimento dos Cidadãos Unidos: Ricardo Paiva
5% Movimento dos Verdes: Jan Gritzfeld
2% Partido Popular: Saiur Nupei-Natengo

A grande alegria da noite veio de Hacken, onde Vladimir Bletnianov conseguiu manter a presidência, batendo Enki Strom por uma margem de apenas 2%. Com os votos de Bletnianov, Bradzienitsch e Thorvald estavam agora empatados na corrida ao Conselho.



Savedra

42% Partido Socialista Unido: Victor Hwan
25% Partido Marxista: Garcia Sanchez
20% Partido Social Democrata: Javier Garrido
5% Movimento dos Verdes: Isabel Recoba
4% Movimento dos Cidadãos Unidos: Collin Gerrard
2% Partido Revolucionário: Pedro de La Cruz
1% Associação Anárquica Nacional: Prince M´Busi
1% Partido Popular: Ismael Pavon

Em Savedra, Victor Hwan, actual Ministro da Economia da União, venceu como era esperado e voltou a colocar Thorvald na frente. Nesta altura ficou claro que Alin-Assur seria a república a decidir o futuro político do Conselho.



Alin-Assur

27% Partido Socialista Unido: Terese Nielsen
25% Partido Assuriano do Povo: Mourabet Assyer
22% Partido Marxista: Eric Mathaus
9% Partido Social Democrata: Zair Nassef
5% Partido Popular: Julian Govou
4% Partido Revolucionário: Semir Al-Fayed
3% Associação Anárquica Nacional: Marko Temen
2% Movimento dos Verdes: Marc Onitango
2%Movimento dos Cidadãos Unidos: Christine Fieldman
1% Partido Nazi: Trindade Santos

O suspiro de alívio para Thorvald e o Partido Socialista Unido foi dado quando Terese Nielsen foi declarada vencedora em Alin-Assur, batendo tanto o líder local, Mourabet Assyer, mas mais importante, o marxista Eric Mathaus, actual presidente assuriano. Com os votos de Nielsen, Thorvald conquistava a presidência do Conselho, originando festejos socialistas por toda a União.



Treviso

41% Partido Marxista: Andrey Kubanov
38% Partido Socialista Unido: Kim Hwang
11% Partido Revolucionário: Lisaveta Fiodorova
5% Associação Anárquica Nacional: Balkin Fyodorov
3% Movimento dos Verdes: Scipio Green
1% Movimento dos Cidadãos Unidos: Richard Fuller
0.5% Partido Social Democrata: Jasper Graaveland
0.5% Partido Popular: Andrés Banega

Depois começarama surgir os resultados das repúblicas não-continentais. Kubanov deu mais uma vitória aos marxistas em Treviso, mas já sem hipótese de ajudar Bradzienitsch. No entanto Kubanov falhou a maioria absoluta por uma margem elevada, o que hipoteca definitivamente a sua proposta de banir partidos de direita em Treviso. Lisaveta Fiodorova e Balkin Fyodorov anunciaram prontamente uma aliança com os socialistas nesta questão, que parece assim encerrada.



Saint-Martin

52% Partido Socialista Unido: Ugo Eyola
33% Associação Anárquica Nacional: Nenad Prazaev
10% Partido Marxista: Marco Baptista
4% Movimento dos Cidadãos Unidos: Gilvêncio Santos
1% Partido Social Democrata: Francisco Monterrey

Eyola, apesar da crise que se vive em Saint-Martin, com a república ainda a viver à sombra da presença do Exército da União, conseguiu vencer com maioria absoluta. No entanto Prazaev subiu de 6% nas últimas eleições para 33%, aniquilando o candidato marxista pelo caminho. O líder da AAN já anunciou que o objectivo é vencer nas próximas eleições.



Irlanda

40% Partido Social Democrata: Sam Boyd
38% Partido Socialista Unido: Mark O´Halloran
12% Partido Marxista: Anthony Porter
8% Partido Popular: Ryan O´Brien
2% Movimento dos Cidadãos Unidos: John Bryan

Na Irlanda Sam Boyd falhou a maioria absoluta, e nem com o apoio de O´Brien conseguirá levar o referendo sobre a independência avante. A vitória por apenas 2% sobre Mark O´Halloran vai obrigar o líder centrista a colaborar com os socialistas, que já anunciaram que o acordo com a OCDE é para ser cumprido sem alterações. Prevê-se assim um período de alguma estabilidade na Irlanda. Boyd, sabendo já da vitória de Thorvald, acabou por votar em si mesmo para Presidente do Conselho, o que na prática não passou de uma formalidade, neste caso histórica, pois é o primeiro político que não é de esquerda a receber um voto dentro do Conselho.



Islândia

64% Partido Marxista: Eidur Helgusson
36% Partido Socialista Unido: Andrei Isaksson

Helgusson voltou a vencer sem dificuldades, o que valeu mais um voto de consolação a Bradzienitsch. Helgusson tem sido no entanto criticado pelos marxistas do continente por ter aceite o acordo com a OCDE proposto por Jansen. Helgusson não respondeu às críticas e disse que vai tudo avançar como previsto. Existem rumores de que poderá criar em breve o seu próprio partido na Islândia.



Votação para a Presidência do Conselho:

Maximus Thorvald: 4 votos Maximus Thorvald
Espen Jansen: 4 votos Maximus Thorvald
Nikolai Bradzienitsch: 4 votos Nikolai Bradzienitsch
Vladimir Bletnianov: 4 votos Nikolai Bradzienitsch
Victor Hwan: 4 votos Maximus Thorvald
Terese Nielsen: 4 votos Maximus Thorvald
Andrey Kubanov: 1 voto Nikolai Bradzienitsch
Ugo Eyola: 1 voto Maximus Thorvald
Sam Boyd: 1 voto Sam Boyd
Eidur Helgusson: 1 voto Nikolai Bradzienitsch

Total:

Maximus Thorvald (PSU) - 17
Nikolai Bradzienitsch (PM) - 10
Sam Boyd (PSD) - 1


Pequena biografia de Maximus Thorvald

Maximus Thorvald nasceu em Ullendal, no norte do então Império Central de Valtland, em 1945.

Desde cedo um activista de esquerda, esteve na linha da frente da luta contra os fascistas de Pratzen, que em 1969 anexaram Valtland. Aquando da anexação Thorvald exilou-se em Hacken, onde incentivou os reinos orientais a entrarem em guerra contra os fascistas dos reinos ocidentais.

Tal não aconteceu e em 1975 Moriel Tadescu, líder fascista nascido em Savedra, mas proeminente em Pratzen, iniciou o processo de conquista dos reinos da actual URS. Em 1978 toda a actual União continental, excepção feita a Alin-Assur, estava sob o controlo de Tadescu, que declarou nesse ano o nascimento da União das Repúblicas Fascistas.

Thorvald, juntamente com muitos outros políticos e militares de esquerda, onde se incluíam Nikolai Bradzienitsch e o jovem Espen Jansen, refugiaram-se em Alin-Assur, onde durante quase uma década lutaram contra a URF, mantendo a independência assuriana e minando a autoridade de Tadescu através da guerrilha interna em todo o país. Já nesta altura se vincava a diferença entre Thorvald e Bradzienitsch. Enquanto Thorvald primava pela moderação e socialismo democrático e liberal, Bradzienitsch defendia uma revolução leninista e instauração da ditadura do proletariado.

Em 1984, a revolta popular em Crystal City abala a estrutura da URF, e financiado pelos vizinhos comunistas e socialistas, o Exército Revolucionário da Estrela Branca, líderado por Bradzienitsch, dá início à guerra civil que devastou o território nacional durante 3 anos. O isolamento internacional de Tadescu e o forte apoio dos países de esquerda a Bradzienitsch acabaram por ditar a queda do regime fascista.

1987 Bradzienitsch e Thorvald partilham um governo provisório, ao qual cabe decidir se é restaurada a independência de cada antigo reino ou se a estrutura da URF se mantém nascendo uma nova República. As tensões aumentam com a clara divisão entre marxistas-leninistas e socialistas no governo provisório, e o país fica à beira de nova guerra civil. Esta situação faz que tanto Thorvald como Bradzienitsch comecem a perder apoio dos militares que os suportavam, e no final do ano é finalmente acordado o nascimento da República Popular de White Stars, com eleições a serem realizadas no inicio do ano seguinte.

Em 1988 Thorvald bate Bradzienitsch nas eleições. Os marxistas aceitam os resultados pacificamente e a estabilidade regressa de novo a todo o país. Ao longo do seu mandato, Thorvald aproxima White Stars de outros países democráticos de direita, tendo-se vivido um período de excelentes relações com a FUS.

No último ano da sua presidência, juntamente com Bradzienitsch, Jansen, Todorov, Hwan e Eyola, Thorvald dá inicio à descentralização de poder que acabará com a República e formará uma União de Repúblicas. Com todos os principais partidos de acordo, o tema vai a referendo e a ideia é aprovada. O final do mandato de Thorvald coincide assim com o fim da República Popular, que durou 4 anos.

Nasce então a União das Repúblicas Socialistas e Thorvald decide abandonar a vida política, deixando Espen Jansen como seu sucessor dentro do Partido Socialista Unido. Jansen tornou-se em 1992 Presidente do Conselho da União, cargo que ocupou até ao dia de hoje.

Durante a governação de Jansen, a URS afastou-se progressivamente da FUS aproximando-se de Triestin. Thorvald sempre foi um crítico da relação com Triestin, tendo em 1997 defendido abertamente o derrube pela força do regime de Stalin.

Com o nascimento da Internacional Socialista, Thorvald pensou que Triestin estivesse sob controlo. No entanto, depois dos ataques de Stalin à América e Austrália e da sua consequente queda do poder, Thorvald decidiu regressar à vida política, tornando-se agora um opositor de Jansen dentro do PSU. Em 1998 tornou-se Secretário-Geral da Internacional Socialista e anunciou que seria candidato à presidência de Valtland e do Conselho.

8 anos depois de ter abandonado a presidência da República Popular, Maximus Thorvald, agora com 65 anos, regressa à liderança da União que ajudou a nascer. O passado de boas relações com a FUS do presidente Zé e as críticas a Triestin e às políticas de Jansen deixam no ar a ideia de que a política externa da URS pode mudar com Thorvald ao leme, principalmente a nível das relações com Moscovo.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Fev 24, 2010 4:27 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

WestGaz investe forte no mercado energético da União Soviética

Hwang Lee, Presidente da WestGaz, anunciou que a empresa adquiriu no mesmo dia 20% da Cooperativa Petrolífera de Yerevan e 20% da Cooperativa Petrolífera de Vanadzor, as duas maiores empresas petrolíferas da União Soviética. Os valores do negócio não foram divulgados por nenhuma das partes.

Lee congratulou-se pela rapidez das negociações e pelo facto da WestGaz entrar num mercado energético com o potencial do mercado soviético. Segundo Lee, os valores da compra foram extremamente reduzidos, pois envolveram um negócio paralelo entre a StarSat e a Cooperativa Financeira de Yerevan, que terá financiado quase ou mesmo por completo a compra por parte da WestGaz.

O Ministério da Economia da União afirmou dispor de dados que confirmam que com este negócio a WestGaz é efectivamente a empresa mais valiosa do mundo.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qui Fev 25, 2010 3:37 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Crimes da APTN em Trondheim divulgados por deputados locais

Os deputados da Assembleia Provisória de Trondheim do Norte acusaram as forças da APTN de terem raptado diversas figuras políticas do país que segundo as fontes locais ainda se encontram desaparecidos. Existem também acusações de tortura física e psicológica contra os deputados que terão estado detidos durante vários dias na Assembleia.

O PSD chegou ao ponto de afirmar que um governo formado por si não terá relações com os governos da FUS e URLC.

A APTN começou já a retirar do país depois de ter falhado todos os seus objectivos em Trondheim do Norte, já que o país continua sem governo e à beira de uma nova guerra civil.

Bradzienitsch foi o único membro do Conselho a comentar estas notícias: "Alguém fica espantado com estas acusações? Estamos a falar de Scream_off...". Num tom sarcástico acrescentou: "De certeza que vamos ver as grandes democracias humanistas como Kalmar e Athaulphia criticar estas acções".
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  Scream_off Qui Fev 25, 2010 4:45 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Fdusoy10

O Departamento da Diplomacia vem por este meio repudiar a noticia posta a circular pela Rede de Informação da URS.

Pede-se que o bom jornalismo siga normas deontológicas de mais alto nível, e que se utilize o contraditório como método essencial para se transmitir uma informação. Este não foi o caso, onde a RI seguiu a noticia vinda dos meios de comunicação de Trondheim do Norte, sem verificar a veracidade das afirmações. É absolutamente falso que a APTN tenha apreendido ilegalmente qualquer norte trondheimiano, e à vários meses que qualquer preso capturado por forças militares da APTN é entregue à justiça de Trondheim do Norte. Não existe qualquer prova de tais desaparecimentos, nem poderá haver, uma vez que nada disso aconteceu, e em caso algum o Governo Federal sancionaria tal operação.

Repudiamos também a baixeza do comentário praticado pela RI. Um canal de informações que junta noticias com comentário, apenas poderá acontecer num país sem liberdade de imprensa, onde os órgãos de comunicação pertencem todos ao mesmo patrão. A APTN alcançou todos os objectivos a que se propôs. Libertar Trondheim do Norte dos fascistas e realizar eleições e entregar Trondheim do Norte à auto-determinação. Tal aconteceu com a realização de duas eleições.

Negamos ainda qualquer tipo de raptos de políticos. A Assembleia Constituinte teve sempre nas suas directrizes que estaria encerrada até encontrada uma solução vencedora, não sendo verdade qualquer tipo de acusações praticadas pelos dirigentes norte trondhimianos, cegos pela sua incapacidade de liderar o seu país para um caminho de prosperidade.

Nós seguimos o rumo da liberdade e da democracia, ao contrário das amizades próximas URS, envoltas em golpes e contra golpes.

Mais de mil jovens scream_offenses perderam a sua vida a lutar pela liberdade dos Norte Trondheimianos, e é com escárnio que vemos esta atitude de pseudo-jornalismo vindo da Rede de Informação da URS.
Scream_off
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 33
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qui Fev 25, 2010 4:55 pm

Direcção da RIU

A RIU limitou-se a transmitir notícias, deixando vincado que as mesmas tinham origem nos media trondheimianos. Se os funcionários do Departamento da Diplomacia fossem hábeis no domínio da língua stariana facilmente concluiriam que nenhuma informação adicional foi acrescentada pela nossa redacção.

Quanto ao comentário dos "objectivos", tanto quanto se sabe não existe democracia em Trondheim e os fascistas têm ainda imenso peso político, como tal não se trata de um comentário mas sim de uma constatação de factos.

Lamentamos ainda que o Departamento da Diplomacia perca o seu tento a tentar exercer pressões e a criticar órgãos de comunicação independentes e imparciais.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  Scream_off Qui Fev 25, 2010 5:03 pm

ooc: E O SOCRATES SOU EU?
Scream_off
Scream_off
OCDE

Número de Mensagens : 11459
Idade : 33
Capital : Águas Santas
Regime Politico : Republica Federal
Chefe de Estado : Presidente Zé
Data de inscrição : 25/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Mar 03, 2010 2:54 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Conselho reconhece anexação em Trondheim e ameaça cortar relações com Portugal e Australásia

O Conselho da União, agora liderado por Maximus Thorvald, emitiu esta tarde um comunicado onde informa que "a União reconhece a anexação da República Islâmica pela República Democrática de Trondheim, dado que o Tratado de Nimes foi assinado pelos responsáveis políticos dos dois países legalmente acreditados para tal acção". No mesmo comunicado, o Conselho acusa Portugal e a Australásia de "continuarem com a sua onda de crimes contra os povos dos países mais indefesos em nome do colonialismo e imperialismo luso-britânico" e avisa as duas nações de que se "agora que a situação legal em Trondheim está esclarecida, Portugal e a Australásia devem cessar qualquer ataque contra território islâmico que faz parte agora da RDT" e que se tal não acontecer "existem fortes possibilidades do Conselho determinar um corte de relações diplomáticas com os dois países agressores".


Dublin oficializa candidatura à Expo 2010

A cidade de Dublin oficializou junto da Organização Mundial de Exposições a sua candidatura à organização da II Exposição Mundial. A capital irlandesa avançou com o tema "O Homem e a Natureza: Energia Para o Futuro" e terá como único adversário a candidatura iguitense de Porto Antines. O Conselho apoiou a decisão do governo irlandês e anunciou que serão disponibilizados fundos caso a candidatura de Dublin seja a vencedora.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Dom Mar 07, 2010 3:40 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Thorvald quer ressuscitar Sociedade das Nações

Maximus Thorvald anunciou que vai propor ao Conselho o regresso da União à Sociedade das Nações e promete fazer esforços diplomáticos junto das "outras nações democráticas do mundo" para que façam o mesmo. O objectivo de Thorvald passa por criar uma força de segurança internacional com capacidade de intervir rapidamente em cenários de guerra, dando o exemplo recente de Trondheim. O Presidente do Conselho classificou ainda as acções da Australásia e Portugal como "criminosas e dignas apenas de estados imperialistas".


Dia da União em Constantinopla

Hoje foi o dia nacional da União na Exposição Mundial de Constantinopla, que contou com a presença de Thorvald, que realizou assim a sua primeira visita ao estrangeiro. O Presidente do Conselho elogiou a delegação stariana e a organização lapaliana. Foi também promovida a candidatura de Dublin à organização da próxima exposição mundial.

Mais informações no site do Ministério da Cultura da União: www.min-cultura.ws/expo
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sex Mar 19, 2010 5:15 am

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Thorvald acusa países da Entente de patrocinarem agressão luso-britânica a Trondheim

O presidente do Conselho está de visita a Alin-Assur, onde anunciou que as famílias dos assurianos que se voluntariaram para combater em Trondheim irão receber um subsídio do estado caso algo suceda aos mesmos. Mas Thorvald aproveitou o discurso no Palácio Presidencial para criticar Lapália, SpMky e Cruz de Cristo, os quais acusou de serem coniventes com a situação em Trondheim:

"Vou ser forçado a usar linguagem popular para ilustrar o que penso: quem cala, consente! É precisamente isso que estão a fazer os aliados de Portugal e da Australásia, estão a agir como se nada se passasse enquanto os seus aliados cometem crime atrás de crime em África em nome do colonialismo que no mundo civilizado já faz parte do passado. Se estes países julgam que o seu silêncio equivale à sua inocência, estão enganados, e a União pedirá esclarecimentos sobre este comportamento quando o momento for oportuno. Mas posso deixar a garantia: esta conivência não será esquecida."
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sab Mar 20, 2010 11:50 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Conselho felicita novo presidente triestino

O Conselho, representado por Terese Nielsen, felicitou oficialmente Viacheslav Borisov, o novo presidente de Triestin, bem como todo o processo eleitoral:

"Acompanhámos com extrema atenção a situação pré-eleitoral bem como as eleições em Triestin e estamos obviamente satisfeitos com o resultado de ambas. O importante para a União não era tanto o candidato vencedor, mas sim o facto de podermos ver finalmente um regime democrático reconhecido pelo povo triestino, e esperamos sinceramente que seja esse o caso. Já tivemos situações no passado em que estas mesmas promessas foram feitas, por isso vamos aguardar e julgar o novo presidente e o novo governo pelas suas acções no futuro. O presidente Borisov prometeu uma nova postura dentro da Internacional e uma nova política externa, vamos esperar que seja esse o caso."
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sex Abr 02, 2010 5:55 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Conselho aprova lei que proíbe venda de empresas estatais

Segundo Victor Hwan, o Conselho aguardava apenas pela recuperação da StarSat dos seus 5% vendidos o ano passado à Cooperativa Financeira de Yerevan para anunciar esta lei. A proposta foi levada ao Conselho pelo Partido Marxista e determina que nenhuma empresa estatal poderá vender qualquer parte do seu património ou volume de negócios a empresas estrangeiras, incluindo empresas de países membros da Internacional Socialista.

Hwan: "Esta lei visa travar algumas iniciativas que têm vindo a ser levadas a cabo por directores de algumas empresas estatais, que estavam até agora livres de vender o que quisessem desde que o controlo se mantivesse com o estado. O facto desta lei se estender a outros países socialistas não pretende demonstrar qualquer tipo de falta de confiança, mas sim demonstrar ao povo stariano e ao mundo que a União é regida por princípios socialistas e não pelo lucro rápido."
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Ter Abr 06, 2010 5:04 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Paranóia britânica atinge níveis históricos

Não interessa quem se é no Reino Unido. Não interessa o que se defende. Não interessa que idade se tem, o sexo ou a experiência política. Se alguém acenar o punho no ar e invocar a palavra comunismo como o inimigo dos britânicos, esse alguém tem a vitória eleitoral garantida. É esta a conclusão que as recentes eleições britânicas trouxe ao de cima.

Um partido sem ideias, sem argumentos, defensor da demagogia, da mentira e da propaganda conseguiu uma vitória eleitoral tranquila usando apenas um lugar comum que se julgava extinto no mundo civilizado. Os britânicos abdicam progressivamente das suas liberdades individuais e justificam com argumentos de segurança interna as sucessivas atrocidades que cometem pelo mundo fora.

O ponto mais chocante parece ser a ignorância e isolamento intelectual do povo britânico, que atingiu em poucas décadas, sem qualquer dificuldade, os níveis a que estamos acostumados a ver por exemplo em Triestin. Existe em Triestin o mito de que uma ameaça externa paira constantemente sobre as cabeças do povo, mas o Reino Unido alcançou esse nível de paranóia.

Triestin e o Reino Unido demonstram assim que o totalitarismo e a opressão não são exclusivos de qualquer corrente ideológica, mas sim o fruto de anos de falta de liberdade de expressão e de lavagem cerebral do povo. Questionam-se depois estes governos porque não são convidados de Thorvald na cimeira que decorre em Valtland. A resposta está à vista do mundo.

Resta a questão: irão os países da Entente continuar a patrocinar politicamente os devaneios imperialistas e totalitários dos britânicos, acenado positivamente a todas as loucuras que vêm da cabeça dos seus políticos mais astutos e desonestos? Ou irão dizer que basta, e que preferem a companhia de países democráticos e pacíficos?
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qui Abr 08, 2010 11:27 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Valtland, Pratzen, Dublin e Crystal City são hipótese para os Jogos Olímpicos

O Comité Olímpico da União anunciou que irá considerar as pré-candidaturas das cidades de Valtland, Pratzen, Dublin e Crystal City à organização dos Jogos Olímpicos. Há 4 anos as cidades de Crystal City e Hacken chegaram à fase de selecção oficial da UID mas acabaram por não concretizar qualquer projecto para apresentação devido ao conflito militar na Escócia.

O COU espera desta vez levar as eventuais candidaturas nacionais até ao final.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Abr 21, 2010 9:16 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Exposição Mundial em Dublin

A Organização Internacional de Exposições confirmou esta noite que Dublin receberá a segunda exposição mundial. A candidatura teve o apoio do Conselho e serão enviados para a Irlanda todos os fundos necessários à realização do evento, que terá como tema o meio ambiente e as energias alternativas.

Relembramos a candidatura de Dublin:

Dublin World Expo

Nome: II Exposição Internacional OIE Dublin 2010
Localização: Dublin, República Socialista da Irlanda
Tema: O Homem e a Natureza: Energia Para o Futuro
Período: a determinar pela OIE


Cidade de Dublin
Dublin é a capital e maior cidade da República Socialista da Irlanda.
Localiza-se na costa oriental da ilha da Irlanda, na província de Leinster. Desde 2002 possui nível administrativo de capital de República da União. Os seus limites são os condados de Fingal a norte, Dublin meridional a sudoeste e Dun Laoghaire-Rathdown a sudeste. Encontra-se na foz do rio Liffey, na baía de Dublin. Tem 505,739 mil habitantes no centro da cidade e 1,661,185 habitantes em total. Foi fundada por colonos britânicos em 351 A.C. que a dominaram até 1170.


Tema: O Homem e a Natureza: Energia Para o Futuro
Devido à necessidade a nível mundial de encontrar alternativas energéticas aos combustíveis tradicionais e ao mesmo tempo equilibrar a existência entre o Homem e a Natureza, a Dublin World Expo deseja reflectir a vontade da comunidade internacional em encontrar soluções para esta questão, bem como apresentar novas tecnologias que melhorem a vida do planeta e das populações de todos os países do mundo.

Projecto para o Centro Expo:
Rede de Informação da URS - Página 6 Img_0202


Sub-temas

Preservação e sustentabilidade dos oceanos e orlas costeiras

Cada país poderá apresentar os seus projectos de preservação dos oceanos, diminuição dos níveis de poluição e ordenamento das orlas costeiras, bem como novas tecnologias que possam ser partilhadas e implementadas a nível internacional para garantir a preservação de espécies marinhas que existam apenas a nível local.

Projectos:
Rede de Informação da URS - Página 6 Dp_20


Energias renováveis e novas tecnologias

Nações e grandes empresas da área da energia serão convidadas a apresentar ideias e projectos na área das energias renováveis, principalmente as ligadas aos elementos naturais.

Projectos:
Rede de Informação da URS - Página 6 Dp_14


Criatividade e cooperação humana
As nações participantes serão convidadas a partilhar tecnologias e cooperar em projectos de preservação do meio ambiente e investigação tecnológica na área das energias renováveis. Os projectos poderão ser apresentados nesta zona da exposição.

Projectos:
Rede de Informação da URS - Página 6 Ev_01
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sex Abr 23, 2010 1:12 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Dinamo vence Gotemburgo em Kalmar

Rede de Informação da URS - Página 6 Sammir01


O campeão nacional foi a Kalmar vencer o Gotemburgo por 4-3 e cimentou a sua liderança na Liga Mundial. A vitória sobre os rivais kalmarenses na corrida pelo título deixou os adeptos em êxtase nas bancadas.

Rede de Informação da URS - Página 6 95mm4o


O Gotemburgo vinha-se a aproximar nas últimas jornadas e estava apenas a dois pontos do Dinamo, mas esta vitória dá de novo uma folga à equipa de Pratzen, que tem agora um ponto de vantagem sobre o Crystal City, que foi vencer a Athaulphia o Maus de Salas.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qui Abr 29, 2010 10:15 am

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Onda de assassinatos abala Trondheim do Norte

Depois da saída da APTN do Norte de Trondheim, o equilíbrio político do país parece pender lentamente para as mesmas mãos onde se encontrava antes da guerra contra o Sul. Nos últimos dias diversos assassinatos têm feito vítimas do espectro político de centro-esquerda. Desde líderes políticos democratas e comunistas, jornalistas anti-MDN e mesmo generais favoráveis à esquerda, ninguém cuja opinião difira do MDN parece estar a salvo.

O Conselho da União anunciou esta manhã a sua disponibilidade para receber quaisquer trondheimianos perseguidos politicamente no país mas apesar de muitas criticas internas, não foi anunciada qualquer intenção de intervir no país. PSU e PM estão ambos de acordo relativamente à não-intervenção e dão como exemplo o recente falhanço da FUS em pacificar o país. Thorvald afirmou no entanto que este é precisamente o tipo de cenário que faz com que seja necessário atingir um entendimento na Cimeira de Valtland.

Com a esquerda do Norte a receber apenas apoio diplomático ou moral, parece ser apenas uma questão de tempo até os sobreviventes do ex-regime fascista assaltarem de novo o poder no país.

Curiosamente as notícias de Trondheim são de que existe um grupo comunista alegadamente patrocinado por Triestin que estará por trás da recente onda de terror. Espen Jansen não hesitou em classificar estas notícias de "tentativas de distracção por parte dos fascistas".

A RIU quer por último deixar a sua homenagem e agradecimento a Maria Ostrava pelo seu trabalho em nome da liberdade de imprensa em Trondheim, bem como oferecer as suas condolências à sua família e amigos.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Maio 12, 2010 1:08 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Investimentos de Portugal e Australásia na FUS deixam economistas boquiabertos

A economia da FUS cresce a um ritmo impressionante. Ainda há poucos anos as empresas da União estavam no topo das empresas mais valiosas, mas o cenário mudou. A Massive Dynamic e a Boeing são agora as empresas mais valiosas do planeta depois de surpreendentes aumentos de capital levados a cabo pela Australásia e por Portugal.

Ruben Pettersson, da Universidade de San Julian, julga que estes investimentos serão catastróficos a longo prazo para os dois gigantes da Entente: "Os portugueses e britânicos pagaram pelas suas participações nas empresas da FUS valores altíssimos, e é certo que ninguém os comprará de volta por esses valores caso um dia os desejem vender. A CUF por exemplo, colocou-se numa posição bastante débil. Depois da intervenção em Trondheim e da revolução em Espanha, Portugal terá que investir nas suas forças armadas para se manter no topo junto da União e da FUS, e quando o fizer, todas as previsões apontam para que a CUF fique ligeiramente acima de um estado de falência. E nessa altura os portugueses estarão em território débil. Ou receberão investimento da Australásia ou terão que vender abaixo do valor real, pois investidores estrangeiros estarão cientes da necessidade de vender dos portugueses."

Mas o que torna estes investimentos mais incríveis segundo o Dr. Pettersson é a posição de subserviência económica em que os países da Entente se colocam face a um adversário directo no espectro político-militar global: "Sabemos que Portugal e a FUS continuam com relações diplomáticas inexistentes e existem tensões regulares entre os dois países. Isto torna incompreensível o investimento da CUF. Se existirem acções militares directas ou em situações proxy, a FUS pagará essas acções directamente com dinheiro de Portugal e da Australásia. Já falei sobre isto com vários colegas e o natural seria colocar o dinheiro em investimentos seguros em aliados, nomeadamente nos outros países da Entente, ou seja, fazer precisamente o que a FUS fez em relação a Kalmar na operação que colocou o Grupo Bechtel no topo da economia mundial."

Quando questionado se estas ocorrências podem significar uma crescente promiscuidade entre a FUS e a Entente que terá a União como alvo, Pettersson foi peremptório: "Não me parece, apesar das diferenças ideológicas profundas, a FUS e a União parecem sempre dar o braço a torcer quando os conflitos internacionais aquecem em demasia e as resoluções dos conflitos são normalmente pacíficas. Julgo que isto não se trata de uma conspiração anti-URS, mas sim de excelentes negócios por parte da FUS e muita ingenuidade e incompetência por parte dos responsáveis portugueses e britânicos. E não tenho dúvida, ou alteram a sua política económica agora ou ou estão condenados a médio-longo prazo como poderes globais".
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qua Maio 12, 2010 7:31 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

SpMky deixa a Entente e apela a Lapália que lhe siga os passos

Última hora, o presidente de SpMky acabou de discursar ao seu povo declarando a saída do seu país da Entente, vamos antes de mais ouvir o discurso, que terminou há pouco mais de 5 minutos:

"Caros cidadãos mundiais, peço-vos que me ouçam com atenção.
Todos sabemos dos grandes problemas que o nosso mundo atravessa e da tensão existente entre os vários blocos. Apesar da crescente influência das trocas comerciais, as coisas não estão mais calmas.
Não permitam que vos ponham tais venenos no prato da ignorância.
Vejam, por exemplo, a situação em Trondheim Norte: sob o pretexto da libertação de uma população trucidada pela guerra, Portugal e o Império Britânico juntaram-se a um grupo de lunáticos de extrema direita cegados pelo seu ódio ao comunismo.
É altura de dar um murro na mesa: a partir de agora, a República Democrática de SpMky não faz parte da Entente. Não queremos ser prejudicados pelas escolhas bilaterais de Portugal e do Império Britânico.
Há bastante tempo que tenho informado os líderes destes dois países que não podem apresentar a Entente como uma união coesa e avançarem juntos para todo o lado e arrastando consigo os seus aliados, como agora com o fecho do canal de Bab-el-Mandeb.
Avisei-os que a Entente não era composta apenas por eles e que, se a situação não mudasse era assim que iriam acabar. Pois nós já demos o primeiro passo e esperamos que Lapália tenha o discernimento de fazer o mesmo.
Relembro que este nobre país quase se via metido numa guerra quando decidiu taxar a passagem no Suez. Esta decisão foi tomada graças a pressões britânicas e portuguesas!
A Entente está podre e vai continuar a definhar enquanto os seus países mais fortes continuarem a querer policiar o mundo apenas porque sim. Sei que o mais provável é atrair uma tempestade enorme para o nosso país, mas se caírmos...
Caímos com GLÓRIA!!!"

Este é sem dúvida o primeiro passo para a desintegração da Entente, que já há muito se adivinhava devido à constante agressão luso-britânica contra outros povos. O presidente spmkyano apelou a Lapália que lhe siga os passos, vamos ter que aguardar por reacções vindas da Europa.

Para já levantam-se algumas questões, nomeadamente a questão da Inglaterra, que foi cegamente guiada em direcção ao domínio imperialista britânico e uma possível represália por parte dos poderes beligerantes da Entente.

Ainda não vieram reacções do Conselho, mas oficiosamente Nikolai Bradzienitsch lançou as primeiras farpas à Entente: "Os membros da Entente estão finalmente a perceber que não passam de fantoches nas maõs dos imperialistas britânicos. Estimo que até Portugal abra em breve os olhos para esta realidade."
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qui Maio 13, 2010 7:42 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Lapália deixa escorregar a máscara

Como é comum nos países totalitários, governados por monarcas absolutistas, Lapália escolheu o caminho da violência contra grupos e políticos de centro-esquerda como a resposta ideal às tensões diplomáticas que vive com a União Soviética.

Passaram poucos dias desde a proibição soviética de navios da Entente atravessarem o Estreito Bab-el-Mandeb e as autoridades lapalianas permitiram diversos atentados contra sedes de grupos simpatizantes com o socialismo.

"Não é coincidência, não me venham com conversas, as autoridades de Lapália têm o dever de proteger os seus cidadãos e não o estão a fazer como represália política. Encaixam que nem uma luva na organização totalitária e opressiva que é a Entente". Esta foi a reacção de Nikolai Bradzienitsch.

O Conselho manifestou o apoio total às acções soviéticas.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sex Maio 14, 2010 2:54 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Especial Editorial

Lapália continua regime de censura

Os noticiários lapalianos reagiram às notícias adiantadas por nós no dia de ontem. Aparentemente o governo e a polícia tentam manter a ordem e proteger todos os cidadãos. Se assim é então a incompetência das forças de segurança é abismal. Recordamos aos espectadores da RIU que o governo lapaliano direcciona 62% do seu orçamento para forças militares e de segurança, incluindo polícia.

Espera o governo lapaliano que o mundo acredite que não têm capacidade para proteger membros de pequenos partidos ou partidos de esquerda? A conivência do governo com estes actos de violência e intimidação para com os partidos de esquerda é óbvia e facilmente observável por qualquer espectador neutro. E os efeitos já se fazem sentir. O PIS, partido que recusou criticar as acções soviéticas, foi alvo de violência ininterrupta até os seus membros se verem forçados a dissolver o partido. É a democracia a funcionar em Lapália.

Para quê dedicar 22% do orçamento do país a forças de protecção se quando estas são necessárias falham redondamente na sua missão? Deixamos que os espectadores retirem a conclusão óbvia acerca do que se passa em Lapália.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sex Maio 14, 2010 3:16 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Thorvald contra extensão do bloqueio soviético a todo o mundo

O Presidente do Conselho manifestou-se esta noite nos estúdios da RIU contra a extensão do bloqueio naval soviético a países que não façam parte da Entente: "O Conselho da União apoiou e continuará a apoiar as medidas que a União Soviética aplicou aos países da Entente. No entanto julgo que alastrar essas medidas a outros países será contra-producente, pois o objectivo deverá ser demonstrar oposição à Entente sem prejudicar as relações com outros países que sejam ideologicamente distantes. Ainda hoje terei oportunidade de transmitir pessoalmente esta mensagem ao embaixador soviético".


Cooperativa Petrolífera de Yerevan substituirá Mobil a partir do próximo ano

O Ministério da Economia anunciou hoje que o contracto que existe com a empresa portuguesa Mobil deixará de estar em vigor no final deste ano. A Mobil é o principal exportador de petróleo para a União, depois de um acordo realizado há já mais de 15 anos, quando as relações entre a União e Portugal estavam em bons níveis.

O fornecimento vai ser garantido pela empresa soviética Cooperativa Petrolífera de Yerevan, faltando segundo o Ministério acertar apenas alguns detalhes. Oficialmente o custo de transporte foi a razão dada pelo Ministério, mas a recente tensão entre os países socialistas e os países da Entente deverá ter sido um facto decisivo.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Sab Maio 15, 2010 12:49 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Conselho aprova ajuda financeira à União Soviética

A União vai fazer a maior doação monetária da história mundial por parte de um país a outro depois de esta noite ter sido aprovado um pacote financeiro de 5 pontos que será oferecido sem contrapartidas à União Soviética. O apoio financeiro destina-se a ajudar na reconstrução da comuna soviética de Alaverdi, que foi palco de uma revolta estalinista e consequente acção militar por parte do Exército Socialista.

Espen Jansen deixou também a indicação de que a União abordará Triestin na Internacional Socialista para que este tipo de pacotes sejam regulares dentro da IS, que terão como alvo a economia da Burgolavia e possivelmente da União Soviética, caso o povo soviético aprove a entrada do país na Internacional. Segundo Jansen "Temos que tornar a Internacional Socialista uma organização cada vez mais virada para o desenvolvimento comum de todos os seus estados membros. Existem vozes críticas que nos acusam de atrair outros países para a Internacional para os usarmos com meros peões em jogos de influência política e militar, mas vamos mostrar na prática que não é esse o caso".
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  URS Qui Maio 20, 2010 5:06 pm

Rede de Informação da URS - Página 6 Riugx5

Fim de uma era: CPN fecha último escritório na Irlanda

Apesar de ao nível popular a situação estar longe de gerar consenso, ao nível estadual e prático, o processo de tornar a economia das Repúblicas Europeias independentes da União continua a todo o vapor.

Esta manhã a sede da Construtora Popular Nacional em Dublin fechou definitivamente as portas e a empresa deu por encerrada toda a sua actividade na ilha, cerca de 5 anos depois do processo de reestruturação económica se ter iniciado. As actividades, contractos e infraestruturas da empresa foram progressivamente vendidas ou cedidas a outras empresas, incluindo o Grupo Bechtel, a Halliburton e a FINSA, só para mencionar as maiores empresas americanas. O Ministério da Economia Irlandês adianta que a maioria dos contractos e operações ainda estão em mãos irlandesas, nomeadamente a Irish Housing e a Limerick Construction, mas a previsão é de que nos próximos 10 anos a situação se altere e o grosso da indústria da construção civil irlandesa esteja mesmo controlada por empresas norte-americanas.

O fecho da CPN reuniu cerca de 40.000 pessoas que protestaram contra esta acção. A manifestação teve o apoio oficial do Partido Marxista, que acusa o Conselho de ter "falhado em proteger os interesses de todos os cidadãos da União seja em que ponto do mundo se encontram". Os marxistas acusam ainda a "despesa monstruosa que o Conselho aprova para aumentos de salários para compensar a subida de preços".

Os dados indicam que com o fim do monopólio da CPN, uma empresa que na Irlanda possuía estatuto de utilidade pública e como tal não podia gerar qualquer lucro, os preços subiram mas irão com o tempo estabilizar e ficar bastante semelhantes aos praticados dentro da OCDE. No entanto o presidente irlandês, Sam Boyd, lembra que "o que a União poupa em custos de transporte de todos as matérias primas desde a Ásia até aqui, o custo da protecção de cargueiros que iam sempre acompanhados pela marinha quando passavam o Mediterrâneo e o fim de pagamento de taxas no Suez e em Gibraltar compensam em larga escala o que é gasto em ajustamentos de salários e redução de impostos".

O Conselho lamentou o fecho da CPN na Irlanda, mas segundo Thorvald "a decisão tomada há 4 anos foi a correcta, as circunstâncias ditavam que as Repúblicas Europeias teriam que ser geridas de maneira diferente".

Já na Islândia o processo de reestruturação está a decorrer de forma bem mais lenta. A população da ex-região triestina onde o Partido Marxista possuí maioria absoluta não tem aceite a situação com tanta naturalidade como os irlandeses. Manifestações quase semanais nas principais cidades do país levam a que as negociações entre empresas e trabalhadores sejam mais demoradas.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

Rede de Informação da URS - Página 6 Empty Re: Rede de Informação da URS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos