Comunidade NationStates Portugal
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

RTP - Radio Televisão Portuguesa

+3
URS
Athaulphia
Portugal
7 participantes

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Ter Ago 11, 2009 6:46 pm

Monções Sociais na India

O Almirantado da Índia juntou-se a uma rebelião de proporções bíblicas por parte dos marinheiros da Armada da Índia. O Vice-Rei acabaria mais tarde por se juntar ao motim. Foi uma revolta onde não houve derramamento de sangue, nem sequer injurias verbais.

A Armada da Índia, há muito que apodrecia, tendo incorporada em si navios com mais de 70 anos, sendo o mais novo da Armada uma Corveta com cerca de 50 anos. O cenário do porto de São Bartolomeu da Boa Viagem é deplorável, seguem-se as imagens do porto.


RTP - Radio Televisão Portuguesa Alangchittagongshipbreaking-thumb



Aguarda-se uma solução para o caso e para o abandono a que o Estado da Índia está votado.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Ter Ago 18, 2009 5:02 pm

Moçambique reintegrado no Vice Reinado da Índia

RTP - Radio Televisão Portuguesa Beaches-mozambique-matemo-boat-w-rani-resorts-b1

Como maneira de salvar a ruinosa situação da Junta da Real Fazenda do Estado da Índia, que se encontra em profunda bancarrota, foi de novo "anexado" ao Estado da Índia, a colónia de Moçambique. A decisão foi recebida com um clamor tremendo em São Bartolomeu da Boa Viagem, a "capital no exílio".

Com esta "anexação" o Estado da Índia, pode vir a converter-se numa das mais pujantes unidades politico-administrativas coloniais portuguesas, conseguindo competir de boa saúde com Angola, a colónia modelo portuguesa.

Foi esta a decisão das Cortes reunidas em Tomar.

Moçambique é uma colónia com uma economia florescente, e dotada de uma oferta turística imbatível a nível global. As receitas retiradas da colónia ajudarão assim a sustentar as finanças do Vice-Reinado da Índia, o último Vice-Reinado do mundo.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Sab Ago 22, 2009 1:38 pm

Porto a ferro e Fogo: Republicanos intentaram um assalto a um banco!

RTP - Radio Televisão Portuguesa 600px-Michaelcollins18pdr

Republicanos afectos á Carbonária Republicana, tentaram hoje tomar de assalto a dependência comarcã do Banco Nacional Ultramarino. O que inicialmente estava para ser um assalto, converteu-se numa gigantesca batalha campal que durou um dia inteiro, tendo o Porto mobilizado dois Batalhões de Ordenanças com vista a deter os insurrectos. Tentou-se por várias vezes obter uma rendição, mas estes recusaram-na sempre. O edifício acabou sendo bombardeado pela artilharia da Ordenança. Após um severo bombardeamento os assaltantes Carbonários acabaram por se render. Na operação ao todo participaram cerca de 80 indivíduos. Ao que a RTP pode alegar junto da Intendência da Policia do Porto, a razão de tão grande número devia-se ao objectivo de capturar na integra 8 toneladas de ouro provenientes de um depósito da Companhia das Índias. Os Carbonarios calcularam mal, ao que se pode apurar, julgavam ser algo rápido e que os Ordenanças teriam medo da organização.
O Director da Companhia das Índias, Basílio Alberto dos Santos, agradeceu o desempenho valoroso das Ordenanças do Porto, concedendo uma verba de 80 000 Cruzados para as Ordenanças investirem em melhoramentos. A Câmara Municipal do Porto agradece a generosa quantia. Ainda da parte da Secretaria de Estado do Reino, sai um pedido a Sua Majestade para condecorar os valorosos Ordenanças que participaram nos combates contra os desordeiros.

De momento os desordeiros encontram-se detidos. De Valera, um dos cabecilhas da Carbonária Republicana, procurado á 15 anos pela Intendência da Policia, foi capturado. É considerada a maior captura dos últimos tempos. De Valera está implicado em 32 assaltos a bancos, 4 tentativas de homicídio qualificado, 45 homicídios, 108 Crimes de Lesa-Majestade, 405 crimes ligados ao Terrorismo, entre muitos outros delitos. A Relação do Porto não se pronunciou sobre a pena a aplicar a este vulto do Republicanismo, mas segundo os advogados de Acusação será pedido ao Juiz da Relação para que não aplique 110 anos de prisão, mas que para este caso seja aplicado a "Eternidade". Será o primeiro caso nacional a que um individuo é aprisionado para a eternidade. A Acusação apelará ainda para que não seja nunca posto em liberdade condicional, visto tratar-se de um individuo altamente perigoso.

De Valera é um irlandês de 52 anos. E 24 anos que está afecto ao movimento Republicano em Portugal. Iniciou-se na Carbonária, á 23 anos, sendo uma das elevadas cúpulas do poder da Carbonária. A sua captura pode ter provocado uma lacuna impreenchível nas brigadas operacionais da Carbonária na medida em que De Valera era o principal mentor de todas as operações.
Foi ainda durante 3 anos professor da Universidade de Coimbra. Tendo sido exonerado á 15, em virtude de se ter descoberto as suas ligações á Carbonaria. Até então teria andado a monte.


RTP - Radio Televisão Portuguesa Arisingmoviestill
De Valera, figura á extrema esquerda da imagem, aquando a sua detenção em virtude da rendição dos assaltantes no interior do edifício.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Qua Set 02, 2009 11:01 pm

"Decreto de Noé" lançado por D. João de Castro e Almeida

Em virtude da praga de cobras, que sempre assolou a Ilha de Timor, que nos últimos meses causou a morte a 26 pessoas, levou o Vice-Rei a lançar o Decreto de Noé. O Decreto de Noé consiste num conjunto de leis relativos ao abate de cobras, com vista à exterminação por completo deste animal na ilha. D. João encarregou 26 Biólogos da Universidade do Porto, e 6 da Universidade do Minho, para recolher um "espécime de boa composição" de cada cada sexo de cada espécie de cobra. É uma missão arriscada, mas os biólogos já possuem currículo na área, não constituindo portanto uma missão de alto risco. A equipe é liderada por um Professor de Biologia da Universidade de Évora.

Para um extermínio mais acelerado, e sem recurso a qualquer espécie de meio químico, D. João optou por um meio clássico de abate destes animais, mediante a compra de cerca de 4000 mil mangustos na URS. Como caução para evitar más reacções aos mangustos, há diversas disposições no decreto que visam a sua protecção, e quem os abater corre o risco de pagar pesadas coimas ao Estado da Índia.

RTP - Radio Televisão Portuguesa Mangust_family
->Família de mangustos comprada na URS.

D. João pondera ainda fazer uma adenda ao Decreto de Noé, com vista a defender e proteger os Sacarrabos que pensa comprar. Os Sacarrabos, ou "Ratos-Do-Faraó", são uma espécie de mangustos que devoram ovos de crocodilo. Contudo ainda se está a estudar tal em virtude de os crocodilos serem animais sagrados para as populações locais.


Guerra em Throndeim

As vitórias do Exército Popular Fascista somam-se umas atrás de outras. Aquilla fica para a História pela sua implacabilidade. O Estado-Maior português está impressionado com a capacidade militar dos fascistas, considerando-os excelsos militares em comparação com os seus opositores democratas, cujos líderes militares aparentam ser bastante incompetentes.
Outro inimigo que tem surpreendido os portugueses são os muçulmanos. Apesar de o seu comando ser dotado de pouca astúcia, e os seus recursos serem mais limitados que os democratas, impressionam pela sua valentia em combate. De todas as frentes em confronto, são os mais corteses e diplomáticos.

Óscar Carmona, o venerável Condestável, foi colocado à frente das operações. Contudo não pode impedir de demonstrar o seu desagrado por estar a ser colocado em combate ao lado de fascistas. A equipe da RTP e da RDP que cobre o conflito, teve a honra de entrevistar o venerável veterano da 2ª Guerra Mundial. A entrevista foi realizada em Chaves, onde o Condestável se encontrava de visita à cidade e ao Regimento de Cavalaria.


RTP - Radio Televisão Portuguesa 408539882_eddaa06686_o

Márcia Ribeiro: Vossa excelência, antes de mais nada gostaria de agradecer a sua disponibilidade em nos conceder esta entrevista. Confesso que é uma honra estar a entrevistar um herói nacional em vida.

Óscar Carmona: Eu é que agradeço, e sempre um prazer e um dever endereçar e informar o povo português do que decorre na politica e na guerra.

Márcia Pinto: Condestável, diga-nos como descreve o conflito?

Óscar Carmona: É um conflito regional nitidamente. É um estado dividido em 3 fracções, 1 fascista, 1 democrata e outra islâmica. As duas últimas aparentam ter uma visão 3 partida daquele Estado, enquanto a primeira tende para unificação. É característico dos regimes fascistas um nacionalismo exacerbado e muitas vezes tendem mesmo a forjar uma identidade nacional. Creio que Aquilla não seja diferente dos seus antecessores europeus.

Márcia Pinto: Condestável, sendo vossa mercê um veterano da 2ª Guerra Mundial, que combateu o totalitarismo de extrema direita, e de certa forma um icon da luta contra o fascismo e a opressão como se sente ao ter o Exército Real Português a combater pelo fascismo em África.

Óscar Carmona: Isso é uma pergunta extremamente pessoal, a menina tem a certeza que quer que lhe responda?

Márcia Pinto: Se vossa mercê não o desejar não o forçarei...

Óscar Carmona: Digo-lhe... Extremamente mal. Vi coisas na Europa que não lhe sei responder, rezo todos os dias a Deus para que ninguém tenha de ver, sentir e ver o que vi durante a 2ª Grande Guerra. Entrei na guerra com 16 anos. Nessa altura o Colégio Militar foi "esvaziado", Portugal estava nos limites da sua capacidade militar. A Grã Bretanha estava a beira do colapso, e Portugal necessitava urgentemente de socorrer o mundo livre, e combater Alfred Ulrich. Era um homem de feições perversas, dotado de uma maldade tremenda... Monstro não lhe posso chamar, mas que era o que de pior há no ser humano, diria que sim... O meu ano escolar, os meus colegas foram todos mortos. Uns em campo de batalha, outros em campos de prisioneiros aquando a chegada de forças inglesas com vista a libertar esse campo. Vi campos de concentração, onde matavam crianças só por serem judias... Não quero falar mais, porque o horrendo foi inexplicável e marcou a minha vida para sempre. Como deve entender, jovens com 16 a 18, na flor da sua juventude, a presenciarem uma guerra industrial, em que o ser humano foi reduzido a um simples número, marca a vida de uma pessoa. Digo-lhe é desconfortável semelhante posição, por mim e por todos aqueles que combateram o fascismo. Mas não passo de um militar, o meu dever e para com a nação e Estado, assim anulo o individuo em prol do colectivo.

Márcia Pinto: E como prevê as suas relações com Aquilla? Para todos os efeitos vossa mercê terá de tratar assuntos de guerra com o líder fascista...

Óscar Carmona: Será uma relação de trabalho meramente... Gostar daquele homem? Não tenciono isso...

Márcia Pinto: Se me poder responder... Diga-me vossa mercê, o porquê do envolvimento de Portugal neste conflito?

Óscar Carmona: Portugal, como potência imperial, naturalmente possui uma periferia, que é designada em geo-estratégia por "área de influência". São muitos interesses, que vão desde justificações históricas até económicas. O governo português, à altura conhecido pelo "Ministério de Mascarenhas e Menezes" optou pela entrada no conflito com vista a ver satisfeitas as velhas reivindicações coloniais portuguesas e espanholas, sobre territórios ocupados no passado.
De minha parte o que eu posso questionar, e até um certo ponto criticar, é a escolha do campo de batalha operada pelo governo. E posso dizer, que Tejero Molina não está inocente nesta questão, e que de certeza moveu influências junto do executivo com vista a propiciar o alinhamento de Portugal pelo bloco fascista.

Márcia Pinto: Começa a haver intervenção estrangeira no conflito, como se sente ao combater contra indivíduos que outrora foram seus aliados?

Óscar Carmona: Sinceramente não sinto constrangimento. A OCDE não passa de um bloco onde o capital assume a faceta de executivo politico, e em que se combate não por valores morais, mas por valores capitais. Se calhar Aquilla é moralmente menos repreensível do que MacKenzie Allan.
A minha missão é vencer a guerra, e é isso que farei, custe o que custar.

Márcia Pinto: Suspeita-se da criação de Brigadas Internacionais por parte de diversos países, como é que vossa excelência irá lidar com este tipo de individuos?

Óscar Carmona: À luz do exército português são mercenários... E as penas aplicadas serão as mesmas que se aplicam a qualquer mercenário.

Márcia Pinto: Quais são os procedimentos.

Óscar Carmona: Em virtude de se encontrar em guerra, a zona ocupada por Portugal é equiparada a zona de Lei Marcial. Serão interpretados como homicidas, automaticamente serão executados sumariamente.

Márcia Pinto: Isso não causará problemas diplomáticos?

Óscar Carmona: Isso cabe as entidades diplomáticas competentes lidar. Limito-me a cumprir as minhas ordens.

Márcia Pinto: Gostaria de declarar mais algo Condestável?

Óscar Carmona: Sim gostaria de deixar uma mensagem ao governo português, que pense mais refletidamente por quem toma partido, porque esse partido pode ser um presente envenenado. E mais não tenho a declarar...

Márcia Pinto: Obrigado vossa mercê pelo seu depoimento!

Óscar Carmona: Sempre ao vosso dispor...

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Sex Set 04, 2009 12:55 pm

Comunicado, deixa Portugal em choque!

RTP - Radio Televisão Portuguesa Fdusoy10

Comunicado Aberto à Comunidade Internacional e Endereçado ao Reino de Portugal e ao Povo de Trondheim


A Federação Unida de Scream_off, enquanto membro integrante da Comunidade Internacional e respeitador da Liberdade da Soberania de cada Nação, não tolerará a continuidade das atrocidades que estão a ser praticadas em Trondheim, nomeadamente pelo Reino de Portugal, que renova o seu imputo assassino, voltando a brutalizar a vida de pessoas que se querem tornar mais livres.

Assim, o Reino de Portugal deverá suspender imediatamente as suas operações militares em Trondheim, e tem 24 horas para se retirar do território. A falha de cumprimento destes dois pontos, resultará num efectivo apoio militar directo da Federação Unida de Scream_off, na libertação do povo de Trondheim.

Ao Povo de Trondheim, o Governo Federal pede que todas as hostilidades entre as diferentes facções em luta sejam imediatamente suspensas, e que se reúnam no seio da Sociedade das Nações, ou numa qualquer estrutura suportada pela Comunidade Internacional, para por fim ao Conflito, que apenas causará dor e sofrimento aos cidadãos de Trondheim.


Este comunicado chocante e falacioso e deturpador da imagem de Portugal, já causou uma onda de indignação generalizada entre os Portugueses, e especialmente no governo Português. O Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Guerra, endereçará estas palavras á nação:

RTP - Radio Televisão Portuguesa Silvio-berlusconi-4_670820c

Enderesso minhas palavras não só ao mundo mas aos homens, que pensem por si e raciocinem livres das falácias forjadas por uma FUS desejosa de uma nova guerra.

É em tremendo estado de choque que recebo semelhante comunicado, que diria que possui contornos ultrajantes, sendo portanto uma campanha difamatória á escala mundial contra o povo português acusando-o de ser um povo de sanguinário desprovidos de qualquer sentido ético. Demais digo, que a memória dos dirigentes da FUS, ou então o seu sistema de ensino tão débil, que já se esqueceram por completo das centenas de heróis portugueses que deram a sua vida pela vitória do mundo livre á 60 anos atrás.
Acusam Portugal de atrocidades, quando a maior atrocidade provêm da forja em que modelam as suas falácias. Ainda digo, que quando os jornalistas foram presos, frutos das vicissitudes do calor da guerra, o primeiro a mover-se pela libertação daqueles inocentes civis foi precisamente um grande combatente e herói da Liberdade, o Marechal Óscar Carmona, que abandonou o seu quartel general para exigir a Aquilla a sua libertação! Isto demonstra perfeitamente, o quão ingrata é a FUS, auto proclamada a defensora da Humanidade, que apenas busca os loiros, enquanto outros, como Carmona apenas buscam a salvação dessas vidas que tanto poderão dar para a Humanidade!
E como pode a FUS, falar em liberdade quando foi Portugal que no passado foi obrigado a desfazer-se das suas terras seculares, só porque alguns o acharam que assim o havia de ser! Pensai, gostariam que alguém por entrasse em vossa casa, e vos a retalhasse sem o vosso consentimento? Com certeza que não, e os portugueses já se martirizaram o suficiente pela Humanidade para exigir aquilo que e deles por direito! Chama a isto liberdade Sr José? Gostaria que se Aquilla se tivesse o seu poder militar lhe exigisse parte das suas terras por exemplo? De certeza que a Sra se afundaria em mil e uma justificações, sempre mas sempre munida do santo nome da Liberdade para o evocar. Já se diz no cristianismo, "Não evoqueis o nome de Deus em vão", para nós políticos do bem, é não evocar o Santo Nome da Liberdade em vão, vossa excelência já nem em vão o evoca, mas em excesso! Perdoai minha ousadia, mas a verdade, essa grande amiga da Liberdade, tem que ser chamada em seu socorro!


Aquilla para que o mundo todo saiba, foi acusado de crimes de guerra! Está preso, e em mãos de Carmona! Aqueles que combatem os portugueses com todas as suas faculdades a destilar um ódio que não é o seu, e que foram vilmente massacrados por Aquilla depois de rendidos, que muitos deles possuíam as suas mãos e vestes manchadas de sangue português, estão agora os portugueses a baterem-se por vingar as suas mortes desumanas! Chama-nos algozes de povos Sr José? Então pense bem antes de falar, porque uma característica a que nos tem habituado ultimamente, e que a senhora fala de tudo, sem saber de nada!

Que culpa tenho eu, fruto de um novo executivo, dos cálculos errados do executivo anterior? Será que a FUS é tão perfeita que os seus politicos são uma espécie de casta sobre-humana, que nunca erra? Duvido muito dessas constantes insinuações. Todos nós somos falíveis, até eu provavelmente estarei a cometer erros contra a sua pessoa, mas dou meu beneficio da dúvida, ao passo que a Sra. aparenta ser tal modo monolítica nas suas opiniões, que nem sequer dá o beneficio da dúvida. Sabia o que disse o grande matemático português Pedro Nunes? "A experiência e a mãe de todas as verdades"! A Sra. já experimentou?

Findo aqui minhas palavras, mas com uma certeza, os portugueses já mais se apartarão de África, pois isso está em sua sina! Assim como está na sina de Portugal o combate aos tiranos que assolam a humanidade. Não queira ser tão tirana na Verdade, quando Aquilla é com o seu povo!


Última edição por Portugal em Sex Set 04, 2009 1:03 pm, editado 1 vez(es)

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Dom Set 06, 2009 1:27 pm

Aquilla, criminoso de guerra!

A noticia que se segue deixou em estado de choque todo o exército português e espanhol envolvido em campo de batalha em Throndeim. Aquilla, chefe de estado e governo de Throndeim fascista, que todos julgavam um homem justo e movido por ideais nobres, dotado de um fascismo humano, acabou por se revelar um tirano sanguinário. Todo foi descoberto quando uma patrulha de reconhecimento, liderada pelo Tenente Carvalho da Silva, fazia uma picada em busca de movimentações estranhas dentro das linhas de combate. O que se deparou foi com a execução de 300 prisioneiros de guerra. Algumas horas mais tarde, uma coluna espanhola que se dirigia para a frente de combate, constatou um massacre em massa numa aldeia em território ocupado, levada a cabo por fascistas.

O actual executivo, já apresentava reticências quanto ao apoio do governo português ao lado fascista, tais actos acabariam por ser a gota de água. O Marechal Carmona ainda tentou deter o algoz de tais mortes com vista a evitar mais massacres, contudo este escapou-se após um severo combate, acabando os portugueses por sofrer 300 baixas em combate. O Marechal Óscar Carmona está de boa saúde, mas extremamente exausto do intenso combate.

RTP - Radio Televisão Portuguesa Jonestown-massacre

A imagem que se segue é de civis mortos numa pequena aldeia. Os espanhóis tentaram deter o massacre, contudo apesar de já terem chegado tarde, ainda conseguiram resgatar com vida cerca de 30 civis.
O Estado Fascista de Throndeim encontra-se agora em desagregação, fruto do caos causado pela fuga de Aquilla. Carmona emitiu um mandato de captura para Aquilla.

Foi no entanto anunciado um cessar fogo com os muçulmanos. Os democratas, movidos pela cobiça e ganância rejeitam toda e qualquer tentativa diplomática. O que leva as autoridades portuguesas no terreno e a diplomacia a entender, que os democratas apenas procuram a guerra e são capazes de tudo para obter a vitória.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Seg Set 07, 2009 5:26 pm

Lopes Gonzaga transmite um comunicado a Portugal, Espanha e ao mundo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Alec_baldwin_3066

O Secretário de Estado do Reino (aka 1º Ministro), António Lopes Gonzaga, em virtude dos recentes acontecimentos e do discurso inflamado do Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Guerra, vem a público transmitir de acordo com ele uma mensagem de paz e ordem, e delinear a posição de Portugal no recém-formado conflito.

Aguarda-se a transmissão... Gonzaga sobe ao pódio, traz consigo uns papeis... Pede o silêncio aos membros da comunicação social. E o discurso inicia-se:

Recentemente, tenho ouvido insinuações provindas de alguns jornalistas, insinuando que existe um certo clima fascista em Portugal. Digo eu, se isto é por virtude de falta de informação ou contra informação, naturalmente que não dou ouvidos, mas se é com o objectivo de desinformar e acicatar as massas do globo contra o sereníssimo reino de Portugal e Espanha, digo-vos sois uma vergonha para os vossos, porque traís os vossos princípios éticos e deontológicos!
Partindo do principio eu que há falta de fontes, e informação difusa e desconexa venho agora em defesa do Reino de Portugal e Espanha, com vista a que os senhores realmente entendam a posição de Portugal.

Portugal e Espanha são duas nações, unidas numa só coroa, com um passado riquíssimo, e uma longevidade ancestral. A idade, por vezes não é sinónimo de maturidade, mas para Portugal e Espanha devo dizer-vos que definitivamente é um sinal de maturidade e idoneidade moral. Quantos de vós já não pedistes conselhos a pessoas mais velhas? Quantos de vós já não deixaram a resolução de brigas a pessoas mais velhas? De certeza que não era pela sua pujança e força, mas pela sua sabedoria e justiça. Portugal se atravessasse uma crise de senilidade nacional, face aos crimes de Aquilla manteria uma posição de descrédito, fazendo "ouvidos de mercador" ás noticias e relatos, provas e factos sobre as brutalidades do regime de Aquilla. Mas não! Portugal como nação amiga da Humanidade, dotada de valores e ética vinculadas por séculos e séculos por uma tradição que visou a purificação dos sentimentos nobres, desemboca precisamente na Era Lusíada, que actualmente vivemos.
É precisamente pelo fruto dessa maturidade, que Portugal apenas não faz os cálculos de quantas bombas são necessárias para matar X número de soldados! Isso seria atitude de nação jovem, sedenta de mostrar a sua pujança, como um galo batendo-se pelo domínio do galinheiro. Portugal pensa em quem será melhor para Throndeim! Aquilla pareceu ao executivo anterior, alguém que trazia consigo uma visão diferente do Fascismo, exortando apenas o seu sentido épico de glorificação, sendo este desprovido de violência e agressividade. Como podeis ver, até os velhos aprendem, e mais uma vez foi comprovado que os fascistas não são gente de boa estirpe, provêm do sentimento mais básico do homem, são um fruto da imaturidade da espécie humana. Portugal não iria tolerar, nem apoiar, que esta imaturidade alguma vez levasse e condenasse à morte milhares de pessoas, só para satisfazer meia dúzias de palavras de um livro, ou então as ideias torpes de um homem que sonha apenas em controlar o seu país, como que uma criança controla uma casa de bonecas. Os seres humanos não são bonecos de brincar, e se o Sr. Aquilla assim o julga, está aqui alguém que o ensinará a não brincar com as vidas e sonhos de centenas de milhar de pessoas.

O mesmo também endereço aos democratas. As nações africanas nunca compreenderam a democracia. Ouso, apesar de ser politicamente incorrecto, que toda a gente sabe o que quer dizer democracia, mas poucos entendem o seu conceito. Podia passar aqui horas a desenvolver conceitos antropológicos de evolução das sociedades e culturas, mas apenas informo que o povo de Throndeim não tem condições para a democracia, e que por muito nobres que sejam os ideais da democracia, esta incautamente acaba por ser uma benesse para os fascistas. Quem não nos garante, que daqui a uns anos, fruto da irresponsabilidade de um governo qualquer, que desagradou ás populações que Aquilla, ou algum admirador regresse com o objectivo de impor de novo o seu jugo de ferro na nuca dos africanos? Mais uma vez as forças do Mundo Livre teriam que intervir, mais sangue se derramaria, mais um impasse face ao progresso da nação. Será que se é assim tão mau para se votar tanta gente a um fim tão cruel como privar-lo do natural desenvolvimento das sociedades humanas? Sinceramente, a Democracia será um fiasco, a ruína de milhares. Contudo, ainda há pessoas egoístas neste mundo, podendo elas mover-se inocentemente por ideais nobres, ou usando o Santo Sudário da Liberdade como véu para cobrir as suas maquinações. Sejam as duas, são ambas condenáveis, e só demonstra ou a imaturidade da pessoa ou então a ganância desenfreada.

Os muçulmanos. Apesar da religião maometana ser algo provindo das áridas terras da Arábia, há anos que já parte da vida daquele povo. O Islão para aquele povo é sinónimo de uma evolução sustentável, que permitirá aos povos de Throndeim adquirir a sua maturidade global, e enfrentar a tempestade global dos dias de hoje com confiança e determinação, como a garra de um leão rei da selva em África. Mesmo assim há detractores, que insistem em apoiar a gazela só porque é um animal pacifico, enquanto outros se esforçam por escorraçar a Hiena para por o Leão no poder. O Leão pode matar, mas estabelece a harmonia, ao passo que a gazela é vitima de ambos, e a Hiena é oportunista e sádica.
Mas alguém melhor para compreender África que os portugueses, que desde o século XV se aventuram por ela? Ou será que outros povos, habituados a outras lides possuem mais autoridade que os portugueses para contrariar as suas palavras e métodos? Não querendo ser narcisista, e apelando a uma análise das pessoas e líderes do globo, creio que Biólogo especializado no continente Americano, nunca irá compreender completamente África da mesma maneira que um Biólogo especializado e vivido em África.

Findo minhas palavras, e lego agora o veredicto a vossa consciência. E espero que não seja como Cristo, em que foi preciso morrer para todos entenderem que ele realmente tinha razão.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Ter Set 08, 2009 5:36 pm

Guerra eminente, a FUS ameaça Portugal e Espanha pondo em causa a sua legitimidade em África.

A FUS, já acostumou os povos do mundo á sua politica leviana e a sua diplomacia resolvida com a voz dos canhões. O Presidente Zé, que quer criar em volta de si a áurea do "Super Democrata" nem é capaz de ouvir as soluções coalizadoras disponibilizadas por Vilhena com vista a um conflito pacifico.

Vilhena acabou de prestar as mais recentes declarações por telefone:

"Impossível negociar. Se Palmar se chama um diplomata, eu diria que de diplomata nada tem. Tentei de tudo, e creio que nem vendendo a minha alma ao diabo conseguiria a paz. A FUS aparenta estar sedenta de guerra..."

Já o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Guerra, não tem papas na língua:

"A situação é simples, procuramos uma via equalizadora propondo uma acção conjunta das acções no terreno entre a FUS e Portugal. Para quem afirmava que lutava pela democracia, parece que não sabe ouvir o outro lado de modo a procurar uma solução. Lamento mas a FUS não posso considerar um país democrata mas uma Tirania pela Maioria, visto que na Democracia verdadeira se encontra um meio termo entre dois opostos.

A Guerra? Portugal não disparará o primeiro tiro de certeza! Portugal está numa missão em África, agora se a FUS o fizer, naturalmente nossos homens não se irão coibir de ripostar e se defender"

Foi decretada Lei Marcial em todo o país, e recolher obrigatório. Os Concelhos já estão a recrutar as Companhias da Ordenança com vista á defesa territorial. Pedimos aos portugueses que colaborem com as autoridades portuguesas. Mais informações se seguirão. Informações locais, contacte as Câmaras.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Qui Set 10, 2009 11:45 am

Noite de pânico absoluto em Timor Leste

Uma tempestade típicamente tropical e um clima de terror, fizeram com que Timor bradasse aos céus pela sua redenção. Contudo não foi a tenebrosa tempestade que causou o terror na ilha, mas alegadamente a aparição do "Holandês Voador".
O mítico navio fantasma, que de acordo com os mareantes da zona, assombra "todos os mares" do mundo, dizem as populações que saiu da água, e atracou em costa! As populações temeram uma vaga de fantasmas cataclismica que varesse a ilha. Os sacerdotes, mediuns e xamãs não tiveram sussego a noite inteira. No dia seguinte, com muita relutância lá se aproximaram do "Holandês Voador"...

Na verdade a tempestade foi tão turbulenta que fez remover do fundo do mar um antigo navio holandês do século XVII! Com o alegado "sósia" do "Holandês Voador" denunciado, o clima de histeria colectiva findou. Mesmo assim os mais cépticos, afirmam que está para breve uma aparição.

A Sociedade de Ciências da Índia, já está a tratar da recuperação do navio, que segundo os especialistas daquela sociedade:

"É grande, e valorosa raridade que tem que ser a todos os custos preservada"

Especialistas de Portugal e todo o mundo estão a acorrer a Timor Leste para salvar o navio da degradação, em virtude de séculos exposto á água, se ele secar pode ser catastrófico.

RTP - Radio Televisão Portuguesa Flying-dutchman-front

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Athaulphia Qui Set 10, 2009 12:05 pm

O Museu Athaúlphico, a maior instituição athaúlphica dedicada à arqueologia e a história, oferece a seus melhores especialistas e meios para colaborar na recuperação do navio descoberto em Timor. No Museu Naval de Athaulphópolis conservamos ainda a "Endevé", uma caravela do século XV utilizada pelos Fundadores de Athaulphia, pelo que temos experiência em casos similares.

Cumprimentos,
Eduardo Punset, presidente da Junta Directiva do Museu Athaúlphico
Athaulphia
Athaulphia
OCDE

Número de Mensagens : 2086
Capital : Athaulphópolis
Regime Politico : República Democrática Parlamentarista
Chefe de Estado : Presidente Ignacio Noguerol
Data de inscrição : 28/08/2008

http://www.nationstates.net/athaulphia

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Qui Set 10, 2009 6:34 pm

A direcção da RTP enviará e mensagem directamente para o Vice-Rei da Índia, que com toda a certeza irá aceitar a colaboração cientifica de tais prestigiados especialistas.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Sex Set 11, 2009 5:02 pm

Arguim, Guiné-Bissau, de regresso à Coroa Portuguesa!

Os territórios portugueses, usurpados outrora no passado, regressaram a Portugal pela mão de Tonetto, o Chefe de Estado Fascista do Norte. O acordo foi conseguido pelo Condestável Óscar Carmona, que negociou com Tonetto uma retirada, que este alegava que era necessária para ele restabelecer a ordem e a paz no país. Portugal naturalmente face a este pedido, teve de ceder com vista a não provocar mais percas de vidas desnecessárias.

A entrega formal dos territórios irá dar-se para breve, e Sua Alteza Real D. Guilherme I, já pediu ao governo que nomeasse os respectivos governantes para administrar as colónias e possessões.

Espanha por seu torno reaveu o Sahara Ocidental, segregado da Espanha na década de 60.

São dias de felicidade em Portugal, que parecem ter varrido por momentos a ameaça da FUS que paira sobre o país.


RTP - Radio Televisão Portuguesa SuperStock_463-6108

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Sex Set 11, 2009 7:45 pm

Momento de Portugal! Boletim informativo para o povo português!

RTP - Radio Televisão Portuguesa Hitler_pig
Assim diria o porquinho! Mas pelos vistos o Presidente Zé não... Ao atentar contra Portugal só permite a criação de um novo Ulrich! Português queres alguém que no passado te pensou em escravizar? Eu sinceramente não!

RTP - Radio Televisão Portuguesa Carlesstalk
Enquanto o inimigo fala que Portugal "retalha nações" por detrás e o desejo flagrante da FUS em controlar tudo e todos! Não te deixes levar, alerta, alerta, contra Portugal se atenta!

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Sex Set 11, 2009 8:40 pm

A Hipocrisia de Putin, por Dr João da Vega

O Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Guerra, Dr. João da Vega, veio a público com uma mensagem sobre o mais recente ataque de Triestin dirigido a Portugal via a sua televisão estatal.

RTP - Radio Televisão Portuguesa Silvio-berlusconi

"Triestin constitui uma das maiores fachadas globais que alguma vez já foi vista neste mundo. O Sr. Putin, o alegado libertador do jugo de Stalin não passa de um novo Stalin... Diga-mos com uma figura mais simpática e de perfil mais recatado. Uma mudança cosmética apenas! Recentemente, os comunistas acusaram Portugal de fascismo! Provindo daqueles senhores, cujo o seu vocabulário politico é extremamente limitado e preconceituoso, e para o restante telespectador entender, fascista = ditador malvado. *gargalhadas do público*
Naturalmente, é uma acusação hilariante, desprovida de senso, e de mau humor diria eu! Agora resta-me pegar nas ferramentas vermelhas, para construir um discurso que todos entendam... Não será o fascista aqui o Sr. Putin? Não será tão igual a Ulrich ou a Aquilla, com a diferença que invés de ser pelo preto(cor do fascismo) e pelo vermelho? A estética pode ser diferente, mas os métodos são exactamente iguais!

Agora está muito em voga, se calhar até subestimei o Presidente Zé a nível de criador de grandes modas, fazer de Portugal o patinho feio do mundo! Portugal em África, retira-se de Trondheim para dar espaço à vontade para a tão psicóticamente desejada intervenção da FUS, que usou todos os meios e mais alguns para estorvar Portugal na sua missão humanitária! Já que a sua questão era tão grande, liberdade lhes demos! Mas acusarem-nos de serem os "fascistas"? Meus senhores as verdades estão à vista! Só quem é cego, ou quer-se fazer de cego, é que não as vê!

Sr. Presidente Zé, a sua vocação não é a politica, mas o mundo da moda! Desculpe-me a observação... *risos do público*

Analisemos Triestin... Um estado imperialista, apesar de jurar a pés juntos que não o é! Mas a expansão sempre esteve na ordem do dia da sua classe politica! A queda de Stalin gerou-se porquê? Porque Stalin agrediu gratuitamente, com uns esfarrapados motivos Vibra, um pacífico país da Ásia! Alegavam que Portugal pretendia invadir-los até! Já temos problemas que cheguem com o Vice-Reinado da Índia, ia-mos meter-nos numa alhada ainda maior? Com a maior potência do mundo, a URS? Ora bem, Portugal graças a Deus não tinha um Stalin! *risos*
Continuando com a analise, durante a revolução bolchevique Macau foi invadida! Usurpada de mãos Portuguesas, quando esse território tinha sido cedido no passado a Portugal! Alguém criticou isto na altura, e já a SDN existia! Ninguém... Ficaram a ver o lamentável espetaculo! Já por sua vez, Timor está á mão de semear! Quem é que não nos garante, que seja o próximo alvo? Tanto mais que Triestin em um ódio de estimação, á Australásia, naturalmente que até pode ser fundamentado, porque sendo os australasianos amigos da Liberdade naturalmente não consentem nem conseguem conceber um regime que brutaliza a todos os níveis a sua população! O Sr Putin fala-me, ou pelo menos insinua, brutalizações? Está convidado por mim, a vir a Portugal, pegar num carro e ver onde é que há "maldades fascistas" neste país! Já diz um ditado antigo do nosso povo: Quem não deve não teme! Está tudo à mostra! Agora vir um senhor desta natureza dar-nos lições de democracia? Sinceramente, isso seria o mesmo que pedir a Aquilla para definir Liberdade! Naturalmente que muito bom português pediria para internar num manicómio esse senhor!

Moral da história, neste meu pequeno comunicado: "Não atires pedras com telhados de vidro", já diz o nosso povo aos mafarricos, e digo-o eu ao Sr. Putin e ao seu Comité Comunista!

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Dom Set 27, 2009 9:23 am

Folia em tempos difíceis

As academias de todo o país vão recebendo os seus caloiros, desde o Liceu até à Faculdade as praxes académicas estão no pico da sua actividade. Parece que os tempos de crise não demovem os estudantes. Contudo pelas diversas praxes de Lisboa a que a RTP teve acesso, a sátira à ATE é inflamada.

RTP - Radio Televisão Portuguesa Praxes+029

Entre brincadeiras e graus da praxe, as academias mantêm o seu ritmo típico. Em Coimbra foi de notar ainda a presença de imensos estudantes armados pertencentes aos Batalhões Académicos "Minerva" e "Anjos Negros", o que provocou um pavor tremendo nos novos alunos, contudo os estudantes militarizados não demonstraram qualquer reacção provocatória aos seus novos colegas.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Qui Out 01, 2009 4:07 pm

Propaganda

RTP - Radio Televisão Portuguesa Propagandaportugalns


OOC: "Besta do Apocalipse" = Presidente Zé da FUS

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Dom Out 04, 2009 6:53 pm

Revelada a identidade do "Holandês Voador"

O navio naufragado á mais 300 anos, que deu á costa em virtude de uma tempestade apocalíptica no mar de Timor já foi identificado. Após uma consulta nos arquivos históricos da Republica de Java (URLC), o navio é "Rasjkavik", e era comandado por Iorg Bolsignan um capitão Boganhês. O seu objectivo era na verdade transportar uma carga de materiais de construção com vista à fortificação de diversos pontos da ilha de Java. Contudo nunca chegou ao destino. Pode-se apurar que pelo menos na altura da sua suposta chegada a Java houve 3 tempestades violentas, que já então provocaram o naufrágio do "Santíssima Trindade (Portugal)", "Ocean Queen (UK)", "Onatov (Triestin)".

O navio encontra-se em fase de restauro, num edifício pre fabricado de propósito para o acolher. Uma equipe de especialistas mundiais de Athaulphia está responsável pelo artefacto marítimo.

Uma equipe de mergulhadores tenta encontrar, mediante o estudo da sua trajectória "sepultura" - local na praia" tentar reproduzir o seguimento que o navio teve. O objectivo é precisamente encontrar restos no fundo do mar para completar o museu que abrirá recentemente, visto o local estar ainda em obras.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Seg Out 05, 2009 5:08 pm

Gongaza aos povos do mundo...


O Secretário de Estado do Reino, pediu à RTP para transmitir uma mensagem á comunidade internacional, em nome de Portugal. Essa mensagem, de acordo com a Secretaria de Estado do Reino, tem o apoio total e incondicional de sua majestade de Portugal e Espanha, Guilherme I.

RTP - Radio Televisão Portuguesa Alec+Baldwin

Povos do mundo, eu vos endereço estas palavras, não como Pilatos lavou as suas mãos, mas como um auto de expiação pelos pecados que o mundo faz recair sobre os ombros milenares da Ibéria.
Hoje terminou uma tragédia, uma tragédia até é um eufemismo para semelhante, terminou um holocausto gratuito premeditado por um louco, cujo o seu signo deveria de coincidir com o infame Alfred Ulrich. Terminou finalmente, a saga demoníaca desse selvagem que se auto-proclamou chefe de Trondheim Norte, Aquilla.

Portugal, sempre agiu de boa fé, e o mal é que quem vê caras não vê corações. Portugal iludiu-se com a mensagem de paz, e projectos progressistas de Aquilla. Os meus antecessores executivos, enganaram-se, mas errar é humano. Contudo, não corrigir erros é estupidez!

Tentamos corrigir o erro, e combatemos aquele cancro da humanidade personificado em Aquilla, até à hora em que do lado de lá do Atlântico fomos confrontado com um bloco inteiro, quase com tiques de vassalagem feudal, a defender o Sr. da Guerra deste mundo, o Presidente Zé da FUS.

Tudo poderia ter sido evitado, Aquilla já estava quase nas mãos dos portugueses, tudo estava controlado, até que esse mentecapto burocrata de Águas Santas, nos obriga a abdicar da obra. Lutou-se para demonstrar o erro que era o afastamento de Portugal da situação de Guerra. Os milhões que morreram, os milhões que se perderam, a destruição e caos causado poderia ter-se evitado se não fosse a gula e a sede de glória sem limites deste burocrata que vê o mundo através de papeis e de um ecrã.

Houve uma campanha difamatória á escala global contra Portugal e Espanha, houve ainda pressões dentro da SDN para forçar ao afastamento de Portugal. Houve ainda uma ameaça militar, igual a chegar á beira de uma simples pessoa e ameaçar-la com uma arma. Portugal já viu duas guerras destruidoras. Já as sofreu, e milhões perdeu nelas. Como atitude madura e sensata, e moral, preferimos optar ainda que debaixo de protesto por ceder á FUS, o papel principal na trama de Trondheim. Tal como um velho faria a um novo. O problema é que ao novo falta a experiência mas a força não, ao velho pode-lhe faltar a força, mas a experiência a sabedoria são grandes.

Povos do mundo, vê-de as coisas e pensai, reflecti com vossas cabeças e não com a máquina de propaganda da FUS. Além do responsável principal pela guerra, Aquilla, há ainda mais dois colaboradores indirectos: a FUS e a SDN!

Espero sinceramente que o Presidente Zé e o Sr Palmer consigam dormir descansados, sem sentir o cheiro do sangue nas suas roupas e mãos das milhares de vitimas que padeceram devido ao seu orgulho egoísta, e à sua sede de projecção.

Que ao menos esta calamidade vos sirva de exemplo, que pelo menos tenham a rectidão de assumir os erros como homens, e não fugir como ratos.

Acredito em Deus, e sei que neste mundo Zé e Aquilla provavelmente nunca serão julgados, mas acredito piamente que Deus será implacável face a estes dois seres maléficos.

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Ter Out 13, 2009 1:49 pm

Festival de Artes de Mérida um sucesso, Festival de Artes de Lisboa brilhante

Em virtude do novo tratado de aliança Sarvoya-Portugal, e como festejo, os principais promotores do tratado: Sua Majestade a Rainha Carmen de Sarvoya, e Sua Majestade o Rei D. Guilherme I de Portugal e Espanha, realizaram um mega festival intercultural entre os dois países. O processo foi simples, Sarvoya enviava os seus artistas a Lisboa, e Portugal enviava os seus artistas para Mérida.

De Portugal saíram os grandes vultos da literatura e filosofia, conhecidos internacionalmente, e que postulam as diferentes correntes do neo-romantismo português actual:

Historicismo Herculiano:

Bernardino Faria de Castro: "O Alcaide de Faria"

Francisco Mota Prego: "A Dama e a aia", "Fogo na Terceira", "Caídos por Deus e pela Pátria"

Saudosismo:

António Santana: "A Nau de Francisco de Albuquerque", "A Fita Métrica, e Métrica Poética"

Ainda houve a participação dos grandes filósofos nacionais, como António Santana, que realizou 20 palestras sobre imensos temas, desde a actualidade até a questões filosóficas, seguem-se as principais:

"A FUS: sede de conquista ou sede de afirmação?"

"O Homem: Bom ou Mau?"

"Portugal: Uma caravela perdida na escuridão do futuro"

Na palestra sobre a FUS, António Santana analisou à sua vista o paradigma de estado da FUS, e o porquê do seu elevado intervencionismo. Apurou-se que na visão do filósofo, este acredita que a FUS e o seu intervencionismo vivem uma simbiose entre a "virtude da acção" e a "perversão da acção". O filósofo quer dizer que a FUS, e o seu intervencionismo, muito em baila nos dias de hoje, são uma acção conjunta entre o ideal humanitário e os interesses económicos. Na palestra sobre o Homem, António Santana explicou aos sarvoyenses que o homem é por excelência um ser mau, e a sociedade por sua vez, também é má. E a maldade nestas duas entidades o homem no ser individual e o homem no ser plural (sociedade) só é passível de correcção quando ambos os dois forem emendados. A palestra termina com severas criticas à imparcialidade moral dos governos, aos sistemas de educação, e ao Capitalismo, que foi onde António Santana se esmerou, considerando-o a "grande carraça da humanidade". Relativamente a Portugal, o filósofo admitiu sem papas na língua, que Portugal era "um fantasma espantado com o mundo", que pairava sobre o globo em busca de um corpo para se materializar.*

Em matéria de obras de arte, Portugal enviou obras de arte históricas, e actuais. Grandes pintores expuseram as suas obras, tais como Damião da Silva e Agostinho Bernardo da Luz. Damião da Silva, pela escola do "Abstraccionismo Saudosista", que se pauta por uma moralidade filosófica nos seus quadros, explorando o inconsciente humano, mediante jogos de luz e de cor. Já Agostinho Bernardo da Luz, orgulhosamente expõe o "Realismo Lusitano", mostrando cenas da vida diária pintadas com um gosto de cariz gótico, com figuras um tanto esguias e estáticas. Bernardo da Luz, acabaria por conquistar o público, sendo que a sua escola é muito mais apelativa ás grandes massas, o seu quadro de honra foi o "Camponês de Monsanto"

RTP - Radio Televisão Portuguesa American_gothic

Na arquitectura, houve um duelo entre os "revivalistas" e os "modernistas", bastante renhida e concorrida. Acabaram por conquistar o público, os "revivalistas" por apresentarem soluções baseadas na arquitectura manuelina. Doutor Gonçalo da Maia, professor da Faculdade de Arquitectura de Coimbra, foi o "rei" da amostra de arte, e disse publicamente: "O gótico é uma matriz europeia de excelência, é a verdadeira arquitectura dos povos da Europa dos povos, a Renascença já é uma reinvenção italiana que levou á criação do Neo-Clássico e as suas vertentes. Nós portugueses, tivemos uma arte nacional, o Manuelino, porquê não a renovar.
Já o seu colega portuense, Professor António Costa e Silva, com os seus edifícios modernistas da corrente nova "Português Suave", afirma em tom de afronta Gonçalo da Maia: "Portugal não pode viver isolado, podemos arranjar soluções modernas com decoração e elementos portugueses! O meu colega Gonçalo da Maia, limita-se a viver na idade média, eu vivo no futuro mas não me esqueço do passado!"

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Seg Out 19, 2009 4:59 pm

Os políticos internacionais...

Mensagem do Presidente Zé

Não haverá mais qualquer comunicação entre o Governo Federal e o Reino de Portugal e Espanha, enquanto eu for Presidente e um genocida como você, respirar.

O já bem conhecido Presidente Zé, pelo seu extremo chauvinismo, ódio de estimação a Portugal e Espanha, demonstrou uma faceta desconhecida, ou então uma suspeita de imensos portugueses, a sua tremenda falta de educação. Esta mensagem no mínimo ridícula e desprovida de senso, demonstra bem a falta de conhecimento sobre Portugal, por parte deste individuo que é "líder do mundo livre" nas suas palavras.

O Secretário de Estado do Reino, António Gonzaga, veio a público descortinar tais acusações, numa entrevista feita pela RTP.


RTP - Radio Televisão Portuguesa Alec-baldwin

Basicamente não tenho palavras para descrever semelhante, por muita vontade que eu tenha de insultar o Presidente Zé, não o faço por uma questão de educação e deontologia politica. A democracia é assim, há que manter respeito pelos adversários, foi assim que fui criado, e assim que morrerei. Agora isto além da falta de educação demonstra uma profunda falta de conhecimento sobre Portugal, primeiro um Rei Reina não Governa... Portanto os ataques dirigidos a sua Majestade D. Guilherme I, são completamente desfasados, e apenas demonstram um ódio de estimação para com o nosso monarca. Depois acções militares cometidas por Espanha, deitam as culpas a Portugal... Sinceramente, eu pergunto até que dia sua excelência o Pres. Zé entenderá que Portugal não manda em Espanha? E que apenas existe uma união dinástica simplesmente. Agora a questão é simples, ou a mente deste senhor é tão torpe que não consegue ver, ou então não quer ver... Ou simplesmente, que é o que mais me parece, é que está a montar uma campanha difamatória contra Portugal como sempre o fez.

Cortou relações com Portugal, se quer que lhe diga sinceramente cara Joana Cunha, até é um favor que nos faz. Poupa-nos dinheiro visto que a embaixada fecha de vez, e ter um embaixador para tentar dialogar com uma pessoa que se faz surda e dona da razão, é absolutamente inútil...

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Sab Jan 16, 2010 2:52 pm

Jansen alega que Stalin regressou a Portugal, Lopes Gonzaga chama-o de "Mentiroso arrogante!"

Numa recente entrevista cedida pelos meios de comunicação social da URS a jornalistas, Jansen alegou o seguinte:

"- A Internacional Socialista está a participar activamente na resolução de todas as situações que mencionou. Não confunda inoperância com ausência de espalhafato mediático. E se me permite uma nota, o Conselho atribui o regresso de Stalin a Portugal, pois os nossos serviços secretos (aka o Triestin informou-me) já têm a confirmação de que foi para lá que ele fugiu e de onde reorganizou o seu regresso."

Isto causou imenso mau estar na politica portuguesa, que havia concedido de boa fé exílio a Stalin, esperando que este tivesse um comportamento exemplar. É de notar, que a presença de Stalin em território português sempre foi extremamente mal vista pela população, em especial pela população do Concelhinho de Sortelha, que o considerava "arrogante e de mau génio". Stalin, convêm recordar, fugiu de Sortelha sem deixar rasto rumo pensa-se que á União Soviética para iniciar uma corrida ao poder. Ao que parece a Internacional Socialista, aliado ás politicas desastrosas a nível das relações externas, com que Jansen tem galhardeado o mundo, parece que Stalin está de novo a monte. Jansen ao que aparenta, perante a pergunta de um jornalista proveniente da FUS, alegou conforme o citamos que Stalin regressou a Portugal. Lopes Gonzaga, Secretário de Estado do Reino, demonstrou-se bastante irritado com as afirmações:

RTP - Radio Televisão Portuguesa AlecBaldwin1SPLASH_468x620

"Devo dizer que Jansen é um mentiroso arrogante! E é de uma petulância extrema de sua parte usar o bom nome do Reino de Portugal como papel mata-borrão para limpar a nódoa extrema que tem sido a sua politica externa e de bloco! Além do mais agora faz-se de inquisidor de Stalin, quando precisamente dá apoio a um, neste caso na África!*"



*Boca para o apoio de Jansen ao Imã

Imã de Trondheim... Uma Sitcom Africana? Ou um lunático?

Rios e rios de tinta, quilómetros de fita, e toneladas de Dvds e Cds, é o que o Imã tem gasto em noticias e declarações ilariantes no que respeita a Portugal.


RTP - Radio Televisão Portuguesa 060412_berlusconi_vlrg_4a.widec

Ao que parece "este ser", nas palavras de Torres, sente-se perturbado com a presença de frotas portuguesas em África. "É estranho como é que só agora este ser se lembrou que existem frotas portuguesas em África, quando bem antes de ele sequer ter sido posto ao mundo, elas já lá estavam..." alega Silva Torres em declarações á RTP, e conclui: "É notório que este individuo não passa de um vendido, perdoe-me a linguagem, mas tal pessoa não tem dignidade para ser tratada e mencionada em termos pomposos, primeiro celebra um tratado de aliança com Portugal que foi laureado com a entrega de antigas possessões portuguesas. Depois num acto de vil covardia, e falta de carácter, vende-se á URS, quebrando o tratado. Tudo bem até aqui... Agora o que cedeu a Portugal volta a exigir de volta, e ainda com a ameaça de armas? Executa portugueses selvaticamente, só pelo facto de serem portugueses? Garanto-vos que há gente que lá faz o mesmo e não tem este destino!

Agora sendo franco e directo, e retirando o turbante que cobre a face a este traste que usa a religião para justificar todas as sevícias que comete: Nada mais pretende do que fazer com que Portugal retire de África! Porquê? Mero capricho pessoal para justificar um governo e um regime decrépito! E está a usar a FUS e a URS como peões num jogo de Xadrez! A FUS, apercebeu-se do jogo, agora a URS... Não sei... Ou Sr Jansen é demasiado ingénuo ou tenta a todos os meios comprar uma guerra com Portugal também por capricho pessoal!"

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  URS Dom Jan 17, 2010 8:24 am

ooc: Nuno, há aqui um problema de comunicação. O Jansen estava-se a referir à fuga de Triestin quando o Putin tomou o poder. Não estava a dizer que ele fugiu outra vez, estava a criticar por Portugal o ter recebido da primeira.
URS
URS
Internacional Socialista

Número de Mensagens : 14751
Capital : Valtland
Regime Politico : Socialismo
Chefe de Estado : Maximus Thorvald
Data de inscrição : 14/08/2008

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Seg Jan 18, 2010 3:08 pm

OOC: É discurso para "consumo interno" no dizer de Triestin... Wink Uma simples deturpação do discurso de Jansen, não te esqueças que em Portugal pouca gente gosta da URS. E como principal inimigo politico dele tens o Garcia Pereira, que em todas as sessões de Cortes o ataca severamente Razz

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Qui Maio 13, 2010 11:02 pm

Publicidade - Sacor "Sociedade Anónima de Combustíveis e Refinarias" (CUF)

RTP - Radio Televisão Portuguesa _sacor_1951

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Portugal Dom Ago 01, 2010 12:45 pm

Eleições para Secretários de Estado. Demissão do governo de Lopes Gonzaga.

O Secretário de Estado do Reino, António de Amorim Lopes Gonzaga, Juiz Ordinário do Concelho de Aguiar da Beira à muito que já vinha pedindo a Sua Alteza Real, a sua demissão em virtude de já se encontrar bastante esgotado física e psicologicamente com a actividade política. Hoje, no Palácio da Ajuda, Sua Alteza Real El Rei D. Guilherme I acedeu finalmente ao pedido de demissão de Lopes Gonzaga.

Lopes Gonzaga é conhecido por ser adepto da visão Saudosista, contudo por grande amor que possua á sua pátria e a El Rei, as esforças escapam-lhe preferindo dar o seu lugar a ser ocupado por alguém que fosse do escrutínio das Cortes.

Em grande pompa, a sessão de Cortes, reuniu-se ao raiar do Sol para eleger o novo governo, visto que os restantes secretários de Estado, á excepção do Secretário de Estado dos Negócios Eclesiásticos, demitiram-se por solidariedade com o Lopes Gonzaga, acabando recentemente as eleições, onde o debate foi inflamado e com criticas pesadas relacionadas com o sistema administrativo, o que Sua Majestade cortou a palavra dos deputados exigindo que se focassem na eleição, prometendo uma sessão de Cortes para discutir tão polémico assunto.

Dadas as eleições, realizadas por votação plenária, apresenta-se em primeira mão o Secretário de Estado do Reino (OOC: Primeiro Ministro), provindo das informações de última hora dadas pelas Cortes, que ainda se encontram reunidas em debate.

Brigadeiro de Artilharia, Francisco de Aguiar Corte Real

RTP - Radio Televisão Portuguesa 0

Provedor da Guilda dos Artilheiros. Conhecido Liberal, grande defensor do papel da FUS no mundo, representa uma pequena facção de apoiantes da ATE existente nas Cortes. Talvez a sua vitória se tenha dado devido ao "cartão vermelho" que os políticos portugueses passaram aos governos autoritários Entente, e a crescente belicosidade virulenta de Triestin. O seu programa politico externo visa uma aproximação aos países da ATE, um maior auxilio à Grã Bretanha para o seu desenvolvimento e consolidação como Estado reunificado, e por fim com uma normalização das relações com a URS, que considera uma peça chave no equilíbrio e na paz na Ásia.

Convêm mencionar uma curiosidade, é um grande inimigo de Pierce Knight, soube-se esta informação á pouco tempo, tendo chegado a haver troca de palavras pouco amistosas entre os dois, aquando uma conferência na Austrália sobre a importância da artilharia...

_________________
RTP - Radio Televisão Portuguesa Assinaturaportugal
Portugal
Portugal

Número de Mensagens : 3627
Capital : Lisboa/Madrid
Regime Politico : Monarquia Constitucional
Chefe de Estado : Sua Alteza Real D. Afonso VIII de Portugal, XIV das Espanhas
Data de inscrição : 18/01/2009

Ir para o topo Ir para baixo

RTP - Radio Televisão Portuguesa Empty Re: RTP - Radio Televisão Portuguesa

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir para o topo

- Tópicos similares

 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos