Comunidade NationStates Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

"El Desarrollo", mantendo o equilibrio

Ir para baixo

"El Desarrollo", mantendo o equilibrio Empty "El Desarrollo", mantendo o equilibrio

Mensagem  Portugal Qui Set 03, 2009 11:25 pm

Já eram altas horas da madrugada. Mascarenhas e Meneses entra na Intendência Geral da Policia. Vai directo ao gabinete do Intendente Geral. Corleone, estava na secretária descansando de um dia de trabalho pesado. Mascarenhas bate à porta. Corleone manda entrar...

Corleone: D. João, segundo dizem as más línguas, o homem mais poderoso do reino a seguir ao rei...

D. João: Parece que vossa excelência anda mais interessado na minha vida do que propriamente em perseguir criminosos que atentam contra a pátria...

Corleone: A vida de todos interessam-me, é a minha profissão, explorar a vida das pessoas descobrindo desvios...

D. João: Pois... A curiosidade matou o gato, sabia?

Corleone: Não sois vós mesmo que me chamais de "A Raposa". Creio que não há nenhum adágio relacionado com a curiosidade da raposa...

D. João: Deixe-se de gracinhas, tenho um trabalhinho para si...

Corleone: A estas horas da noite voçê acha que eu tenho cabeça para trabalhinhos? Meu caro, amanhã também e dia... Se quiser vossa mercê deixe na portaria que eu passo la para buscar depois...

D. João: E de sua Majestade...

Corleone: De el Rei? Podia ter avisado... Acabou mais uma reunião da "Junta da Noite"?

D. João: De que falais vós?

Corleone: Eu sei de tudo... Até lhe digo onde está a sua amante neste momento... *cara de ironia*

D. João: Maldito sejais! Lei isto, e não me fazeis perder a paciência!

Corleone *lendo*: Molina... Essa velho idiota nunca mais morre, diacho desse abutre fascista empasta todos os dias os registos com as suas novas tiradas em Espanha. Até que enfim alguém pensa o mesmo que eu.

D. João: Que sugere?

Corleone: O que a "Junta da Noite" delineou é um plano interessante... Agora querem que eu lhe ponha as virgulas, pontos, e gramática correcto?

D. João: Vamos lá ver se nos entendemos meu caro, se este pagode de insinuações com vista a atingir a minha pessoa, você terá problemas junto de sua Majestade...

Corleone: Voçê quer acabar no monte?*****

D. João: Desculpe?

Corleone: Deixe cá ver...


Corleone vai a uma gaveta cheia de portefólios carregados de cadastros. Contudo é uma selecção especial, que só ele tem acesso...

Corleone: Me.... Me.... Mene.... Menezes! Eis que aqui está... João Alberto Pereira Fontão Mascarenhas e Menezes e Saavedra, Marquês de Saavedra.

Dia 31 de Agosto, de 1980. Vossa excelência tenta "ofertar um presente" ao Marechal de Campo Soares Caeiro com vista a que este faça um golpe de Estado. O objectivo era implementar em Portugal uma ditadura militar! Soares Caeiro acabou "por desaparecer"...

Quer que leia mais...


D. João ficou extremamente embaraçado...

D. João: Excelência... Isso está bem... guardado não está?

Corleone: Há quase 30 anos que não era aberto... Veja as folhas já meias amareladas. Pelos vistos quem está na vanguarda sou eu... Aquele idiota do Marquês de Calatrava tem umas dividas para comigo já muito velhas.

D. João: Desculpe? Calatrava?

Corleone: O idiota do espanhol mais os seus capangas mataram 4 dos meus agentes. Além de uma perca enorme, esses agentes tinham informações que morreram com eles.

D. João: E os brogessos da Guarda Real deixaram escapar 6 capangas dele o outro dia...

Corleone: Um desses "brogessos" como vossa mercê adora chamar aos Guardas Reais, foi o que o safou em 1980...

D. João: Já deu para ver que não dá para falar consigo... Qual é o seu plano.

Corleone: Tejero Molina já é velho. O Calatrava tem 45 anos, e em principio é o favorito de Molina. É o "Marquês Operário", e Molina não para de o promover em Espanha. O objectivo é simples, Molina é um velho nostálgico, sempre sonhou com a Espanha Franquista e o seu regresso, mas sabe que se "mija fora do penico" tem el Rei a pedir-lhe contas, e com juros. Portanto não é ninguém perigoso... Mais tarde ou mais cedo esse idiota morre, a idade está contra ele, e vai-se juntar ao seu tão amado Franco. O que interessa é destruir Calatrava!

D. João: O Calatrava é o líder dos radicais da falange...

Corleone: E lider do projecto do "El Desarrollo". Um projecto que visa um crescente e progressivo ganho de poder por parte da Espanha, com vista a eclipsar Portugal. E quando esse processo já for irreversível, e Madrid comandar os destinos de Portugal e Espanha, acabam por "fazer parecer a morte da familia real" algo muito natural e dão o trono ao pretendente Carlista. Ainda não consegui caçar esse animal... É o maior desgosto da minha vida... Enfim, a vida tem destas partidas não é meu caro...

D. João: Avance, tenho mulher e filhos...

Corleone: Expor os planos do "El Desarrollo" poderia fazer surgir uma vaga secessória em Espanha, e a aclamarem o idiota la dos Carlistas como rei, isso levaria a uma guerra enorme, e seria-mos obrigados a prostituir-nos á OCDE para nos auxiliar a derrubar os malvados "féxistas". E depois iríamos ouvir aquela retórica coçada em tom de reprimenda, para eles darem a parte de bonitinhos e os portugueses de irresponsáveis. E para bonitinhos, já basta os agentes deles a quem eu torço os tomates volta e meia...

Queima-se publicamente o Calatrava... Aniquila-se a facção radical, acaba-se o Desarrollo, e a Espanha volta a ser um estado eclipsado por Portugal, quase uma semi-província como era nos anos 80.

D. João: Queime o papel?

Corleone: Acha que eu iria queimar semelhante relíquia?

D. João: Não... O que tem nas mãos, não sabe ler o pedido do rei? Mas se quiser queime o outro também...

Corleone: Bem me parecia... O outro, queimo-o se me garantir que Calatrava terá uma humilhação sem precedentes que o faça ter fobia a espelhos até ao dia em que estiver com os pés na terra...

D. João: Farei os possíveis para convencer o Rei...

Corleone: Muito prazer em falar consigo caro Marquês! Volte sempre...

D. João: Nem sabe o quanto a "sua presença me é aprazível"... Passe bem Sr. Intendente...

Corleone: Amanhã á meia noite tem os planos para a Junta da Noite os analisar...


A Junta da Noite é um "quadrunvirato" composto por um grupo de 3 personagens extremamente influentes junto do rei, que o influenciam nas suas decisões. Não é nada oficial, nem é um concelho. Tem a designação de "Junta da Noite" em virtude de o monarca se reunir com estas personagens a altas horas da madrugada para discutir altos assuntos de Estado. Ninguém sabe deste "convénio", salvo algumas personagens. Corleone sabe em virtude de espiar a Corte portuguesa até as profundezas das mentes dos seus integrantes, bem típico do seu estilo de trabalho psicótico, programado unicamente para o serviço do Estado e do Monarca.

***** -> Corleone ameaçava Mascarenhas e Menezes que o executaria num terreno descampado, para não deixar provas.

_________________
"El Desarrollo", mantendo o equilibrio Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

"El Desarrollo", mantendo o equilibrio Empty Re: "El Desarrollo", mantendo o equilibrio

Mensagem  Portugal Sex Set 04, 2009 10:36 am

No dia seguinte estava Mascarenhas e Meneses a dirigir-se de novo a Intendência Geral da Policia...

Mascarenhas e Meneses: Suspenda o processo...

Corleone: Quer mesmo isso?

Mascarenhas e Menezes: Que remédio... A puta voltou a vetar todos os projectos!

Corleone: Essa maldita... Maldita... Eu compreendo, mudar de campo subitamente, e Calatrava a ser afastado de repente, isso daria a entender que estávamos envolvidos numa cilada contra ele...

Mascarenhas e Menezes: Exactamente... Começai antes a tratar de um serviço de maior importância de momento! Tratai de fazer parecer com que Aquilla fez realmente muita porcaria... Mas daquelas tremendas. Crie uma equipe das boas mesmo, e mande-as ter com Carmona. O Condestável irá coordenar as operações que irão decorrer com as vossas no terreno.

Corleone: Que golpe tem em mente?

Mascarenhas e Menezes: Não sei... Sabe que Carmona e daqueles homens que arrisca sem medo. O mais provável é ser ele mesmo a provocar um golpe de Estado.

_________________
"El Desarrollo", mantendo o equilibrio Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos